Aviso de embarque

Aviso de embarque

Colaborador E-Dublin

6 meses atrás

Siga o E-Dublin no Instagram

Essa é uma carta prévia, é um aviso de que em poucos dias estarei embarcando…

Aviso de embarque. © Anyaberkut | Dreamstime.com

Aviso de embarque. © Anyaberkut | Dreamstime

Essa é uma nota mental, é a minha bagagem sendo organizada, é um misto de excitação e paz que me invade. A certeza de que não estou indo de mãos vazias, que carrego uma nova versão, novas conquistas, dentre elas um livro onde conto um pouco de todo esse mundo.

Levo uma mochila apenas, de peito aberto e as pedras eu transformo em areia. Sei que muitas vezes a família tem a tendência de criar conflitos, de deixar escapar alguns julgamentos e de pensar que sabemos tão bem o quanto é bom pros outros, que esquecemos que isso as vezes são apenas gotas.

É evidente que sabemos muito um do outro, e ao mesmo tempo sabemos tão pouco. Aqui me deparei com comportamentos que vieram comigo, e que talvez não voltem mais. Pode ser que meu retorno às raízes me fará resgatar um bocado, pois umas das coisas que aprendi também foi entender que nem tudo tem explicação e que não possuir todas as respostas faz mais sentido.

Faço meu pedido agora, seja gentil com quem me tornei. O mundo que nós vemos hoje não é o mesmo mundo, e podemos trocar tanto. Eu serei gentil com seu tempo, entendo que ele passa nos dois hemisférios, que somos dois oceanos que se transformam. Cada gota de chuva que tomamos nos torna parte dessa coleção de gotas.

Aqui chove bastante, você sabe. Mas sabe aquelas trovoadas? Aquele raio que rasga nuvens, antes mesmo de um trovão atacar nossos ouvidos de susto, aquele misto de pavor e admiração? Aqui não tem nada disso. E por incrível que pareça, isso também faz falta e hoje troco qualquer coisa por assistir uma chuva de verão, ao seu lado.

E então é chegado o tempo, finalmente. Quase cinco anos fora de casa, desde que atravessei o Atlântico, posso dizer agora “mãe, me espere pro jantar que estou chegando, e chegarei com fome”.

Sobre a autora:
Marluce Lima é poeta, escritora e metida a artista. Publicou seu primeiro livro de poesia na Ilha Esmeralda e sabe que foi só o começo de uma história. Escreve para o blog www.soumarlima.com e cria vídeos.

Imagens via Dreamstime
Encontrou algum erro ou quer nos comunicar uma informação?
Envie uma mensagem para [email protected]

Colaborador E-Dublin
Colaborador E-Dublin, Este conteúdo - assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios - é de responsabilidade do colaborador do E-Dublin e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Quer ver sua matéria no E-Dublin ou ficou interessado em colaborar? Envie sua matéria por aqui!

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar