3 iniciativas em Portugal para atrair estrangeiros

3 iniciativas em Portugal para atrair estrangeiros

Larissa Fontes

4 semanas atrás

Quanto custa um intercâmbio?

Não vendemos pacotes e nem somos agência,
mas podemos te colocar em contato com elas.

O Governo português já assumiu que está de portas abertas para estrangeiros. Por meio da criação de benefícios e mudanças nas leis de imigrantes, o objetivo é promover o desenvolvimento de uma sociedade intercultural e a integração desses estrangeiros na comunidade local. E, consequentemente, alavancar a economia do país com acesso à mão de obra qualificada.

Governo Português facilita a vida de quem deseja morar no país. Imagem: Pixabay

Governo Português facilita a vida de quem deseja morar no país. Imagem: Pixabay

De acordo com dados do último levantamento feito pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, 430.000 estrangeiros residem legalmente em território português, o número mais alto registrado pelo SEF desde sua criação, em 1973.

Confira as últimas iniciativas de Portugal para chamar imigrantes:

Mudanças na Lei dos Estrangeiros (2017)

A Lei de Estrangeiros de Portugal foi reformulada em 2017 e facilitou muito a vida daqueles que sonhavam em morar em terras lusitanas. Processos burocráticos foram cortados, outros reduzidos, alguns simplificados. Tudo isso para facilitar a entrada dos imigrantes, principalmente aqueles que desejam estudar ou trabalhar em Portugal.

Uma das principais mudanças diz respeito ao Visto de Estudante. A Lei tornou mais rápido e eficaz o processo de autorização de residência dos futuros estudantes em instituições de ensino portuguesas. Alguns dos benefícios:

  • O estudante não precisa mais se deslocar para ir pessoalmente ao consulado ou embaixada portuguesa do seu país de origem para solicitar o visto de residência. Agora, a própria instituição de ensino comunica ao SEF.
  • Não é mais preciso comprovar o pagamento da mensalidade da universidade, assim como os meios financeiros para residir no país pelo tempo do curso, no caso dos bolsistas.
  • Quando necessária a comprovação de subsistência, o valor exigido pelo governo foi reduzido à metade no caso das instituições situadas em município de baixa densidade.

Leia também: Como se candidatar a uma universidade em Portugal

E quem pretende tirar o visto de trabalho para Portugal também vai se beneficiar do privilégio de não precisar ir pessoalmente ao consulado português do seu país.

Quem já está em Portugal e vai renovar o visto também ganhou uma ajudinha. A própria instituição de ensino ou empresa contratante realiza o agendamento. A medida tem a intenção de agilizar os prazos e regular a situação do imigrante antes da expiração do visto, seja ele de estudo ou trabalho.

Confira tudo o que mudou na Lei dos Estrangeiros

Startup Visa (2018)

Criado recentemente, Startup Visa tem o objetivo de atrair empreendedores para Portugal. Imagem: Pixabay

Criado recentemente, Startup Visa tem o objetivo de atrair empreendedores para Portugal. Imagem: Pixabay

Divulgado no ano passado pelo governo português, o Startup Visa tem o objetivo de atrair empreendedores com ideias inovadoras e lucrativas de empresas para o país. A maior vantagem desse visto é se inserir e receber os incentivos do Programa de Startups de Portugal, além de, é claro, a permissão de residência.

Quem aplicar para o Startup Visa também será dispensado do pedido de visto pessoalmente, assim como todo o processo de entrevistas. Para entrar com o pedido, basta estar dentro das exigências do regulamento. Confira:

  • É preciso ter uma ideia inovadora de atividade empresarial de produção de bens ou serviços;
  • É preciso ser um negócio escalável;
  • É necessário gerar empregos qualificados.

Confira também: Vistos para Portugal: tudo o que você precisa saber

Tech Visa (2018)

Tech Visa foi criado para suprir a necessidade de mão de obra qualificada no setor tecnológico. Imagem: Pixabay

Tech Visa foi criado para suprir a necessidade de mão de obra qualificada no setor tecnológico. Imagem: Pixabay

Enquanto o Startup Visa tem a intenção de atrair empreendedores para abrir empresas, os profissionais altamente qualificados ficam por conta do Tech Visa. O objetivo é impulsionar o setor tecnológico do país, que anda carente de mão de obra.

A medida faz parte da Estratégia Nacional para o Empreendedorismo Startup Portugal e autoriza aos profissionais que apresentarem as qualificações necessárias residir no país. Designers, engenheiros de software, cientistas da computação, programadores são os mais requisitados pelas empresas.

Um detalhe importante sobre o Tech Visa é que as empresas precisam se candidatar ao programa, serem aprovadas e certificadas e, somente depois disso, atuarem na contratação de estrangeiros. Ou seja, não é possível aplicar para o visto somente com as qualificações necessárias e sem uma oferta de emprego.

Algumas das empresas certificadas no programa Tech Visa em Portugal são:

  • BIAL
  • OLX Portugal
  • Huawei Tech Portugal
  • Siemens Portugal
  • Miniclip Portugal
Larissa Fontes
Larissa Fontes, Jornalista, geminiana e curiosa. Dona de uma mente inquieta num corpo semi-sedentário de 20 e poucos anos. Sobrevive à base de café, música alta e papos de boteco. Acompanhe ela em @larifontes no Instagram.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar