5 cantinhos românticos para namorar durante a quarentena em Dublin

5 cantinhos românticos para namorar durante a quarentena em Dublin

Rubinho Vitti

1 mês atrás

EDUBLIN.PRO - Matrículas abertas até 17/07!

Transforme sua vida profissional e alcance sua carreira no exterior!

Celebrar o amor não tem preço, literalmente. Para os brasileiros que vivem na Irlanda e que querem entrar no clima do nosso Dia dos Namorados, celebrado em 12 de junho, a pandemia do novo coronavírus pode ser um grande problema. Isso porque os pubs estão fechados, os restaurantes só servem delivery e muitas atrações culturais e turísticas ainda não reabriram.

Mas como todos já estão cansados de saber, a capital irlandesa tem cantinhos que são ótimos para passar um tempão junto do seu amor, e o melhor, sem gastar quase nada.

Listamos 5 dicas preciosas para quem planeja o Dia dos Namorados no meio da pandemia em Dublin.

1 – Passeio no Botanic Gardens

intercâmbio em Dublin

Passeio pelo Botanic Gardens é opção barata e romântica. Foto: Aitor Muñoz Muñoz/Dreamstime

O maravilhoso National Botanic Gardens é uma das mais populares e românticas paisagens da flora irlandesa. Vale uma caminhada e muitas pausas para fotos com seu love.

Ele reabriu recentemente, das 10h às 17h, de segunda a sexta-feira, e nos fins de semana, das 10h às 18h. No entanto, o número de visitantes é restrito e é preciso seguir as restrições de distanciamento social e proteção individual.

Esta publicação é um oferecimento da IE Intercâmbio

Há mais de 20 anos, a IE Intercâmbio orienta estudantes e profissionais na realização de intercâmbios pelo mundo. Com diversas agências espalhadas pelo Brasil e no exterior, é uma das mais tradicionais e premiadas agências do segmento.

Solicite um orçamento exclusivo com a IE para obter mais informações!

2 – Piquenique em Malahide

Sofiaworld

Piquenique sempre funciona, mas nos jardins do castelo Malahide ele fica especial. Foto: Sofiaworld/Dreamstime

Uma passagem de Dart e uma comprinha no mercado são suficientes para ter um Dia dos Namorados maravilhoso no Malahide Castle. O gramado imenso nos arredores do castelo é perfeito para um piquenique.

Basta levar uma bela toalha xadrez e uma cesta com guloseimas e bebidinhas. Uma visitinha aos jardins do castelo pode dar um up no passeio — só fica um tiquinho mais caro.

O local também reabriu no dia 8 de junho para visitação, após a segunda fase de flexibilização do lockdown. 

Leia também: Cartões de Festas, uma tradição na Irlanda

3 – Passeio pelo jardim secreto de Dublin

Localizado perto do St. Stephen’s Green Park, em meio a prédios de escritórios e comércios em Dublin, o Iveagh Gardens foi inaugurado em 1865, mas sua história data de 300 anos antes.

Muito de seu aspecto original foi conservado, incluindo as fontes e o rosário. O Iveagh Gardens também é popularmente conhecido como o “jardim secreto de Dublin”.

Romantissíssimo, o jardim é um principais locais para se visitar durante a primavera na Irlanda, mesmo porque tem um rosário incrível. Durante a pandemia, o local reserva o horário das 10h às 13h para as pessoas idosos e grupos de risco.

4 – A rua do amor

Love Lane, a rua mais romântica de Dublin, no coração do Temple Bar. Foto: Rubinho Vitti

O roteiro romântico também passa por um dos locais mais charmosos de Dublin, o Temple Bar. É por lá que o casal vai encontrar a Love Lane, uma ruazinha perdida entre a principal rua de pubs do bairro e o Teatro Olympia.

A Love Lane faz parte do projeto Love the Lanes, que se concentra em transformar as ruas escuras de Dublin em áreas vibrantes e emocionantes. Com cores vivas, esta rua está cheia de arte e mensagens de amor que farão o casal ficar ainda mais inspirado. É um local de visita obrigatória entre dois corações apaixonados e ainda rende ótimas fotos!

5 – Ponte Ha’penny

Karelian13

Ponte Ha’penny também é símbolo do Dia dos Namorados. Foto: Karelian13/Dreamstime

Não tem tempo para um passeio longo? Não tem problema. Uma passadinha na ponte Ha’penny pode simbolizar o Dia dos Namorados.

Alguns gostam de dizer que sempre ao se passar na ponte, que é designada só para pedestres, há alguma coisa “happened” (que acontece). Andar de noite por lá pode ser mágico, com as luzes da cidade iluminando um belo beijo de boa noite.

Ela fica no rio Liffey, próximo ao Merchant’s Arch, no Temple Bar.

Rubinho Vitti
Rubinho Vitti, Jornalista de Piracicaba, SP, vive em Dublin desde outubro de 2017. Foi editor e repórter nas áreas de cultura e entretenimento. Também é músico, canceriano e apaixonado por arte e cultura pop.

Imagens via Dreamstime
Encontrou algum erro ou quer nos comunicar uma informação?
Envie uma mensagem para [email protected]

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar