Essenciais

Dicas Rápidas 4 – Qual a melhor casa de Câmbio?

Edu Giansante postou em 17 set 2009

Estava no nosso grupo de discussão e vi algumas pessoas discutindo o melhor lugar para comprar os seus Euros.

A gente já comentou aqui que existem algumas formas de você compra os seus Euros, em espécie ou em VTM, por exemplo. A pergunta que ficou foi: Qual a melhor casa de câmbio?
A resposta é: NENHUMA, o mais importante ao comprar é saber que não existe uma casa de câmbio mais barata, e sim a mais barata naquele dia.

Como é calculado o preço de câmbio?

A casa de câmbio tem uma quantidade de moeda que ela compra no mercado. Ela compra por um valor X.
Para fazer o preço no valor X + Y ela considera as seguintes coisas: preço que ela comprou, lucro que ela deseja e o risco da operação. Os risco da operação seria “quanto será que esta moeda custará amanhã quando eu for refazer o meu estoque?”. Cada casa de câmbio calcula isso usando suas fórmulas, suas ferramentas, seus softwares e consultando seus especialistas de mercado. Além disso, cada um tem uma tem investimentos diferentes para seu dinheiro e seu câmbio, ou seja, o lastro de cada um é diferente com riscos diferentes.
Exemplo: a casa de câmbio A pode entender através de seus cálculos e análises que hoje o risco é baixo, e casa de câmbio B entender que o risco é médio. Sendo assim, a casa A venderá mais barato que a casa B.
No dia seguinte, isso pode se inverter e a casa B entender que o risco é baixo e se tornar mais barata que a casa A;
Obviamente existem algumas que terão uma tendência por ser a mais barata, mas dentre as mais baratas, elas estarão sempre trocando de posições, e cada dia uma será a melhor.
Conclusão

Pesquise com antecedência todas as casas que puder e selecione algumas que achar “melhor”, MAS no dia em que você for efetivamente comprar, ligue para TODAS para ver qual tem a melhor cotação naquele dia!
Câmbio muda todos os dias, e o dia que você decidir comprar é o dia em que você precisa de fato pesquisar e comparar.

Sobre o Autor


Edu Giansante

Fundador e CEO do E-Dublin, Edu chegou na Irlanda em 2008, no ano pré-crise, pegou a nevasca de 2010 e comeu cérebro de cabra em Marrakesh. O Edu também é baterista da banda Irlandesa Medz.

comments powered by Disqus