Este site usa cookies para melhorar a experiência do usuário. Ao utilizar o nosso site você concorda com todos os cookies de acordo com nossa Política de cookies/privacidade. Concordo
Divã E-Dublin

Cinco dicas para criar coragem ao falar inglês

Colaborador E-Dublin postou em 11 mar 2018

Você quer ter sucesso na Irlanda ou em qualquer outro país estrangeiro falando a língua nativa do local? Você precisa começar a, literalmente, falar! Sim, estou exigindo isso de você da mesma maneira que um policial faria ao suspeito na sala de interrogatório. Comece a falar!!! Sua vida de expatriado depende disso.

Tá na hora de criar coragem e falar inglês! Crédito: Martinmark | Dreamstime.com

Tá na hora de criar coragem e falar inglês! Crédito: Martinmark | Dreamstime.com

Entenda o seguinte: você está de parabéns, juntou dinheiro, pagou um curso, conseguiu um financiamento do banco, dos pais, do governo, ou usou seus próprios recursos financeiros para estudar. Comprou o curso, passagem, pagou acomodação. Está em Dublim, está na Irlanda e investiu muito para vir para cá, não é mesmo? Quantos brasileiros gostariam de ter a chance que você está tendo? Lembre-se sempre que, mesmo tendo recursos, muitas pessoas às vezes não tem a oportunidade de ter uma experiência no exterior por causa de circunstâncias particulares, como, por exemplo, um familiar doente, ou outro impedimento. Bem, eu gosto de falar isso porque longe da família e do contexto cultural, às vezes a gente perde a perspectiva do que realmente importa e do quanto somos fortunados.

Então deixa eu te explicar o seguinte: Aprender inglês não é fácil e não acontecerá da noite para o dia. Este é um processo gradual, por vezes traumático e doloroso. O que realmente atrapalha não é a capacidade cognitiva de cada um, mas sim o diálogo interno que acontece em nossa cabeça antes de abrirmos a boca. Negative-self-talk (NST*) é uma coisa que você tem que substituir por padrões de pensamentos mais saudáveis e positivos para poder aprender inglês.

Se alguém tirar sarro com você ao falar inglês, releve. Crédito: Kiosea39 | Dreamstime.com

Eu gostaria de dividir com vocês conhecimentos que aprendi em oito anos trabalhando no mercado acadêmico e profissional da Irlanda. Como algumas dicas para falar inglês com mais coragem:

Fale. Mesmo que o seu Negative-self-talk te ataque e você se sinta ridículo. Fale, mesmo que riam de você, mesmo que você se sinta mal, fale! Seja humilde e peça ajuda aos nativos, se eles forem do bem. Agora, se eles forem do mal, leia o item abaixo.

Se alguém tirar sarro de você ou te desmerecer, respire fundo – porque cérebro oxigenado é mais sábio e inteligente. Então, olhe firme nos olhos dessa pessoa e diga algo como: “tenho certeza que você falaria isso melhor em português do que eu em inglês”, e ria gentilmente. Rir é o melhor remédio – seja da limitação de quem nunca parou para aprender outro idioma, ou da falta de experiência e humanidade que essa pessoa tem. Ria, então, de seus próprios erros, e sinta paz por sua coragem de arriscar tudo para aprender um novo idioma. Lembre-se! Essa experiência vai te ajudar a melhorar em sua profissão e, sobretudo, como ser humano.

Se você se deparar com alguém no trabalho que te destrata por causa do idioma, seja firme, direto, e encare o problema. Se você ainda não consegue fazer isso, volte para o passo anterior. Se tudo falhar e você engolir um sapo, tudo bem. O maior aprendizado, quem esta tendo é você – e isso faz parte do intercâmbio. Essa sensação de awkwardness, de not belonging, vai sempre estar ali enquanto você tentar falar uma língua que não é a sua. Mas, sabe de uma coisa? Com o tempo, a importância que isso tem será menor e menor. Afinal, a magnitude do que se está alcançando no long term é muito maior, não é mesmo?

Substitua seu NST por pensamentos construtivos com relação ao seu desenvolvimento de falar inglês. Pensamentos que enalteçam seu esforço. Trate-se com amor, respeito e, principalmente, sempre persevere.

Diga a si mesmo, todos os dias, religiosamente, que você pode fazer isso! Você pode fazer qualquer coisa!

A coragem de falar outra língua, mesmo com medo de errar, fica evidente para aqueles que cruzam nosso caminho. Sem você saber, muitas pessoas te admiram. Na maior parte das vezes, somos nós mesmos que colocamos empecilhos ao nosso progresso. E a superação disso é o crescimento que você veio buscar no exterior. A coragem contagia a nossa vida: ela se multiplica em mais coragem. Mesmo que falhe, mesmo que alguém tire sarro de você, persista. Um dia você vai responder em alto e bom tom – em inglês – a resposta que tanto sonhou em dar. Sempre podemos nos deparar com o medo de falar e com críticas alheias – ou com o negative-self-talk. Mas a beleza da experiência de intercâmbio é que, com o tempo, medo e críticas passam a te atingir com menos intensidade, e este será seu maior aprendizado. Além de um perfect English, of course!

*A psicologia é uma profissão dedicada a mudar esses padrões de pensamento negativos. Existem muitos psicólogos dedicados a atender brasileiros em Dublin e que podem ajudar você a superar esses padrões negativos.

Boa sorte, e persevere!

Sobre a autora:
RetratoAna45
Ana C. M de Almeida é paulistana e ama o interior de São Paulo. É cientista expatriada em Dublin desde 2008, quando veio fazer doutorado em Microbiology pela Dublin City University (DCU). Trabalha há dez anos com tratamento de água, treinamento e educação de cientistas no exterior. Atua no mercado de trabalho irlandês na parte de pesquisa e desenvolvimento, já foi Head of Microbiology da start-up irlandesa RainSafe Water, e agora é senior microbiologist da empresa cosmética Oriflame. Mudou para a Irlanda seguindo seu sonho de ter impacto como cientista e educadora e escreve o blog Sucesso no Exterior para dividir suas aventuras no mercado acadêmico e profissional irlandês, e incentivar mais brasileiros a também buscarem seus sonhos profissionais.

Sobre o Autor


Este conteúdo - assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios - é de responsabilidade do colaborador do E-Dublin e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Quer ver sua matéria no E-Dublin ou ficou interessado em colaborar? Envie sua matéria por aqui!

Veja todos meus outros Posts

Orçamento Fácil

Preencha um formulário e receba orçamento de escolas e agências

Comece agora

E-Dublin: Tudo sobre Intercâmbio


Recentes e populares

Cultura

5 mercados de Natal imperdíveis na Irlanda

2 semanas atrás, por Elizabeth Gonçalves
Ensino Superior

Como se candidatar a uma universidade em Portugal

1 mês atrás, por Elizabeth Gonçalves
Destaques

Quais são os tipos de Vistos na Irlanda?

1 mês atrás, por Colaborador E-Dublin
Clima

Prós e contras de se chegar na Irlanda no inverno

2 meses atrás, por Carol Braziel
Destaques

Como planejar o seu intercâmbio na Irlanda: Preparação

2 meses atrás, por Elizabeth Gonçalves
Meu Intercâmbio

Como um um mês na Irlanda mudou minha vida

2 meses atrás, por Colaborador E-Dublin