Este site usa cookies para melhorar a experiência do usuário. Ao utilizar o nosso site você concorda com todos os cookies de acordo com nossa Política de cookies/privacidade. Concordo
Conte Sua Historia

Chegamos, primeiras impressões

postou em 08 abr 2008

Com delay de 4 dias, consegui tempo para fazer o primeiro post direto de Dublin.

Saimos as 18:45 do dia 03/04 de Sao Paulo, chegamos as 11:00 no aeroporto de Amsterdam, onde foi tudo muito tranquilo. Esperamos ate as 12:40 pra pegar o aviao para Dublin.

Ao chegar no aeroporto (bem pequeno) de Dublin, andamos ate a fila da imigracao. A fila nao era grande, mas demorou um pouco nas entrevistas. Quando chegou nossa vez, foi muito rapido e tranquilo. Ela (mulher da GARDA) ate brincou “voce ja sabe falar ingles, nem precisava vir! rs, se divirta”.

Enfim, pegamos as malas, e o onibus na porta do aeroporto, que vai pro centro (custou 6 euros).

Do centro fomos na vodafone, comprar um celular Sony-Ericsson com mp3, camera (filma e tira foto), por 59 euros (e ainda ganhamos 40 euros de credito, 10 por mes, durante 4 meses). Apos comprar mais 20 euros de credito e enviar um text message escrito FREE para 50222, ganhamos o direito de ligar e mandar text message para qualquer vodafone de graca.

A ligacao pro Brasil custa 0.9 euros/minuto.

Comemos em uma lanchonete (estilo Subway) por 10 euros (com suco). Por enquanto essa tem sido a media gasta. Realmente, em 100% das refeicoes, comemos BATATA. Em geral a comida eh massa, vegetais e batata. (Esquece arroz e feijao)

Passamos o fim de semana andando muito no centro. Algumas partes do centro lembram o centro de Sao Paulo (perto do mosteiro sao bento, praca da se). Tem artistas de rua, tem pinturas expostas na rua pra vender, tem “camelo”, tem mendigo (na verdade vimos umas 3 vezes, e eram sempre mulheres com vestidos longos e lencos no rosto).

Encontramos um violao Fender (Deve ser a segunda linha da fender) por 95 euros. A media de preco dos violoes eh de 300 euros. Tem ate de 2000 euros.

Sabado a noite fomos na porterhouse (pub que fica em Dublin 9). Como todos outros lugares, voce nao paga pra entrar, so o que consome. E paga na hora, pro barman. Eh proibido fumar dentro do recinto, entao (pra nossa sorte) nao saimos com cheiro de cigarro. Ha uma area aberta (e bem fria, pq eh do lado de fora) pra quem quer fumar.

Na saida (as 3 e pouco da manha, horario que fecham os pubs), pegamos um taxi pra casa. Nao queria que isso fosse um diario de bordo, mas acho que vai ser util.. entao la vai:

O taxista nao sabia chegar (em dublin 18) e nos largou no centro, pedindo desculpas, etc. Obviamente nao pagamos, mas ele nos deixou em uma rua lotaaaada de moleques bebados e gritando. Consequentemente (ou nao) nenhum taxista (dos milhares que passavam) pararam pra gente. Caminhamos pra uma outra rua mais deserta (muuuito frio) e conseguimos pegar o taxi. Ele tambem nao sabia chegar no endereco que estavamos, entao, comecamos a guiar ele (pois eh).

Chegando em Foxrock (dublin 18) reconhecemos a avenida principal, e comecamos a guiar bairro adentro. Finalmente chegamos, ficou ate barata a rodada (22 euros, pela distancia e com adicional noturno…)

Segunda-feira cedo fomos fazer o teste na grafton (estou no upper intermediate e o homero no lower advanced). So tem brasileiro aqui.. alias, 80% brasileiro, 20% paquistanes/maurício. Ouvi falar muito bem (de alunos que estao estudando) da Eden College. Alem de menos brasileiros, eh tipo um SENAC, com cursos especializantes (por isso tem irish la).

Evitem a Grafton se quiserem aprender, aqui parece que estou no Brasil, todo mundo fala portugues.

Hoje tiramos o PPS (foi rapido, tinham umas 8 pessoas na frente). Onde fomos fica na Tara Street, chama-se Apollo House (chegamos as 9:11, abre as 9:30). Voce pega a senha, preenche um formulario, e o PPS number chega na sua casa em alguns dias. Todo esse “processo” levou uns 14 minutos.

Enfim,

Dicas e resumo rapido das primeiras impressoes:

– pessoal muito educado
– todo mundo parece o harry potter (boxexa rosada e olhos claros)
– tragam caxecol, luva, toca e manteiga de cacau (a boca resseca muito)
– nao tragam blusas pequenas e de la, eh melhor uma blusona bem quente e que possa molhar
– em comparacao com sao paulo, a gente mora perto do centro, mas o ponto de onibus fica a 30 minutos de caminhada, entao, preparem-se pra camelar
– nem todas as esquinas de ruas tem placas, entao tentem ter um mapa sempre em maos, pra aprenderem os nomes conforme andam pela cidade
– a grafton eh uma bagunca, so tem brasileiro
– pps eh tranquilo
– teclado nao tem acento
– faz frio mesmo (principalmente o vento), mas todo lugar eh quentinho =)

espero ter ajudado

abs,

Sobre o Autor


Fundador e CEO do E-Dublin, Edu chegou na Irlanda em 2008, no ano pré-crise, pegou a nevasca de 2010 e comeu cérebro de cabra em Marrakesh. O Edu também é baterista da banda Irlandesa Medz.

Veja todos meus outros Posts

Orçamento Fácil

Preencha um formulário e receba orçamento de escolas e agências

Comece agora

E-Dublin: Tudo sobre Intercâmbio


Recentes e populares

Vistos

Onde tirar o visto no interior da Irlanda

4 semanas atrás, por Ávany França
Como alugar

7 aplicativos essenciais para quem vive em Dublin

4 semanas atrás, por Elizabeth Gonçalves
Documentos

Renovando seu visto na Irlanda! Como fazer?

1 mês atrás, por Edu Giansante
Essenciais

Quais são os tipos de Vistos na Irlanda?

1 mês atrás, por Colaborador E-Dublin