Arrecadação para família de Thiago Côrtes ultrapassa meta

Arrecadação para família de Thiago Côrtes ultrapassa meta

Rubinho Vitti

2 semanas atrás

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?

A comunidade brasileira mais uma vez mostrou que é muito unida na Irlanda. A arrecadação de fundos para ajudar a cobrir os custos de repatriação dos restos mortais de Thiago Côrtes, morto em agosto após ser atropelado por um carro, arrecadou mais de € 67 mil.

A página do GoFundMe foi criada após a morte do intercambista de 28 anos, que atuava como entregador em Dublin e foi atingido por um veículo no North Wall Quay, no dia 31 de agosto. O motorista do veículo e outros integrantes não prestaram socorro e Thiago acabou morrendo no hospital, na noite de 1 de setembro.

Thiago Côrtes morreu no dia 1 de setembro após ser atropelado em Dublin por motorista que não prestou socorro. Foto: Reprodução/Facebook

“Obrigado a todos por tudo, 50 mil euros era o valor previsto para todas as despesas e para ajudar a família do Thiago, mas algumas pessoas nos pediram para manter o GoFundMe aberto para colaborar com alguma ajuda extra para a família!”, diz a mensagem do site que não está mais aceitando doações.

A Gardaí, polícia irlandesa, interrogou um adolescente que é suspeito de ser o motorista do carro que atropelou e matou o brasileiro. A polícia suspeita ainda que outros três adolescentes também estavam no veículo, todos pertencentes à mesma comunidade do subúrbio de Dublin, onde Côrtes foi morto, mas ninguém ainda foi preso.

Centenas de brasileiros participaram de um protesto no dia 2 de setembro, pedindo justiça e a solução imediata do caso.

Brasileiros rezam durante protesto em Dublin que pedia justiça pela morte de Thiago Côrtes. Foto: Arthur Medeiros

Brasileiros celebraram missa especial em Dublin

Uma Missa de Sétimo Dia foi celebrada em Dublin em memória de Thiago Côrtes na Saint Mary Of The Angels Church In Church St.Dublin no dia 9 de setembro e transmitida pela Comunidade Católicos em Dublin, no Facebook.

Pai agradece comunidade brasileira em Dublin

 

View this post on Instagram

 

Filho, a dor que me assaltou a paz na hora que você se foi é simplesmente terrível. Eu já não sei mais o que é sorrir sem arrependimento, acordar e enxergar a vida com confiança. Não é justo um pai ou uma mãe se despedir de um filho para sempre! Eu ainda nem sei bem como vou conseguir suportar esta infelicidade. Não sei sequer se serei capaz de conviver com a sua ausência. Nunca nada, nem ninguém poderá substituir você, meu filho. O lugar que você ocupa no meu coração será sempre seu e nem a sua partida deste mundo irá alterar isso. Você deixou o plano físico, mas as lembranças de tudo o que passamos e dos momentos que compartilhamos continuam comigo. Para sempre gravado na memória ficará o seu cheiro, a sua risada e a doçura do seu olhar. Dizer que sinto saudades é pouco, mas a dor que elas causam é muita. O pouco conforto que consigo encontrar neste momento é que se encontra na companhia de Deus e que um dia nos voltaremos a rever. Sei que está em paz, filho. Posso sentir que seu coração está tranquilo. Penso em você todos os dias e guardo meu amor no fundo do peito. Amo você, meu eterno menino, filho, meu amor é eterno!

A post shared by Celso Côrtes (@celsocortessg) on

Em um texto publicado em seu Facebook, o pai de Thiago, Celso Côrtes, deixou uma mensagem de agradecimento aos colaboradores e à comunidade brasileira em Dublin, principalmente à noiva de Thiago, Teresa Dantas.

“A família agradece a todos em Dublin, Irlanda, pelo carinho ao meu filho Thiago Osório Ferreira de Albuquerque Côrtes. Que ele alcance a luz”. Ele ainda escreveu uma mensagem especial para seu filho no seu perfil no Instagram.

“Dizer que sinto saudades é pouco, mas a dor que elas causam é muita. O pouco conforto que consigo encontrar neste momento é que se encontra na companhia de Deus e que um dia nos voltaremos a rever.”

 

Rubinho Vitti
Rubinho Vitti, Jornalista de Piracicaba, SP, vive em Dublin desde outubro de 2017. Foi editor e repórter nas áreas de cultura e entretenimento. Também é músico, canceriano e apaixonado por arte e cultura pop.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar