5 dicas de como viajar barato, por Rodrigo Ruas

5 dicas de como viajar barato, por Rodrigo Ruas

Rael Pimenta

2 meses atrás

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?

Dicas de como viajar barato pelo mundo com o viajante profissional Rodrigo Ruas.

Rodrigo Ruas é um jovem que adora se aventurar pelo mundo, é apaixonado pela diversidade cultural e ama conhecer novos lugares. Esse interesse surge em sua primeira viagem, aos 17 anos, quando foi estudar nos Estados Unidos.

Em seu retorno à terra natal, já sabia que seu futuro seria este: viajar pelo mundo, conhecer o que cada cidade tem a oferecer de melhor. Ruas fez faculdade de jornalismo, e o que era apenas um hobby transformou-se em seu negócio para a vida.

Hoje, coleciona um currículo impecável. São mais de 70 países e centenas destinos visitados pelo mundo. O jovem tem um programa de TV “Viagens ao Redor do Mundo” na Band, no qual compartilha suas experiências fantásticas para milhares de telespectadores. Diante desse conhecimento, vamos pegar uma carona com Ruas, que nos deu várias dicas de como viajar sem apertar o bolso.

Cinco dicas de uma viagem barata e inesquecível

Quer viajar barato? Siga as dicas do expert Rodrigo Ruas. © Sebnem Ragiboglu | Dreamstime.com

Quer viajar barato? Siga as dicas do expert Rodrigo Ruas. © Sebnem Ragiboglu | Dreamstime.com

Viajar é algo surreal, inesquecível, mas podemos ir muito além. Embarcar em outra cultura, costumes, idiomas, sem falar na culinária peculiar de cada país pelo mundo.

Para mim, a companhia faz muita diferença. Tem que ser alguém com afinidades. Caso contrário, a viagem dos seus sonhos pode ser tornar uma tortura. Um dos pontos a considerar, por exemplo, é o objetivo da viagem: está indo a trabalho, passeio? Como escolher a melhor hospedagem? Aliás, essa é uma escolha que faz muita diferença. Se você tem o sono leve, escolher aquele hostel badalado, com um pub no andar de baixo, ou aquele outro a 3 minutos da estação de trem, pode ser uma tortura e acabar com a sua disposição após uma noite mal dormida.

Principalmente para quem quer viajar gastando pouco, o planejamento é fundamental, assim como apostar no desapego, principalmente das coisas luxuosas.

1. Pesquise a melhor época para viajar

Se vai fazer uma viagem dentro do Brasil, fuja dos meses de férias, dezembro, janeiro e julho. Na Europa julho e agosto são caríssimos, pois é mês de verão e férias. Se for para os Estados Unidos dezembro é alta temporada e você vai ter que desembolsar uma boa grana. Sabendo disso, fica mais fácil planejar sua viagem gastando pouco. Por isso, pesquise vários destinos, pois uma data mais procurada para um país pode não ser para o outro.

2. Aposte nos buscadores na compra da passagem aérea

Pesquise vários sites antes de comprar sua passagem.Foto: Rawpixelimages | Dreamstime.com

Pesquise vários sites antes de comprar sua passagem. Foto: Rawpixelimages | Dreamstime.com

A passagem é uma das coisas sobre a qual é preciso fazer várias pesquisas. Há alguns enigmas de que comprar na terça-feira sai mais barato, outros dizem que já é no sábado. Tem gente e, até, site especializado que recomendam comprar a passagem na madrugada.

Na dúvida, explore todas as opções e reserve boas horas de pesquisa. O preço da passagem vai depender da temporada, do país ou da cidade escolhida para o desembarque. Uma outro dica bem bacana, que eu faço sempre, é usar site de busca de passagem (Viajanet, Submarino, Decolar, MaxMilhas etc.) e depois entrar no próprio site da companhia aérea para fazer a comparação de preço.

3. Aposte em formas alternativas para se acomodar

O lugar onde você vai ficar hospedado faz uma boa diferença em sua viagem, tanto em se tratando de economia, quanto em conforto ou desconforto. Seguem algumas sugestões baratas:

  • hospede-se na casa de um amigo que mora naquela cidade;
  • hostelpara quem vai viajar sozinha ou com amigos;
  • airbnb vale a pena pesquisar nessa plataforma, pois os valores são bem convidativos;
  • Couchsurfing – é parecido com a plataforma anterior, mas nesta você ficará em um sofá, sem pagar nada por isso. Ótima opção para quem está viajando sozinha e quer conhecer pessoas;
  • e também os hotéis.

4. Aposte em acomodações onde você possa usar a cozinha

Aposte em acomodações que permitem o uso da cozinha. © Marina Pissarova | Dreamstime.com

Aposte em acomodações que permitem o uso da cozinha. © Marina Pissarova | Dreamstime.com

A alimentação não é o que vai mais pesar em sua viagem, mas comer sempre em restaurante é caro em qualquer lugar do mundo. Faça a experiência e vá até um supermercado para ver quanto vai economizar nesse quesito. Outra sugestão é que faça lanches para seus passeios.

Lógico, se for ficar na cidade por sete dias, prove a culinária local em um dos dias. Outra coisa, na Europa, comida para viagem sai mais barato. Então, compre e vá aproveitar a vista em algum parque ou praça da cidade. Nos Estados Unidos, a alimentação é bem caprichada. Se sobrar, peça para embalar para a viagem.

5. Pesquise sobre as atrações turísticas que quer visitar

Em seu planejamento, não se esqueça das atrações turísticas. Você sabia que, em alta temporada, as atrações ficam mais caras? Por exemplo, nos parques da Disney, o ingresso é mais alto em determinada época, sem falar as intermináveis filas para ir aos brinquedos.

Veja em seu planejamento os dias em que há entrada de graça nos lugares que você pretende conhecer. No Museu do Louvre, em Paris, por exemplo, a entrada é gratuita no primeiro sábado de cada mês, das 18:00 às 21:45.

Sabendo de algumas dicas, boa viagem!

Rael Pimenta
Rael Pimenta, Mineira, casada, mãe de dois meninos, jornalista por formação, empreendedora, amante de viagens e causos da vida real. Apaixonada pela Irlanda desde 2011, quando desembarcou na Ilha para um intercâmbio.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar