Burlar o pagamento dos transportes pode custar caro na Europa

Burlar o pagamento dos transportes pode custar caro na Europa

Elizabeth Gonçalves

7 meses atrás

Siga o E-Dublin no Instagram

Ao utilizar os meios de transporte público em cidades da Europa, nos deparamos com algo bem diferente do Brasil: a ausência de catracas em muitos deles, o que garante acesso livre às plataformas de trens, metrôs, bondes e, em alguns casos, até mesmo ao interior dos ônibus. Diante desse cenário, não há como não imaginar como seria um sistema desses no Brasil – e como muita gente poderia tentar se aproveitar dessa situação.

Embora muitos turistas façam isso por falta de conhecimento, muita gente que mora na Irlanda também tenta se aproveitar de uma possível falta de fiscalização e deixam  de pagar pela tarifa. Mas devemos deixar claro uma coisa: isso não é uma exclusividade dos brasileiros e é algo que ocorre com muita frequência todos os dias – inclusive com os próprios irlandeses.

Saiba que, apesar de tentador, burlar esse sistema pode pesar, e muito, no bolso, já que o valor das multas aplicadas geralmente equivale a bem mais que o dobro do preço do bilhete. Confira o que pode acontecer em alguns países:

Multa na Irlanda para quem não pagar passagem

Já pensou ter que desembolsar 100 euros em Dublin por uma única passagem no transporte público? Crédito: Rail Technology Magazine

Já pensou ter que desembolsar 100 euros em Dublin por uma única passagem no transporte público? Crédito: Rail Technology Magazine

Em Dublin, por exemplo, para utilizar o Luas basta comprar sua passagem em uma das máquinas de autoatendimento disponibilizadas nas estações ou pagar com o seu Leap Card. Quem quiser correr o risco e embarcar nesse meio de transporte sem efetuar o pagamento, corre o risco de ser abordado por um fiscal. Se isso acontecer, ele deverá pegar os seus dados, como nome e endereço, e uma multa de pelo menos 45 euros será enviada para a sua residência.

No Dublin Bus também não há catracas e o pagamento da tarifa deve ser feito em moedas, ao motorista, ou então pelo Leap Card. Como o valor é definido de acordo com a distância percorrida, você pode consultar o preço exato da sua tarifa pelo site da companhia ou pelo aplicativo disponível para celulares. Outra opção é informar ao motorista o seu ponto de desembarque, pois assim ele realizará a cobrança do valor exato.

Quem pretender economizar e informar o destino errado para pagar uma tarifa menor ou utilizar um bilhete fora da validade, correrá o risco de ser surpreendido por um fiscal e, consequentemente, ser multado em 100 euros. A multa é entregue no ato da abordagem e deve ser paga na central do Dublin Bus, na O’Connell Street. De acordo com a empresa, quem pagar a penalidade antes dos 21 dias de prazo, tem um desconto de 50%.

Na Alemanha, não esqueça de autenticar o seu ticket

A correria para pegar o trem me custou 40 euros na Alemanha. E não adiantou eu espernear. Crédito: Rail Pictures

A correria para pegar o trem me custou 40 euros na Alemanha. E não adiantou eu espernear. Crédito: Rail Pictures

Por experiência própria, E-Dubliners, em hipótese alguma se esqueça de carimbar seu bilhete de metrô na Alemanha! No meu caso, para não perder o trem que estava na plataforma de uma estação em Berlim, embarquei logo após adquirir o meu bilhete em uma daquelas máquinas de autoatendimento. Duas estações depois, vejo os fiscais dentro do trem. Toda segura de mim, apresentei meu bilhete assim que solicitado. No mesmo momento eles me disseram que eu teria que pagar 40 euros de multa pela falta do carimbo.

Tentei conversar, expliquei que havia comprado o bilhete há poucos minutos, inclusive horário e local estavam impressos nele, mas enfim, eles não aceitaram a minha justificativa e tive que desembolsar os 40 euros no ato. Após esse episódio, comprei um bilhete diário que, no caso, só precisaria ser carimbado uma única vez e poderia ser utilizado por um número ilimitado de viagens. Lição aprendida!

Outro detalhe importante para se evitar uma desagradável penalidade nas cidades alemãs é comprar o bilhete para todas as zonas pelas quais você pretende viajar. Portanto, antes de adquirí-lo, consulte o mapa e veja a localização do seu destino. Qualquer dúvida, adquira seu ticket na bilheteria da estação.

Inglaterra chega a cobrar 1.000 pounds de multa

Burlar o sistema de transporte britânico na capital inglesa, por exemplo, pode sair bem mais caro do que você imagina, já que as multas podem chegar a 1.000 libras. No momento da compra do seu bilhete, seja do metrô, ônibus ou trem, tenha certeza de que ele cobre todo o seu trajeto.

Ao ser pego no metrô com um bilhete incorreto, você será taxado em 80 libras. Caso pague esse valor em até 21 dias subsequentes à sua multa, o valor cai para 40 libras.

Na França, valide seu bilhete de ônibus ou trem

Na França, quem for flagrado utilizando o transporte público paga na hora 48 euros. Crédito: Wikipedia

Na França, quem for flagrado utilizando o transporte público sem bilhete paga 48 euros na hora. Foto: Wikimedia

Na França, quem for flagrado utilizando o transporte público sem o bilhete ou sem validá-lo, deverá pagar imediatamente ao inspetor uma multa de 48 euros, em dinheiro ou cheque. Quem não tiver essa quantia no bolso no momento da abordagem, terá um período de até 7 dias para pagar a conta. Porém, nesse caso, o valor sobe para 52 euros.

O não pagamento da multa após dois meses de cobrança pode levar o caso ao tribunal. Se isso ocorrer, o valor é automaticamente acrescido de uma taxa de 180 euros.

Assim como em qualquer cidade do mundo, não se esqueça de guardar seu bilhete até o fim do trajeto. Em Paris, por exemplo, você vai precisar dele para habilitar a catraca na saída das estações de metrô. A ausência do bilhete na saída também pode resultar na cobrança da multa.

Encontrou algum erro ou quer nos comunicar uma informação?
Envie uma mensagem para [email protected]

Elizabeth Gonçalves
Elizabeth Gonçalves, Jornalista viciada em cinema, música e literatura. Paulistana, se apaixonou por Dublin, onde mora há cinco anos e sonha em fazer uma viagem de volta ao mundo.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar