Este site usa cookies para melhorar a experiência do usuário. Ao utilizar o nosso site você concorda com todos os cookies de acordo com nossa Política de cookies/privacidade. Concordo
Dicas de Viagem

A tentação mora aqui! Compras em Dublin

Colaborador E-Dublin postou em 31 mai 2015

Aí você chega em Dublin, vai dar um giro para conhecer a cidade e de cara já cai na Henry ou na Grafton Street, e o que isso que dizer? Que você deve ligar todos os botões vermelhos e acionar um alerta, porque as tentações das lojas da Europa vão querer atacar de todas as maneiras os seus 3 mil Euros.

E o cuidado já deve iniciar quando você chega, e evitar o Duty Free ali te chamando “compreeeee, compreeeee”!

Foto Reprodução

Aqui você encontra facilmente produtos com valores bem acessíveis comparados a muitos que estão disponíveis à venda no Brasil. Um exemplo bem prático é um shampoo de uma marca importada que eu usava e pagava por ele R$45,00. Aqui consigo comprar o mesmo produto – ou a linha completa com shampoo, condicionador e creme para pentear (3 produtos) por €13,00 (o preço só do shampoo no Brasil). A diferença é gigante.

Maquiagem

Outra tentação está ligada aos produtos de beleza, como maquiagem. É muito fácil encontrar as melhores e mais conhecidas marcas, e algumas lojas são exclusivas, com atendimento diferenciado e oferecendo degustação de produtos, o que torna quase impossível não comprar. Fui a uma destas lojas para testar um batom e a atendente, muito esperta, fez em mim uma maquiagem completa para que eu conhecesse melhor os outros produtos. No final o batom que eu queria era €19,00, mas depois de conhecer as outras coisas a compra já ficaria em torno de €134,00. Fiquei um tempão pensando se levava ou não, e por pouco não cometi uma loucura, prejudicando meu orçamento.

O valor pode não parecer tanto, mas acredite, com 134 euros você consegue comprar uma passagem de ida e volta para algum país próximo, pagar o hostel e ainda fazer algum passeio – ou pode ser a metade de um aluguel, ou suas despesas mensais, como luz, internet, telefone, supermercado, etc.

Grafton1

Grafton Street, outro paraíso das compras na capital irlandesa

Roupas e calçados

As lojas de roupas também despertam total interesse, uma vez que a moda da Europa é diferente da moda do Brasil, sem contar o clima, que praticamente te obriga a adquirir roupas e acessórios. É uma missão quase impossível não cair em tentação. Eu mesma, às vezes me pego dentro de lojas e penso “Não posso comprar, não posso!”, e quando vejo já estou no caixa para pagar. São 2 euros num cachecol, 5 euros num colar, 15 euros numa mascara de cílios, 25 euros numa bota… e aí quando você se dá conta, seu orçamento já está no vermelho.

É necessário ter muita cautela, atenção e foco, caso contrário você realmente vai gastar o seu dinheiro em produtos que são bons, mas não são de extrema importância. Uma dica é pensar que você deve dar prioridade, inicialmente, para “compras de sobrevivência”, porque no início do intercâmbio você provavelmente terá que comprar coisas para sua nova casa, como travesseiro, edredom, produtos de limpeza (algumas casas tem e outras não), e você também, possivelmente, precisará de algumas roupas de frio (principalmente se chegar no inverno). Sem contas as compras de comida e outros gastos.

jervys shoppin

Jervis Shopping no coração de Dublin é outro queridinho dos brasileiros! Foto reprodução

Mas este texto não é um repudio às compras, muito pelo contrário. Dublin vai te oferecer ótimos produtos, e este é uma alerta amigo para que você pense duas vezes e invista o seu dinheiro em algo que não te prejudique financeiramente. Uma coisa que adotei nos últimos tempos, e que deveria ter feito desde quando cheguei, é manter um caderno de anotações com todos os meus gastos. Anoto tudo lá e no final do mês vejo o que eu comprei que foi supérfluo e assim posso eliminar esse gasto no próximo mês. Fazer isso é chato e dá trabalho, mas te ajuda a organizar sua vida financeira. Assim, quem sabe, sobram alguns eurinhos e você pode, enfim, fazer a compra da make poderosa, sem estar com a consciência pesada.

Revisado por Tarcisio Junior

Sobre o autor:
Alessandra Batom na MalaAlessandra Assis é mineira, publicitária e blogueira, enlouquecida por viagens e apaixonada por conhecer novas cultuaras. Descobriu no intercâmbio a mais diversificada forma de se conhecer. Trabalhou por muitos anos com marketing de relacionamento e hoje tem como profissão colocar seu Batom na Mala e contar em seu blog como é a vida fora do Brasil, como são suas viagens e um pouco da moda na Europa.

Sobre o Autor


Este conteúdo - assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios - é de responsabilidade do colaborador do E-Dublin e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Quer ver sua matéria no E-Dublin ou ficou interessado em colaborar? Envie sua matéria por aqui!

Veja todos meus outros Posts

Orçamento Fácil

Preencha um formulário e receba orçamento de escolas e agências

Comece agora

E-Dublin: Tudo sobre Intercâmbio


Recentes e populares

E-Dublin TV

Roupa barata em brechós na Irlanda

4 dias atrás, por Mah Marra
Alimentação

Culinária da Irlanda: Frutas e Verduras

1 mês atrás, por Edu Giansante
Quanto custa

E aí? A Penneys é tudo de bom mesmo?

1 mês atrás, por Carol Braziel
Dicas de Viagem

Roteiro de compras em Milão

1 mês atrás, por Carol Braziel
Como alugar

Aluguel na Irlanda: onde é mais barato?

3 meses atrás, por Elizabeth Gonçalves
Pré-intercâmbio

Quanto custa viver na Irlanda?

3 meses atrás, por Júlia Paniz