Este site usa cookies para melhorar a experiência do usuário. Ao utilizar o nosso site você concorda com todos os cookies de acordo com nossa Política de cookies/privacidade. Concordo
Vistos

Casamento com gringo! O que é o “Facto Relationship”?

Ávany França postou em 10 jun 2016

 
Foto: Avany Franca

Foto: Avany Franca

O E-Dublin já veio aqui falar um pouco de tudo. No entanto, nesse casamento bacana, que já está completando cinco anos, falamos pouco da possibilidade de uma união com os irlandeses. E como os casais “half Irish, half Brazilian” estão ficando cada vez mais comuns por aqui, decidimos cobrir essa lacuna e lançar o “Casamento com gringo”, uma série de textos sobre as opções existentes para quem decidir oficializar um relacionamento em solo verde. O primeiro da lista é o famoso “Facto Relationship”. O que é? Como fazer? É o que você  confere logo abaixo!

Facto Relationship! Pacto de quê?

Não se assuste, isto não tem nada a ver com aquela brincadeira de adolescente que envolve um furinho no dedo e a sublime promessa de amizade eterna!! O Facto Relationship é, na verdade, uma espécie de visto concedido a não europeus que estejam numa relação genuína com um irlandês.

Quais as diferenças de um casamento convencional?

Muitas. Primeiro, porque não se trata de um casamento. É apenas um documento que atesta que você e o dito(a) cujo(a) estão num relacionamento de longa data e desejam torná-lo legal. O FR é super apropriado para aquele casal que ainda não está disposto a subir no altar, mas quer oficializar a união perante o governo. O objetivo principal é  tornar a permanência do parceiro(a) não europeu menos limitada, já que ele dá acesso ao sistema de trabalho sem limitações. Vale lembrar que com o FR você estará  diretamente ligada(o) ao parceiro(a) que, ao assinar a aplicação, afirma ser seu responsável dali para frente.

Documentação

Para dar entrada no processo, o  Serviço de Imigração e Naturalização da Irlanda – INIS apenas solicita a lista de documentos abaixo, que por sinal é bem simples, porém, prepare-se para organizar um dossiê, uma vez que é imprescindível que você prove estar num relacionamento genuíno por mais de dois anos. E vale tudo. Fotografias datadas, e-mails antigos, aquela foto bonita de vocês dois na festinha do sobrinho dele (a), passagens aéreas de viagens, comprovantes de aluguel, contas conjuntas, ou qualquer outra evidência que vocês morem juntos.

Os documentos solicitados são:

– Cópia atual do passaporte de ambos;

– Provas de finanças entre ambos;

– Evidências que provem a duração de pelo menos dois anos do relacionamento (contrato de locação, contas, extratos bancários ou qualquer tipo de documento válido que prove que você e o dito cujo compartilham o mesmo teto).

Vale lembrar, ainda, que a qualquer momento do processo outros documentos podem ser solicitados pela imigração e isso pode variar muito de caso a caso. Outra coisa importante, embora não seja exigido que vocês residam sob o mesmo teto, a possibilidade de se conseguir o visto para quem vive separadamente  é infinitamente menor, como afirmam os advogados da Brophy Solicitors.

Quais são as reais vantagens?

A primeira de todas é a questão da empregabilidade. Uma vez com o visto stamp 4 na mão, você estará liberado para aplicar para qualquer trabalho full time. Diferentemente do visto de estudante, que autoriza apenas 20h de trabalho semanal, o famoso (Part time) e 40h/semanais só no período das férias. Segundo, a economia no bolso. Sim, porque com o FR você não precisará mais estar atrelado a escola, nem comprovar dinheiro na conta e todas as outras exigências básicas para aqueles que possuem apenas o visto 2.

Recebo o visto na hora?

Quem disse que a vida é um mar de rosas? O procedimento para aprovação do processo pode levar até 12 meses e, enquanto o pedido não for concebido, o requisitante continuará com as limitações do visto que possui no momento.  A boa notícia é que alguns brasileiros que já passaram por esse processo afirmaram ter recebido o visto em cerca de cinco meses. Vai da sorte.

E o que acontece quando minha permissão for concedida?

Você tem direito a permanecer no país por um período de 12 meses, poderá trabalhar full time e já pode correr no escritório da imigração para trocar o seu GNIB, que agora terá a stamp 4.

Ah, uma observação importante, se você estiver com uma ordem de deportação, nem adianta recorrer ao FR. Está ilegal? Também esqueça. Para qualquer processo de solicitação de visto, ter um visto válido no momento da aplicação é fator primordial. Você tem que estar legal.

E se eu não conseguir?

Bom, nesse caso vale conversar com o oficial e procurar saber o motivo para a negativa. Geralmente, isso acontece quando eles descobrem alguma maracutaia, ou divergências nas informações prestadas. Então, se você está realmente interessado em partir para esse processo, antes de mais nada, cheque e recheque as provas do relacionamento.

Viro europeu(ia) com o FR?

Não,  não,  não. O FR é uma situação temporária, que depende da sua relação com o irlandes(esa). Se vocês terminarem e, depois dos 12 meses, o fofo não for com você na Imigração para renovar o visto, já era. O visto Stamp 4 com base no FR também não lhe garante nenhum direito  a serviços públicos ou governamentais. Porém,  após cinco anos portando visto 4, o cidadão poderá  aplicar para a cidadania.

Se você tem perguntas, dúvidas ou quer saber mais sobre como é essa estória de casamento com gringo, não deixe de deixar seu comentário logo abaixo. Os próximos textos da série sairão do forno logo, logo ;)!!!

Sobre o Autor


Uma vida sem desafios não foi desenhada para essa baiana de Salvador. Jornalista por profissão, já passou por editorias de moda, gastronomia, história e turismo. Amante das viagens, coleciona mais de 50 destinos no passaporte. Quer saber mais? Corre porque até você terminar de ler esse perfil já terei alguma novidade.

Veja todos meus outros Posts

Orçamento Fácil

Preencha um formulário e receba orçamento de escolas e agências

Comece agora

E-Dublin: Tudo sobre Intercâmbio

Recentes e populares

Conte Sua Historia

A caça ao gringo perfeito no intercâmbio?

5 meses atrás, por Colaborador E-Dublin
Vistos

Como renovar seu visto de estudante na Irlanda?

6 meses atrás, por Elizabeth Gonçalves
Posts Essenciais

Quais são os tipos de Vistos na Irlanda?

6 meses atrás, por Colaborador E-Dublin
Divã E-Dublin

Relacionamentos à Distância

9 meses atrás, por Juliana Polydoro
Vistos

Brasileiros terão que pagar para entrar na Europa?

10 meses atrás, por Ávany França
Vistos

Vai tirar o GNIB? Entenda o que mudou

11 meses atrás, por Elizabeth Gonçalves
E-Dublin TV

Acordando cedo pra ir no GNIB

12 meses atrás, por Tarcisio Junior