7 dicas preciosas para quem vai conviver com os irlandeses

7 dicas preciosas para quem vai conviver com os irlandeses

Rubinho Vitti

1 ano atrás

Siga o E-Dublin no Instagram

Uma das preciosidades em se viver em outro país é conhecer o cotidiano dos nativos. A oportunidade vai além de aprender a língua de origem, mas conhecer um estilo de vida diferente, costumes, curiosidades e, assim, conseguir entender o que está se passando à sua volta enquanto você está “hospedado” no país deles.

Muitos estudantes conseguem já de cara conviver com os irlandeses, seja por meio das host families ou por meio de amizades. Porém, para não cometer gafes clássicas ao se aventurar no território “Irish”, é bom saber algumas coisinhas que podem soar estranhas, mas que são uma realidade na cultura local.

1 – Aceita um chá?

Chá com leite? Não estranhem se um irlandês te oferecer esta curiosa mistura Foto: Lindsay Stone/Dreamstime

Chá com leite? Não estranhem se um irlandês te oferecer esta curiosa mistura Foto: Lindsay Stone/Dreamstime

Se no Brasil o bom e velho cafezinho é oferecido às visitas quando se entra em uma casa, na Irlanda a pergunta é outra: “Aceita um chá?”. Provavelmente, o dono da residência terá inúmeros sabores a oferecer, mas o tradicional chá irlandês (“normal tea” ou ainda “English breakfast tea”) será o mais comum. Ah, e outra possibilidade é oferecer um pouco de leite para misturar. Isso mesmo, leite no chá! O sabor do chá é amargo e geralmente o açúcar não é utilizado. Não aceitar um chazinho é considerado uma falta gravíssima. Então, enjoy!

2 – Entrou? Tire o casaco

Não é elegante permanecer de casaco dentro de uma residência ou estabelecimento. É muito provável que, se está frio lá fora, no ambiente interno o “heater” (aquecedor) esteja ligado. Sendo assim, permanecer de casaco seria uma ofensa, pois significaria que a casa está fria. Além disso, tirar o casaco significa que você vai permanecer na casa por mais tempo. Os irlandeses acreditam também que o corpo precisa ficar na mesma temperatura do ambiente para que você não sinta uma mudança brusca com o frio lá fora. Acredite, de temperatura eles entendem bem!

3 – Irish breakfast

Pão, bacon, black pudding, linguiça, legumes... café da manhã dos irlandeses é um escândalo. Foto: Patrick Swan/Dreamstime

Pão, bacon, black pudding, linguiça, legumes… café da manhã dos irlandeses é um escândalo. Foto: Patrick Swan/Dreamstime

A primeira refeição de muitos irlandeses é um escândalo. O café da manhã tradicional do país, ou o famoso Irish breakfast, tem de tudo: ovos fritos, linguiça de porco, salsicha, tomates, cogumelos, batatas, pão, feijão (ao molho de tomate), black pudding (um tipo de morcilha) e white pudding (o mesmo processo do anterior, mas com gordura de porco e sem sangue), entre outras iguarias. Depois de tanto comer (se você conseguir) não espere um “lunch” (almoço) reforçado ao meio-dia. A próxima ida à mesa será o dinner, que não necessariamente significa jantar, mas sim   a principal refeição, que pode acontecer às 6 da tarde.

4 – Quente, quente, fervendo

Falando em temperatura, um item essencial para qualquer irlandês é o kettle. Trata-se de uma chaleira que esquenta a água por meio da energia elétrica e serve para preparar o chá nosso de cada dia – mas também para auxiliar na hora de preparar refeições, como colocar água para ferver, já que os fogões são feitos com chapa quente e demora bem mais para elevar a temperatura das panelas. Ele serve ainda para esquentar a água para a “hot water bottle”, uma bolsa de água quente, muito comum por aqui. Basta levá-la contigo na cama nos dias frios e dormir de conchinha.

5 – Banho de boiler

O famigerado boiler é um sistema que esquenta a água para o seu banho ficar quentinho. Foto: Mateo Girelli/Dreamstime

O famigerado boiler é um sistema que esquenta a água para o seu banho ficar quentinho. Foto: Mateo Girelli/Dreamstime

Esse é quase que um inimigo dos brasileiros na Irlanda. No Brasil estamos acostumados com um chuveiro elétrico nos esperando para um banho a qualquer momento. Aqui, você encontra o famigerado boiler, um sistema que esquenta a água para um banho de 10 minutos. O problema é que em algumas casas esse processo demora muito, principalmente com as gélidas temperaturas do inverno, podendo chegar a quase uma hora a espera para um banho quentinho.

6 – Água de graça?

Ritter, boiler, kettle… todos esses equipamentos gastam muita energia elétrica e despesas com gás. Porém, os irlandeses tem uma economia extra todos os meses: não existe conta de água por aqui. Motivo? Bom, imagina se o governo começa a cobrar água em um país que chove dia sim, dia não? Seria greve geral da nação, com certeza.

7 – Sorry!

Por mais que aprendamos nas aulas de inglês no Brasil que pedir licença é “excuse me”, na Irlanda essa sentença pode ter uma conotação ofensiva dependendo da forma que é falada. Por aqui, o que se usa é “sorry” a todo o momento. Para passar por alguém na rua, para pedir algum favor, para desviar das pessoas no corredor do supermercado… Se ouvir “sorry”, é melhor sair da frente que atrás vem gente.

Rubinho Vitti
Rubinho Vitti, Jornalista de Piracicaba, SP, vive em Dublin desde outubro de 2017. Foi editor e repórter nas áreas de cultura e entretenimento. Também é músico, canceriano e apaixonado por arte e cultura pop.

Imagens via Dreamstime
Encontrou algum erro ou quer nos comunicar uma informação?
Envie uma mensagem para [email protected]

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar