Benefícios a funcionários em empresas irlandesas

Benefícios a funcionários em empresas irlandesas

Rubinho Vitti

4 meses atrás

Quanto custa um intercâmbio?

Não vendemos pacotes e nem somos agência,
mas podemos te colocar em contato com elas.

Quem trabalha no Brasil está acostumado a receber, junto ao holerite contendo o salário do mês, diversos itens como vale-transporte, vale-refeição, além de 13º salário no fim do ano, entre outros benefícios diversos. Porém, ao chegar a países como a Irlanda, o brasileiro trabalhador pode levar um susto ao saber que as coisas não são lá tão parecidas.

Na Irlanda, as empresas não são exatamente obrigadas a pagar por serviços, alimentação e outros itens a mais que o salário combinado. A ilha possui como regra o salário mínimo definido, além de intervalo e descanso, mas todo o resto pode ser definido como bônus, benefits (benefícios) e perks (regalias). Esses três pontos são chamariscos para atrair funcionários e vão fazer com que o empregado concorde em ficar com o emprego ou não.

O que são os benefits?

Entre os benefícios mais comuns na Irlanda está o seguro saúde. Foto: Pxhere

Os benefits, ou benefícios, são os itens que estão inclusos no contrato quando você vai entrar na empresa. Eles são basicamente o que temos no Brasil por lei, mas, por aqui, vai depender de empresa para empresa. Ela os oferece um pacote no qual consta o salário mais os benefícios como uma forma de conquistar o empregado para a vaga.

Entre os principais benefícios oferecidos, estão:

  • Seguro saúde
  • Seguro odontológico
  • Imposto com pensão
  • Cuidados com a visão
  • Seguro de vida
  • Licença pessoal
  • Licença médica
  • Creche
  • Plano de aposentadoria
  • Flexibilidade de horário

Todos esses itens são contratuais. Se você assina o contrato de trabalho com os benefícios citados acima, por exemplo, não importa a situação da empresa no futuro, você não vai deixar de recebê-los em hipótese alguma.

Perks: regalias não obrigatórias

Perks são regalias como almoço gratuito, academia de ginástica, aulas de yoga etc. Foto: Pxhere

Perks, como a tradução diz, são privilégios ou regalias. São como os benefícios, mas não há garantias de que serão para sempre. Ou seja, a qualquer momento a empresa pode retirá-los, e o funcionário não pode reclamar. É como ter uma máquina de café de graça no escritório e no dia seguinte ela não estar mais lá.

Tipos de empresas de tecnologia são conhecidas na Irlanda por oferecer vários privilégios aos funcionários. Geralmente, uma forma de “comprar o funcionário pela barriga”. Isso inclui almoço, café da manhã e jantar com uma infinidade de produtos disponíveis gratuitamente a qualquer momento. Além disso, elas podem oferecer academia, sessões de yoga, happy hour etc.

Entre as conhecidas em Dublin por oferecerem esse tipo de perks estão Facebook, Google, Microsoft, Dropbox, Airbnb etc.

Sempre que passar por um momento difícil, a empresa pode cortar perks. É raro isso ocorrer, a não ser que a empresa esteja realmente passando por um momento difícil, mas o funcionário precisa estar ciente disso. Às vezes, as perks podem estar em contrato, mas bem-definidas como privilégios e não, benefícios. Por isso, é preciso prestar atenção para não confundir com os benefits.

Principais perks oferecidas na Irlanda:

  • Almoço
  • Jantar
  • Café da manhã
  • Auxílio transporte
  • Auxílio para gastos com celular
  • Alimentação gratuita durante o expediente
  • Academia

Bônus: bom desempenho = dinheiro na mão

Com bônus, funcionário pode receber porcentagem pelo sucesso de seu trabalho na empresa, como atingir metas ou bater recordes. Foto: Pxhere

Se os benefits são uma forma de auxiliar o trabalhador e sua família com seguro e serviços, os perks oferecem conforto e qualidade de vida. Mas quando o assunto é dinheiro vivo, estamos falando de bônus. O bônus está associado ao desempenho da empresa e do funcionário. Ele, muitas vezes, depende do desempenho do time dentro da companhia ou do próprio desempenho do empregado.

Dependendo da empresa, o bônus é estruturado de formas diferentes. Algumas, por exemplo, o fazem com base na performance geral da empresa. Se ela ultrapassa uma meta ou bate um recorde, todos os funcionários recebem o bônus.

Em outros casos, o bônus é voltado a quem trabalhou no departamento específico onde houve o recorde ou a meta alcançada. Por exemplo, a empresa conseguiu bater a meta de vendas. Então, a equipe de vendas ganha o bônus.

Esse bônus geralmente é um percentual de aumento do salário. Ou seja, você pode ganhar 5%, 10%, 15%. Isso varia de empresa a empresa. O percentual pode ser em cima de três meses de salário ou do salário anual, por exemplo.

Informe-se!

Sempre esclareça todas as suas dúvidas durante a entrevista de emprego para saber todos os benefits, perks e bônus aos quais você tem direito. Foto: Pxhere

Antes de entrar em uma empresa e assinar o contrato, informe-se sobre bônus, perks e benefits. Saiba exatamente quais serão eles para não tomar um susto no meio do caminho. Geralmente, já durante a entrevista de emprego, o recrutador ou o gerente pode falar sobre os benefícios.

Tudo também é negociável. Se você mora longe do trabalho e precisa de um auxílio no transporte que a empresa não oferece de primeira, é possível conversar. Se for do interesse deles que você continue no processo, eles podem oferecer esse benefício. Isso pode valer com outros tipos de benefícios que se tornam essenciais para você querer a vaga.

Pesquisa mostra tipos de benefícios entre homens e mulheres

Uma pesquisa da empresa Aviva, na Irlanda, constatou que, enquanto 49% dos entrevistados do sexo masculino recebem contribuições para a aposentadoria como benefício mais amplamente oferecido, apenas 39% das mulheres desfrutam o mesmo benefício. Isso mostra que os benefícios são diferentes dependendo do gênero na Irlanda.

A pesquisa revelou, ainda, que 35% das mulheres dizem ter horário de trabalho flexível contra 27% dos homens. Esquemas de bônus também é maior entre os homens, quase 50% em relação às mulheres.

A pesquisa também mostra que funcionários de escritório têm mais benefícios que os trabalhadores manuais. Um quarto dos empregadores não oferecem benefícios. Dos que oferecem, eles são contribuições para pensões (45%), horários flexíveis (30%), gratificações (24%) e refeições subsidiadas (20%).

O horário flexível foi considerado o benefício mais procurado por 21% dos trabalhadores mais jovens, com menos de 35 anos.

Veja também

Como é o Regime Trabalhista na Irlanda?

Rubinho Vitti
Rubinho Vitti, Jornalista de Piracicaba, SP, vive em Dublin desde outubro de 2017. Foi editor e repórter nas áreas de cultura e entretenimento. Também é músico, canceriano e apaixonado por arte e cultura pop.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar