Este site usa cookies para melhorar a experiência do usuário. Ao utilizar o nosso site você concorda com todos os cookies de acordo com nossa Política de cookies/privacidade. Concordo
Dicas de Viagem

6 dicas para não passar apuros no hostel

Carol Braziel postou em 29 out 2015

Quando montamos nosso plano de viagem, obviamente precisamos definir em qual tipo de estadia ficaremos. O hostel vem se mostrando uma opção cada vez mais escolhida entre os viajantes, principalmente pela Europa, onde a variedade é absurdamente grande e os preços muito acessíveis. Mas o que muitos não avaliam são as preocupações que devemos ter antes de fechar ou durante sua estadia. Por isso, listamos aqui cinco dicas que devem entrar no seu check-list se você definir que o hostel será a sua acomodação.

1. Sem pesquisa = fria!

Não adianta, a dica mais importante de todas é sempre a pesquisa prévia. Verifique se no valor da estadia está incluso café da manhã, cozinha equipada para fazer suas refeições, wi-fi, ar condicionado, calefação, locker (cofre), banheiro compartilhado, quantidade de camas no quarto e, obviamente, a localização (se é perto ou não do centro e a segurança do bairro). Isso eliminará quase 80% das chances de você entrar numa fria e estragar sua viagem. Ah, além de checar todos esses fatores, leia as avaliações online do local, porque nada melhor do que observar as impressões de quem já se hospedou no hostel para se decidir. Algumas coisas como barulho até tarde naquele hostel bacana com pub no térreo ou o chuveiro capenga daquele outro, jamais estarão no perfil de divulgação do próprio hostel! Fique esperto e também não se esqueça de deixar um comentário para que outros viajantes também possam usufruir dessa experiência. Afinal, é dando que se recebe!

Créditos: shutterstock.

Pesquise as opções na Internet. Créditos: Shutterstock.

2. Cuide do que é seu

Por mais que a maioria dos hostels seja, aparentemente, segura, não se pode garantir que as pessoas que ali se hospedam sejam honestas. Então, nada de deixar shampoos, toalhas ou outros pertences largados no banheiro ou quarto compartilhado. Opte sempre pelo uso do cofre quando o objeto for de valor alto, como laptops, ou guarde na sua mala com cadeado. Se não tiver cofre ou armário, lembre-se de levar uma mochilinha prática para levar sempre consigo passaporte e dinheiro.

Exemplo de locker dentro do quarto. Créditos: shutterstock.

Exemplo de locker dentro do quarto. Créditos: Shutterstock.

3. Olhos e ouvidos fechados

Bom, por se tratar de um hostel, geralmente as pessoas interagem e conversam até altas horas. Mas o que fazer se você está mega cansado e só deseja tomar um banho e dormir para aproveitar o dia seguinte? A sugestão é levar consigo uma máscara para tapar os olhos e protetores de ouvido para abafar o barulho. Isso garantirá um sono mais tranquilo, mesmo que seu quarto compartilhado esteja cheio de gente conversando.

Créditos: shutterstock.

Créditos: Shutterstock.

4. Bendita luz e sagrada tomada!

Ah, isso é vida para o viajante que dorme em hostel! Acredite, após uma viagem cansativa e um dia caminhando sem encontrar um lugar para recarregar seu note, celular ou câmera, você dará muito mais valor a uma tomada perto da cama e uma luzinha para ler seu roteiro do próximo dia ou um livro antes de dormir – além, é claro, de ajudar a arrumar suas coisas à noite sem acender a luz na cara dos roommates que já estiverem dormindo.

Hostel Generator em Barcelona, todas as camas possuem tomada e iluminação individual. Créditos: Generator Hostel Barcelona.

Hostel Generator em Barcelona. Todas as camas possuem tomada e iluminação individual. Divulgação.

5. Aquele passeio espertamente de graça

Geralmente os hostels oferecem pacotes de passeios em parceria com as atrações locais e empresas de turismo da cidade. Então vale a pena dar uma conferida na recepção assim que chegar ao hostel – ou nos comentários de hóspedes que já ficaram lá. E, mesmo que você opte por conhecer o lugar por conta própria, converse com os funcionários, pois eles provavelmente possuem muitas dicas de como fazer esses passeios de forma mais barata e proveitosa.

Créditos: shutterstock.

Créditos: Shutterstock.

6. A bendita toalha

Alguns hostels oferecem toalha sem custo adicional, enquanto outros cobram depósito. Há, ainda, aqueles que a alugam. Seja qual for a opção, vale inserir este item nos pré-requisitos importantes ao bookar o hostel, pois, por menor que a toalha seja, para quem viaja à la Ryanair e outras companhias de baixo custo, espaço é algo primordial na hora de fazer as malas e, ao invés de ter que se preocupar com a toalha, sobrará espaço para algo mais!

Possui mais alguma dica importante para nossos leitores sobre os hostels? Conte aqui nos comentários!

Revisado por Tarcisio Junior
Imagens via Shutterstock
Encontrou algum erro ou quer nos comunicar uma informação?
Envie uma mensagem para [email protected]

Sobre o Autor


Carolina Braziel é formada em Relações Públicas e pós-graduada em MKT pela ESPM|Brasil. Com mais de seis anos de experiência em MKT, decidiu vivenciar o sonho de morar na Europa, mais precisamente na terra dos Leprechauns. Apaixonada incurável por viagens, tem como vício a leitura e pesquisa sobre destinos, curiosidades e roteiros de viagens pelo mundo.

Veja todos meus outros Posts

Orçamento Fácil

Preencha um formulário e receba orçamento de escolas e agências

Comece agora

E-Dublin: Tudo sobre Intercâmbio


Recentes e populares

E-Dublin TV

Dublin é a segunda pior cidade da Europa?

2 meses atrás, por Edu Giansante
Moradia

Como é alugar uma vaga temporária durante o intercâmbio?

2 meses atrás, por Alessandra Karla Leite
Clima

5 dicas para encarar o inverno irlandês

2 meses atrás, por Deby Pimentel
Moradia

O lado obscuro do setor de TI na Irlanda

5 meses atrás, por Elizabeth Gonçalves
Cursos de Inglês

Intercâmbio depois dos 50 anos

6 meses atrás, por Deby Pimentel
Moradia

Existe melhor época para achar acomodação em Dublin?

7 meses atrás, por Elizabeth Gonçalves
Como alugar

Aluguel na Irlanda: onde é mais barato?

11 meses atrás, por Elizabeth Gonçalves
Moradia

A saga para encontrar uma acomodação em Dublin

11 meses atrás, por Thaiz Beltrão