Aprovada quarentena obrigatória para quem chegar à Irlanda

Aprovada quarentena obrigatória para quem chegar à Irlanda

Rubinho Vitti

2 meses atrás

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?

Os passageiros que chegam à Irlanda de qualquer destino devem ficar em quarentena obrigatória por 14 dias no endereço especificado em seu Passenger Locator Form (Formulário de Localizador de Passageiros que é necessário ser preenchido para entrar no país). O não cumprimento da quarentena pode gerar penalidades, que vão de multa de até € 2.500 ou 6 meses de prisão, ou ambas, dependendo do caso.

O regulamento, que já havia sido aprovado pelo governo irlandês, foi assinado ontem, quarta, 3 de fevereiro, pelo Ministro da Saúde, Stephen Donnelly, e está valendo desde a meia-noite desta quinta, 4.

O recém-chegado só pode deixar seu local de residência durante o período de quarentena por “razões inevitáveis de natureza emergencial”. Também é possível sair de casa para fazer um teste RT-PCR no mínimo 5 dias após a sua chegada. Com uma confirmação por escrito de que o resultado deste teste é negativo (“não detectado”), o período de quarentena pode terminar.

Porém, se “a viagem começou na África do Sul ou no Brasil, você deve completar os 14 dias completos de quarentena – independentemente de ter um resultado negativo no teste”, diz a regra.

O ministro da Saúde ressaltou que a fiscalização para a quarentena obrigatória é “assunto da Garda”.

Leia também: Irlanda dificulta vistos a brasileiros durante lockdown no país

Outras medidas ainda podem entrar em vigor

O governo reforça que é contra as regras do Nível 5 de lockdown sair do perímetro de 5km de sua casa sem um motivo essencial. “O conselho claro do governo e de saúde pública é que todos devem evitar viagens não essenciais completamente”, disse Donnelly.

Outra medida aprovada e já em vigor é a multa para quem for pego tentando sair do país sem um motivo essencial. Há ainda a quarentena obrigatória em hotéis para quem chega de países onde há variantes da Covid-19 ou quem não tem um teste PCR, mas essa regra ainda não está valendo.

“Trabalhos adicionais sobre legislação adicional para implementar quarentena obrigatória em uma instalação designada para aqueles que chegam de países com variantes preocupantes, como Brasil e África do Sul, estão em andamento e serão implementados o mais rápido possível”, reafirmou Donnelly.

Estão isentos de quarentena obrigatória trabalhadores para reparo e manutenção de infraestrutura crítica, deputados e senadores, membros do parlamento europeu, autoridades locais, policiais, membros das Forças de Defesa, pilotos, tripulação marítima, quem viaja por motivos humanitários ou por obrigações legais.

Rubinho Vitti
Rubinho Vitti, Jornalista de Piracicaba, SP, vive em Dublin desde outubro de 2017. Foi editor e repórter nas áreas de cultura e entretenimento. Também é músico, canceriano e apaixonado por arte e cultura pop.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar