Este site usa cookies para melhorar a experiência do usuário. Ao utilizar o nosso site você concorda com todos os cookies de acordo com nossa Política de cookies/privacidade. Concordo
Dicas de Viagem

5 destinos para curtir o inverno e gastar pouco

Elizabeth Gonçalves postou em 19 dez 2016

O inverno já está chegando com força total. Se você curte um friozinho e adora viajar, essa é uma oportunidade e tanto para unir as duas coisas. E o melhor de tudo é que mesmo se você não puder gastar muito, é sim possível pesquisar as passagens por alguma companhia low-cost e aproveitar umas férias de inverno super econômicas. Gostou da ideia? Então confira as nossas dicas de destinos!

Budapeste

Foto: Shutterstock

Foto: Shutterstock

O clima de Budapeste pode ser bem gelado durante o inverno, com temperaturas médias negativas em janeiro, o mês mais frio do ano. Mesmo assim, se engana quem pensa que não há muito o que fazer por lá.

As opções de lazer vão dos clássicos museus às famosas saunas e banhos quentes nas piscinas coletivas espalhadas pela cidade. Também é possível patinar no gelo numa pista que mais parece ter saído de um conto de fadas, já que está localizada ao lado de um belo castelo. A cidade também está repleta de cafés quentinhos, sem falar que é ultra famosa pela agitada vida noturna, portanto, prepare-se, já que por lá é possível tomar uma pint de cerveja por menos de 1 euro!

Cracóvia

Foto: Shutterstock

Foto: Shutterstock

Essa linda cidade polonesa fica ainda mais encantadora durante o inverno. E sem falar que ela ocupa a terceira posição no ranking de cidades mais baratas da Europa para se visitar.

Cracóvia tem uma das maiores praças medievais da Europa, a Rynek Główny, que é um ótimo lugar para sair e observar as pessoas. Os restaurantes locais oferecem comidas deliciosas, sendo possível jantar por menos de 10 euros por pessoa. Para quem gosta de beber, pints de cerveja custam entre 1,60 e 2 euros e os populares shots de vodka são ainda mais baratos!

Ao visitar a cidade, não deixe de incluir no seu roteiro um tour pelas minas de sal e também por Auschwitz.

Tallinn

Foto: Shutterstock

Foto: Shutterstock

Esse é um destino para quem realmente ama o frio, já que no ápice do inverno as temperaturas na capital da Estônia podem chegar a 30 graus negativos. O bacana é que essa cidade oferece um verdadeiro mix entre o medieval e o moderno, além de ser uma das mais antigas capitais do norte da Europa.

Seu centro histórico é um dos mais preservados do continente, integrando a lista da Unesco de Patrimônios da Humanidade. Para quem vai visitar a cidade, o preço médio de acomodação em hotel, em um quarto para duas pessoas, sai por volta de 50 euros. Refeições em restaurantes podem custar menos de 10 euros por pessoa e uma pint de cerveja custa aproximadamente 3 euros.

Sofia

Foto: Shutterstock

Foto: Shutterstock

Nem sempre na rota de muitos turistas, a capital da Bulgária vai te oferecer uma ótima oportunidade de mergulhar na cultura local. Diferentemente de cidades europeias populares, como Paris e Roma, por exemplo, Sofia não é repleta de pontos turísticos icônicos, mesmo assim a cidade é encantadora e pode te surpreender.

Sofia é uma das cidades mais antigas do mundo, tendo início no século VIII a.C., portanto, como você pode imaginar, ela conta com um riquíssimo patrimônio histórico e cultural, além de um inverno ameno, com temperaturas em torno de 4 graus durante os meses mais frios. E se você curte uma balada, não se preocupe, pois ela também possui uma agitada vida noturna.

Vilnius

Foto: Shutterstock

Foto: Shutterstock

Dona de um dos maiores centros históricos medievais no leste europeu, a capital da Lituânia tem, também, a fama de ser uma cidade boêmia. Portanto, se você curte uma vida noturna agitada não vai ter problema em encontrar opções de diversão por lá.

Para quem vai ficar no país por mais tempo, vale esticar a viagem para Trakai, uma charmosa cidadezinha localizada a cerca de uma hora de Vilnius. Entre as atrações, estão belíssimos lagos e um castelo do século 14.

Esta publicação é um oferecimento da CI – Intercâmbio e Viagem.

Criada em 1988, a CI já tem mais de 27 anos de história, com mais de 100 lojas no Brasil e também no exterior. Ao longo da sua história, a empresa foi responsável pelo embarque de mais de meio milhão de clientes para o exterior. A CI trabalha com experiências internacionais únicas, seja para estudo, trabalho ou lazer. Eleita cinco vezes, pela Revista Viagem e Turismo, como a melhor empresa de intercâmbio do Brasil, a CI acaba de inaugurar seu primeiro escritório em Dublin, para suporte local e um atendimento exclusivo na Irlanda.

Revisado por Tarcísio Junior
Imagens via Shutterstock
Encontrou algum erro ou quer nos comunicar uma informação?
Envie uma mensagem para [email protected]

Sobre o Autor


Elizabeth Gonçalves é jornalista viciada em cinema, música e literatura. Paulistana, se apaixonou por Dublin, onde mora há mais de um ano e sonha em fazer uma viagem de volta ao mundo.

Veja todos meus outros Posts

Orçamento Fácil

Preencha um formulário e receba orçamento de escolas e agências

Comece agora

E-Dublin: Tudo sobre Intercâmbio

Recentes e populares

Dicas de Viagem

Compensa viajar de carro pela Europa?

4 meses atrás, por Elizabeth Gonçalves
Dicas de Viagem

Conheça a Alemanha de trem e sem gastar muito

4 meses atrás, por Elizabeth Gonçalves
Dicas de Viagem

Explore as belezas gregas em um mochilão

5 meses atrás, por Elizabeth Gonçalves
Dicas de Viagem

10 destinos imperdíveis para você visitar em 2017

5 meses atrás, por Elizabeth Gonçalves
Dicas de Viagem

Qual a melhor época para visitar a Europa?

8 meses atrás, por Colaborador E-Dublin
Clima

Prós e contras de se chegar na Irlanda no inverno

9 meses atrás, por Carol Braziel
Baladas e Pubs

5 pubs que você deveria visitar em Dublin

10 meses atrás, por Edu Giansante
Dicas de Viagem

Inverno europeu em cinco destinos

10 meses atrás, por Elizabeth Gonçalves
Inglês

Como conseguir uma boa nota no IELTS?

10 meses atrás, por Elizabeth Gonçalves
Clima

5 Dicas quentes para enfrentar o inverno europeu

10 meses atrás, por Colaborador E-Dublin