Este site usa cookies para melhorar a experiência do usuário. Ao utilizar o nosso site você concorda com todos os cookies de acordo com nossa Política de cookies/privacidade. Concordo
Cursos de Inglês

6 aplicativos para aprender o inglês e outras línguas

Andre Luis Cia postou em 02 jul 2018

6 aplicativos para aprender o inglês e outras línguas

Aplicativos para aprender vários idiomas. Foto: Shutterstock

Aplicativos para aprender vários idiomas. Foto: Shutterstock

Whatsapp, Snapchat, Facebook, LinkedIn, Twitter, YouTube… Definitivamente, a era virtual veio para ficar. A cada dia cresce o número de seguidores das mídias sociais, e além delas serem utilizadas como lazer e ferramenta de trabalho, também podem ser grandes aliadas no aprendizado de um novo idioma, pois podem conectá-lo a pessoas de diferentes lugares do mundo com apenas um clique. Além delas, os aplicativos, hoje, são ferramentas essenciais para quem quer ganhar tempo no aprendizado.

Pelo computador, celular ou tablet, é possível acessar uma infinidade de aplicativos ou sites que serão úteis na hora de estudar. O lado mais vantajoso deste novo sistema de ensino é a praticidade que ele oferece a seus usuários, já que podem ser acessados a qualquer hora e em qualquer lugar. Há opções para todos os gostos e públicos. Do infantil ao adulto, gratuitos e pagos.

Dublin é uma cidade que tem fácil acesso à Internet. Vários locais disponibilizam o serviço gratuito. Então, que tal utilizar a tecnologia a seu favor e baixar alguns desses aplicativos no seu celular?

Aplicativos que podem ajudá-lo no aprendizado

Aplicativos ajudam a aprimorar o idioma. Foto: Shutterstock Foto: Shutterstock

Aplicativos ajudam a aprimorar o idioma. Foto: Shutterstock Foto: Shutterstock

Duolingo

É o mais popular para aprender novos idiomas. Oferece um nível alto de aprendizado, desde o mais básico até o avançado da língua. É um serviço totalmente gratuito e é possível aprender seis línguas diferentes.

INDICAÇÕES: para quem quem quer aprender um novo idioma de forma divertida e sem precisar pagar por isto.

Disponível para Android e iOS

Babbel

Está entre as opções mais eficientes para aprender novos idiomas. Há diversos cursos, que são divididos em áreas temáticas e oferecem inúmeros exercícios de inglês: cursos para principiantes e intermediários, gramática, treino de verbos, trava-línguas, frases e muito mais. Apesar de haver uma versão paga, boa parte do aprendizado pode ser feito gratuitamente.

INDICAÇÕES: para quem quer aprender um novo idioma sem gastar muito.

Disponível para Android e iOS

Busuu

É uma comunidade de aprendizado de novos idiomas, onde pode-se aprender até 12 línguas diferentes. É possível que falantes nativos da língua corrijam seus exercícios e façam outros tipos de interações.

INDICAÇÕES: para quem quer aprender a língua tendo contato com outras pessoas que já a dominam.

Disponível para Android e iOS

50 Línguas

Como o próprio nome diz, são 50 línguas diferentes que podemos aprender, entre elas, o inglês, espanhol, alemão, francês, entre várias outras. São aproximadamente 1600 combinações de idiomas, por exemplo: alemão para inglês, inglês para espanhol, espanhol para chinês, etc. Infelizmente ele é só parcialmente gratuito. Ao baixar o aplicativo, você tem acesso gratuito a 30 lições, de todas as 100 disponíveis.

Disponível para Android e iOS

Inglês com o Lingualeo

Ele é adequado tanto para crianças quanto para adultos. Infelizmente, ele não é totalmente gratuito.

INDICAÇÕES: para quem procura uma forma divertida de aprender inglês ou quer que o filho aprenda o idioma.

Disponível para Android e iOS

Speak English

É um dos aplicativos mais interessantes para quem já tem algum conhecimento da língua inglesa. O grande foco do app é justamente aprimorar a sua pronúncia de acordo com situações cotidianas. Infelizmente, ele tem uma limitação – depois de algumas lições, ele se torna pago.

Disponível para Android e iOS

Depoimento de quem já usou

Os aplicativos me ajudaram a melhorar o inglês. Créditos: arquivo pessoal

Os aplicativos me ajudaram a melhorar o inglês. Créditos: arquivo pessoal

O curitibano Felipe Stoco, de 26 anos, diz que a vontade de aprender inglês surgiu ainda na adolescência, quando tinha apenas 15 anos e estagiava numa multinacional alemã, como aprendiz júnior. “Por ser um ambiente corporativo de uma grande empresa, praticamente todos os funcionários falavam inglês. Foram os meus supervisores que me incentivaram para que eu aprendesse o dioma, porque isso poderia me ajudar no futuro”, explica.

Ambicioso e de olho em novas oportunidades no futuro, ele diz que pediu para os pais que o matriculassem numa escola de idiomas. Foi lá que deu os primeiros passos para o aprendizado do inglês. No total, estudou até a entrada na universidade – cursou Ciências Contábeis. Porém, o foco das aulas era na gramática e ele sentia falta da pratica e da vivência da conversação.

Após ser demitido do trabalho, Stoco achou que era hora de dar uma guinada em sua vida, e o intercâmbio foi o caminho mais viável que encontrou naquele momento. Fez várias pesquisas e optou por estudar em Dublin.

Há menos de um mês na capital irlandesa, Stoco aponta que, graças às mídias sociais e aos aplicativos, têm aprendido inglês mais rápido.

O celular é seu companheiro inseparável na Irlanda. Ele o leva para todos os lugares, justamente pela facilidade de acesso às informações. “Se estou com uma dúvida, por exemplo, numa palavra em inglês e quero saber a tradução dela, basta recorrer a um tradutor virtual e esclarecer na hora”, explica.

Revisado por Tarcísio Junior
Imagens via Shutterstock
Encontrou algum erro ou quer nos comunicar uma informação?
Envie uma mensagem para [email protected]

Sobre o Autor


Jornalista com pós-graduação em Roteiro para TV e Cinema, é autor do livro Desejo de viver, que conta a história de luta, superação e de amor à vida de Eliete Gandolfi Cia, sua mãe, falecida em2015. Profissional com 18 anos de experiência na área de comunicação, incluindo a idealização, produção e escrita de duas séries de jornalismo internacional: sonho americano e sonho italiano, e atuação em diferentes veículos de mídia do Brasil, como redações de jornais impressos, assessorias de imprensa e TV, dentre outros.

Veja todos meus outros Posts

Orçamento Fácil

Preencha um formulário e receba orçamento de escolas e agências

Comece agora

E-Dublin: Tudo sobre Intercâmbio


Recentes e populares

Conte Sua Historia

Decidi enfrentar o intercâmbio quase aos 40

1 mês atrás, por Colaborador E-Dublin
Crônicas

Você é fluente em portunglês? 

4 meses atrás, por Lívia Alen
Idiomas

5 dicas para acelerar o aprendizado do inglês 

4 meses atrás, por Colaborador E-Dublin
Idiomas

Cinco aplicativos para você aprender outro idioma

5 meses atrás, por Elizabeth Gonçalves
Idiomas

Dez motivos para você aprender Mandarim

5 meses atrás, por Colaborador E-Dublin
Crônicas

Tombos e resistências de um intercâmbio 

7 meses atrás, por Colaborador E-Dublin