Este site usa cookies para melhorar a experiência do usuário. Ao utilizar o nosso site você concorda com todos os cookies de acordo com nossa Política de cookies/privacidade. Concordo
Meu Intercâmbio

7 coisas banais que farão você morrer de saudades do Brasil 

Thaiz Beltrão postou em 16 jan 2017

Viver em outro país é incrível! Aprender sobre a cultura do outro, valorizar as diferenças e descobrir coisas que funcionam de verdade desse lado do globo são experiências louváveis! Mas dizer que você não sentirá saudades de coisas do Brasil é mentira. Você sentirá, sim – principalmente por coisas que pareciam tão banais.

Para provar que você não está sozinho, conversei com alguns amigos intercambistas e listei algumas coisas que eles mais sentem falta do Brasil durante o intercâmbio.

1 – Cachorro quente 

Ah, o cachorro quente brasileiro... Foto: Globo

Ah, o super cachorro quente brasileiro… Foto: Globo

Lembram daquele tiozinho com o melhor cachorro quente do mundo, parada certa pós-balada? Pois é, essa é a lembrança mais sofrida de um amigo meu todas as vezes que ele se depara com um cachorro quente aqui na Irlanda. É claro que você encontrará o pão e vários tipos de salsichas nos supermercados, mas o nosso super cachorro quente do Brasil, com purê, milho verde e mais aquele monte de recheio? Esquece! Gente, e a batata palha? Alguém, por favor, conta para esses irlandeses que já adoram batata, que fica muito mais gostoso e crocante com ela por cima!

2 – Chuveiro

Foto: Shutterstock

Foto: Shutterstock

Parece bobagem, mas na vida do intercambista, até o banho nosso de cada dia será diferente. Aquela rotina de chegar em casa e tomar banho na hora que quiser, na pressa, ficará na lembrança se você, assim como a maioria que mora por aqui, tiver que dividir a casa com outras pessoas. E não é só isso! Na Irlanda, você será apresentado ao famoso boiler – e esse “moço” é um pé no saco se você estiver com pressa. Pra usar o chuveiro quente, você precisa ligar, esperar a água esquentar e só então tomar seu merecido banho. Sem falar quando você esquenta a água, se distrai e chega aquele seu flatmate da rua, entra na sua frente e quando você decide tomar seu banho, a água já está mais fria do que quente. Quem nunca? Vá se acostumando. Dividir casa com várias pessoas te ensinará a ter muita paciência e a planejar até a chuveirada.

3 – Catupiry

catupiry-shutterstock_132368630

Catupiry??? Se alguém encontrou por aqui, me conta! Crédito: Shutterstock

Mineira que sou, só fui descobrir aqui que o Catupiry é nosso, trazido ao Brasil pela família italiana Silvestrini, no ano de 1949. O produto foi aprimorado na cidade de Lambari, em Minas Gerais. Como o mundo pode viver sem Catupiry? Ele combina com tudo! Alguém já viu pra vender por aqui? Ajuda aí, Irlanda! Começa a importar, vai!

4 – Andar de chinelo

Foto: Shutterstock

Foto: Shutterstock

Há quanto tempo você não vê seus dedinhos do pé? Pois é, meu amigo, chinelo aqui é artigo de luxo. Ninguém usa. Proibir brasileiro de usar chinelo é quase um crime. Volta logo, verão!

5 – Bater aquele Fute

pelada-shutterstock_191476481

Ahh, aquela pelada na praia!! Crédito: Shutterstock

Os garotos me disseram que sair pra bater aquela bola, seja na rua, na praia, na quadra ou até no campo, faz muita falta. Alguns lugares oferecem a oportunidade aqui como, por exemplo, o parque Fairview. Mesmo assim, não tem aquela resenha com churrasco depois, não é?!

6 – Ir embora da festa de manhã e comer na feira

Lachinho básico pós-balada! Foto: Promoline

Pastel na feira – Lachinho básico pós-balada! Foto: Promoline

Seja na feira, na padaria do bairro ou naquele trailer do centro da cidade. Fala aí se você também não morre de saudade de dar aquele up depois de uma festa ou balada, antes de rumar para casa? Mas não tem isso na Irlanda? Bom, por aqui, no máximo o que você vai encontrar são os fast-foods 24hrs na O’Connell Street.

7 – Churrascos por qualquer motivo

barbecue-shutterstock_334969973

Vai um churrasco aí? Crédito: Shutterstock

Aniversário? Batizado? Aumento? Não tem o que comemorar? Tem gente que até inventa algo só para reunir a galera em torno de uma boa churrasqueira. Mas já tentou acender uma churrasqueira no inverno irlandês, no vento, chuva e umidade? É tristem povo. Dá até para montar a churrasqueira, mas aí, 10 minutos com aquele pagodinho rolando, asinhas de frango dourando… do nada vem a ventania, aquelas gotinhas de água gelada e todo mundo se aglomerando na cozinha minúscula do flat. É triste. Por essas e outras, o melhor por aqui é fazer churrasco apenas no verão.

Revisado por Tarcísio Junior
Algumas imagens via Shutterstock
Encontrou algum erro ou quer nos comunicar uma informação?
Envie uma mensagem para [email protected]

Sobre o Autor


Thaiz Beltrão é mineira lá do interior, que precisava ver o mundo com os próprios olhos e embarcou nessa viagem. Jornalista, 22 anos de paixão por livros, história e um coração atleticano. Capricorniana por si só, amante dos causos da vida e das voltas que o planeta dá.

Veja todos meus outros Posts

Orçamento Fácil

Preencha um formulário e receba orçamento de escolas e agências

Comece agora

E-Dublin: Tudo sobre Intercâmbio


Recentes e populares

Cultura

O que não fazer em cinco destinos asiáticos

3 meses atrás, por Elizabeth Gonçalves
Crônicas

Carta a um futuro intercambista 

3 meses atrás, por Lívia Alen
Crônicas

Você é fluente em portunglês? 

3 meses atrás, por Lívia Alen
Conte Sua Historia

Uma carta para Oscar Wilde

3 meses atrás, por Colaborador E-Dublin
Esportes

10 curiosidades sobre a Copa do Mundo

4 meses atrás, por Elizabeth Gonçalves
Cultura

5 curiosidades sobre a cultura irlandesa

4 meses atrás, por Colaborador E-Dublin
Moradia

Morar com estrangeiro é sempre a melhor opção?

4 meses atrás, por Andre Luis Cia
Curiosidades

Já conferiu os campos floridos de Greystones?

5 meses atrás, por Elizabeth Gonçalves