3 delícias natalinas da Irlanda para colocar na mesa neste Natal

3 delícias natalinas da Irlanda para colocar na mesa neste Natal

Lays Gomes

10 meses atrás

Siga o E-Dublin no Instagram

Hoje a coluna Papo de Chef sai do forno recheada de sabores, texturas, aromas e muito mais, com uma lista das principais sobremesas natalinas irlandesas.

Se você é uma formiguinha e já desembarcou na Ilha, prepare-se, pois vai ficar com água na boca!

Christmas Cake

shutterstock_519522433

Bolo de Natal é tradicional na Irlanda. Crédito: Shutterstock

O bolo de Natal dos Irlandeses pode ser feito de diversas formas. Alguns podem ser mais pesados, outros mais escuros, mais secos, mais úmidos ou esponjosos. O importante é manter as frutas secas do recheio, que muitas vezes podem ser embebidas em uísque de um dia para o outro, de forma a ficarem ainda mais saborosas. Para dar o toque final, alguns chefes gostam de fazer um creme amanteigado e passar em volta de todo o bolo e, por fim, salpicar um pouco de amêndoas laminadas e açúcar de confeiteiro. Dá para resistir?

Mince Pies

shutterstock_517159219

Mince Pies são vendidas baratinhas no Tesco. Vale provar essa delícia natalina. Crédito: Shutterstock

As mince pies são super tradicionais por toda a Irlanda. Se você for visitar algum amigo irlandês durante a época das festas, certamente essa delícia poderá ser servida. São tortinhas pequenas, feitas à base de massa podre, farinha de trigo, açúcar e manteiga, recheadas com frutas secas, juntamente com algumas especiarias. Algumas famílias têm a tradição de deixar essa torta para o Papai Noel na noite de Natal, juntamente com um copo de leite e, claro, sem esquecer das renas, deixando algumas cenourinhas para elas também.

Christmas Pudding

Foto: Shutterstock

Uva passa também faz parte do Natal Irlandês. Foto: Shutterstock

Sabe aquela história sobre não ter uvas passas e frutas secas nas festas de fim de ano? Então, isso não rola por aqui. #VaiTerUvaPassaSim. O Christmas Pudding é bastante rico em especiarias e sabores, mas o mais interessante desta receita é que pode ser feita meses antes do Natal, sem o risco de estragar. Isso ocorre devido ao álcool presente nele – inclusive, é até mesmo aconselhado que se faça o doce bem antes da data em que ele irá ser consumido, pois assim o sabor ficará mais acentuado. A sugestão é servir o Christmas Pudding com uma bola de sorvete e chantilly. Yummy!

Panetone até tem, mas você vai ter que procurar?

Xiii. Aconselho ir se acostumando! Por aqui não temos os panetones que são comuns no Brasil. Então, a dica é aproveitar ao máximo para degustar as delícias irlandesas, para ter muita recordação pra levar para os seus próximos Natais de volta ao Brasil. Desapego é a palavra de ordem quando se vive uma experiência do outro lado do oceano. Mas se você for muito apegado, fica a dica: os panetones podem ser encontrados em lojinhas brasileiras, na TkMaxx e também algumas versões importadas da Itália no Tesco. Também tem a opção de você ir até um país onde ele é mais tradicional, como Portugal e Espanha. Vai que a sua vontade fala mais alto e você topa pegar um voo para esses destinos só para garantir o velho panetone natalino?

Ah! E antes que você se pergunte, todas essas delícias natalinas irlandesas podem ser encontradas nos supermercados com preços super acessíveis. Mas, se você quiser entrar de cabeça nessa brincadeira, fica a dica, nenhuma comida é melhor do que aquela em que nós mesmos colocamos a mão na massa e uma pitadinha de amor.

Conta pra gente depois o que achou!

logo

Quer conhecer mais sobre o que é típico e tradicional na Irlanda quando o assunto é comida e bebida? Confira nosso álbum #ComidaIrlandesa no Facebook!

Para saber mais sobre as aventuras culinárias da Lays basta segui-la no YouTube.

Revisado por Tarcísio Junior
Imagens via Shutterstock
Encontrou algum erro ou quer nos comunicar uma informação?
Envie uma mensagem para [email protected]

Lays Gomes
Lays Gomes, Mineira de 22 anos que sempre soube como correr atrás de seus objetivos. Apaixonada por viagem e gastronomia, ela tem muita energia e determinação para chegar onde quer. Cozinhar para os outros sempre foi uma inspiração e uma forma de demonstrar amor. Formada em Gastronomia, ela busca aprimorar suas habilidades e enriquecer seu conhecimento em cada canto do mundo que conseguir visitar.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar