Este site usa cookies para melhorar a experiência do usuário. Ao utilizar o nosso site você concorda com todos os cookies de acordo com nossa Política de cookies/privacidade. Concordo
Vistos

Visto brasileiro para gringos

Ávany França postou em 29 abr 2016

Por Carolina Braziel

Muito se fala sobre o processo de entrada de cidadãos brasileiros em outros países, certo? Mas em ano de Copa, você já ficou curioso em saber quais são os trâmites para os nossos amigos estrangeiros se esbaldarem em terras brasileiras?

Pois bem, aqui matamos um pouquinho da sua curiosidade! Pesquisamos e encontramos algumas informações úteis para você ajudar seu amigo gringo a conhecer o país do futebol, começando pelo fundamental: o visto.

Reprodução: decolar.com

Reprodução: decolar.com

O Brasil tem como base o princípio da reciprocidade, ou seja, quanto mais acessível para o brasileiro entrar em determinado país, mais fácil será para o cidadão desse país entrar no Brasil.

Principais tipos de vistos

Visto de estudante | VITEM IV (Temporário)

É concedido a estudantes de qualquer nível de ensino (fundamental, médio, superior ou pós) e possui validade de até um ano, podendo ser prorrogado enquanto durar o curso.

No caso de estudante-estagiário, o visto pode ser concedido pelo prazo de um ano, mas é só pode ser prorrogado uma vez por igual período.

Esse visto não permite o trabalho remunerado, podendo ser penalizado com multa, notificação ou até deportação.

O custo é de 40 euros.

Visto de turismo | VITUR (Temporário)

O Brasil tem um acordo com alguns países que permite a estada de até 90 dias sem necessidade de visto (Confira lista completa dos países aqui). No caso de cidadãos oriundos de países com os quais o Brasil não tenha acordo, esse tipo de visto é concedido ao estrangeiro que viaja na condição de turista sem intenção migratória e de trabalho remunerado. Tem validade de, no máximo, 90 dias, prorrogáveis por mais 90.

Visto Permanente (VIPER)

Aplicável nas situações de reunião familiar em consonância com a Resolução Normativa 36, transferência de aposentadoria  em consonância com as Resoluções Normativas 45 e 95, e investimento estrangeiro, de acordo com a Resolução Normativa 84. Todas as Resoluções Normativas fazem parte do Conselho Nacional de Imigração. Tenha acesso a todas elas aqui.

Visto de negócios | VITEM II (Temporário)

Permitido para aqueles que pretendem entrar no Brasil a negócio. Nesse caso, é obrigatório apresentar a declaração da empresa ou instituição a que esteja vinculado, informando que a pessoa está no Brasil a negócio e que a empresa se responsabiliza por ele.

A validade do visto pode ser de até cinco anos, dependendo da reciprocidade com o país de nacionalidade do imigrante. O visto pode ser prorrogado por igual período uma única vez.

O custo desse tipo de visto é de 60 euros.

Visto de trabalho | VITEM V (Temporário)

É concedido ao estrangeiro que pretende trabalhar, com ou sem vínculo empregatício no Brasil, na condição de cientista, professor, técnico ou profissional de outra categoria. Nesse caso, a empresa responsável deverá solicitar, previamente, a autorização de trabalho junto ao Ministério do Trabalho e Emprego e, após esse passo, dar continuidade ao processo. Confira todos os tipos de regimes aceitos aqui.

O visto é válido por até dois anos, podendo ser prorrogado por igual período e transformado em permanente, dependendo do tipo de contrato.  O custo é de 100 euros.

IMPORTANTE! Caso o amigo estrangeiro mude de empresa, deverá pedir novo visto.

Irlanda e Reino Unido: Visto de Turismo e Visto de Trabalho:

Pesquisamos alguns exemplos e nada mais justo do que saber como os irlandeses e os britânicos fazem para chegar ao Brasil, correto?

A Irlanda e o Reino Unido fazem parte da lista dos países com acesso facilitado ao Brasil. Ou seja, o irlandês e o britânico não precisam de visto de turismo ou negócio para entrar no Brasil. Isso se a estada tiver a duração máxima de 90 dias.

Caso decida por permanecer além desse período, o estrangeiro deverá solicitar a extensão da sua estada junto à Polícia Federal no Brasil, em um processo bem parecido com o que temos que fazer para ficar na Irlanda.

CURIOSIDADE: Informação importante que encontramos pesquisando as milhares de informações sobre o tema é que muitos blogs de cidadãos estrangeiros que querem morar no Brasil ensinam como eles podem trabalhar ilegalmente. ISSO MESMO! Como, por exemplo, entrar com visto de turista e dar aula de inglês via skype. Ou seja, não é só o brasileiro que dá seu jeitinho, hein?

Quer saber quais países que não precisam de visto para turismo e negócios para até 90 dias de estada? Clique aqui e confira!

Portal Consular

Este texto foi revisado por Camilla Gómez em Abril/2014.

Sobre o Autor


Uma vida sem desafios não foi desenhada para essa baiana de Salvador. Jornalista por profissão, já passou por editorias de moda, gastronomia, história e turismo. Amante das viagens, coleciona mais de 50 destinos no passaporte. Quer saber mais? Corre porque até você terminar de ler esse perfil já terei alguma novidade.

Veja todos meus outros Posts

Orçamento Fácil

Preencha um formulário e receba orçamento de escolas e agências

Comece agora

Recentes e populares

Vistos

Visto de trabalho no Brasil: é fácil ou difícil?

4 meses atrás, por Colaborador E-Dublin

Posts recentes

Trabalho

Posso ser manicure na Irlanda?

4 horas atrás, por Thaiz Beltrão
E-Dublin TV

Viagem pra Los Angeles

20 horas atrás, por Edu Giansante
Dicas de Viagem

Quanto custa uma noite de balada em Dublin?

1 dia atrás, por Elizabeth Gonçalves
Essenciais

Como levar dinheiro para a Irlanda

2 dias atrás, por Elizabeth Gonçalves
Festivais

Vem aí o Five Lamps Festival

5 dias atrás, por Colaborador E-Dublin