7 regras sobre o consumo de bebidas alcoólicas na Irlanda

7 regras sobre o consumo de bebidas alcoólicas na Irlanda

Rubinho Vitti

1 ano atrás

Siga o E-Dublin no Instagram

Quando ouvimos falar sobre alguns pontos que a Irlanda tem em comum com o Brasil, temos a impressão de que todos os irlandeses são bem chegados a uma boa birita. Ao aterrissar aqui, você olha bem e percebe que… são mesmo! 

O país é considerado um dos dez que mais consomem cerveja no mundo. Um pub é praticamente a segunda casa de um irlandês e, por isso, há muitos deles espalhados pelo país.  

Mas tanto amor por uma boa “pint” tem seu preço. A ilha é rígida no controle do álcool, e é preciso estar atento às regras para não se dar mal. 

Regras para bebidas vão desde o horário para venda em mercados até a proibição de beber nas ruas. Foto: Rawpixelimages/Dreamstime

Regras para bebidas vão desde o horário para venda em mercados até a proibição de beber nas ruas. Foto: Rawpixelimages/Dreamstime Rawpixelimages/Dreamstime

1. Baladas têm limite de horário e after parties são proibidas 

Todos os pubs e baladas na Irlanda precisam estar fechados até no máximo 3h da madrugada. Em alguns casos, dependendo da licença, esse horário pode ser reduzido.  

Fazer festas ou eventos em que exista o consumo de bebidas alcoólicas é proibido na Irlanda.  

Assim, não é seguro frequentar as famosas “after parties”, pois elas podem ser interrompidas pela polícia local a qualquer momento, e os presentes serão questionados e até indiciados por estarem lá. 

2. Bebeu muito? Vá para casa!

Uma pessoa alcoolizada pode ser convidada a se retirar do estabelecimento ou nem entrar. Isso é bem comum em todos os pubs e festas na ilha.  

Se estiver aparentemente bêbado, é bem provável que um segurança ou funcionário do bar coloque você para fora. E não adianta dizer que não está: vale a avaliação deles sobre a sua situação. 

3. Nada de preços diferenciados no Happy Hour

Também é ilegal os pubs fazerem “happy hours”, ou seja, vender bebidas por preço mais barato durante um período do dia para atrair pessoas. 

4. Mercados e conveniências têm horários específicos para venda de bebidas

Foto: Taras Bodnar/Dreamstime

Comércios como mercados só podem vender álcool entre 10h e 22h ou entre 12h30 e 22h aos domingos. Foto: Taras Bodnar/Dreamstime

Os estabelecimentos comerciais, como supermercados e conveniências, estão autorizados a vender bebidas alcoólicas entre 10h e 22h. Fora desse horário, é impossível comprar cerveja, vinho ou qualquer líquido com teor alcoólico. Aos domingos o horário é mais restrito: das 12h30 às 22h. 

5. Proibido beber em lugares públicos

É expressamente proibido beber qualquer tipo de bebida alcoólica em lugares públicos, como parques, áreas de lazer ou andando pelas ruas. Ou seja, é possível beber apenas em pubs, baladas ou em casa mesmo.  

Por isso, os pubs não permitem que você saia com qualquer copo ou garrafa contendo bebidas alcoólicas na Irlanda, pois podem responder por isso também. 

Foto: Rawpixelimages/Dreamstime

Foto: Rawpixelimages/Dreamstime

6. Se beber, não dirija – nem ande de bike

Igualmente no Brasil, há uma regra bem clara: se beber, não dirija. O limite são 50 miligramas de álcool por 100 mililitros de sangue para motoristas experientes e 20 miligramas de álcool por 100 mililitros de sangue no caso de novos motoristas.  

O curioso é que, como as bicicletas são muito comuns por aqui, o mesmo vale para quem vai pedalar. E se a guarda pegar, é multa na hora.

7.Menores não podem frequentar pubs

Também é proibida a venda de bebidas alcoólicas para pessoas menores de 18 anos. Sendo assim, funcionários de supermercados, por exemplo, precisam autorizar a venda das bebidas nos caixas e podem pedir documentação para comprovar a idade.  

Além disso, ambientes onde se vendem bebidas alcoólicas não podem permitir a presença de menores, a não ser quando estão acompanhados pelos pais ou responsáveis e entre 10h30 e 21h (ou 22h de maio a setembro). 

Imagens via Dreamstime
Encontrou algum erro ou quer nos comunicar uma informação?
Envie uma mensagem para [email protected]

Rubinho Vitti
Rubinho Vitti, Jornalista de Piracicaba, SP, vive em Dublin desde outubro de 2017. Foi editor e repórter nas áreas de cultura e entretenimento. Também é músico, canceriano e apaixonado por arte e cultura pop.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar