Cinco motivos para estudar na Nova Zelândia

Cinco motivos para estudar na Nova Zelândia

Elizabeth Gonçalves

3 anos atrás

Quanto custa um intercâmbio?

Não vendemos pacotes e nem somos agência,
mas podemos te colocar em contato com elas.

Reprodução: Blog Visa First

Reprodução: Blog Visa First

Situada no Oceano Pacífico, a Nova Zelândia pode parecer um destino bem remoto para se fazer intercâmbio. Com uma economia estável, baixo custo de vida, paisagens deslumbrantes e ensino de qualidade, o país recebe anualmente cerca de 100 mil estudantes internacionais.

Se você quer se aventurar para mais longe e busca um país quente como destino, confira agora alguns motivos pelos quais você deveria considerar a Nova Zelândia como destino para o seu intercâmbio:

O clima

Pode até parecer besteira, mas o clima pode sim interferir, e muito, na adaptação de um intercambista. Na Irlanda, por exemplo, os estudantes que não estiverem preparados podem acabar decidindo voltar pra casa antes do planejado devido à dificuldade em lidar com o longo e gelado inverno. Assim, se você busca um destino de estudos com temperaturas não muito extremas, a Nova Zelândia pode ser uma ótima escolha. Por lá o inverno dura em média dois meses (de junho a agosto), úmido e com temperaturas em torno dos 10 graus celsius, podendo nevar nas áreas mais altas e montanhosas. Já nos meses de verão, dezembro a fevereiro, as temperaturas alcançam a média de 25 graus.

Reprodução: Wikipedia

Reprodução: Wikipedia

As pessoas

Os neozelandeses, conhecidos como kiwis, são reconhecidos por ser um povo extremamente carismático. Além disso, eles possuem um estilo de vida mais tranquilo, portanto, não espere encontrar por lá a loucura e estresse característicos de grandes cidades, como São Paulo, Londres etc. Isso sem falar na segurança.

Visto e possibilidade de trabalhar

O processo para retirada do visto neozelandês é bem amigável e brasileiros dificilmente enfrentam problemas. Também é possível combinar a temporada de estudos com trabalho, já que estudantes matriculados em cursos com a partir de 14 semanas de duração têm permissão para trabalhar até 20 horas semanais durante as aulas e até 40 horas nas férias.

No caso de estudantes que optarem por um programa de graduação ou pós, é permitido permanecer no país pelo período de 12 meses sob um visto de trabalho especial, sendo que quem conseguir um emprego fixo relacionado à área de estudos pode aplicar para o visto de residência, que geralmente é liberado até seis meses após a data de aplicação.

Aventuras

A Nova Zelândia é um verdadeiro paraíso para quem curte esportes radicais. Portanto, pode ter certeza que durante seu intercâmbio no país você nunca vai se entediar, já que não faltam atividades para se fazer. E as opções vão para todos os gostos, desde escaladas, caminhadas por montanhas, surfe, paraquedismo, entre outros. Para quem não quer se arriscar, o país conta com inúmeras praias lindas, onde dá para curtir a natureza e ainda por cima se bronzear.

Reprodução: Media New Zealand

Reprodução: Media New Zealand

O sistema educacional

As instituições de ensino neozelandesas são reconhecidas pelo elevado nível de qualidade. Tanto os cursos de idiomas, quanto universitários, são aprovados por uma entidade governamental, garantindo, acima de tudo, qualidade de ensino. Outro ponto positivo é que as anuidades escolares são mais baratas do que em muitos países europeus. Entre os cursos mais procurados por lá estão administração, biologia, engenharia e medicina.

A Nova Zelândia é o seu destino? Solicite um orçamento de intercâmbio para os nossos parceiros aqui!

Revisado por Tarcísio Junior
Encontrou algum erro ou quer nos comunicar uma informação?
Envie uma mensagem para [email protected]

Elizabeth Gonçalves
Elizabeth Gonçalves, Jornalista viciada em cinema, música e literatura. Paulistana, se apaixonou por Dublin, onde mora há cinco anos e sonha em fazer uma viagem de volta ao mundo.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

  • Intercâmbio para pessoas com deficiência

    Destinos de Intercâmbio

    Intercâmbio para pessoas com deficiência

    Sair do país, jogar-se num mundo novo e desconhecido para aprender uma nova...

    Larissa Fontes

    3 horas atrás

    Intercâmbio para pessoas com deficiência
  • Pesquisa elege os 6 melhores países para morar

    Destinos de Intercâmbio

    Pesquisa elege os 6 melhores países para morar

    Qualidade de vida, segurança e melhores oportunidades costumam fazer parte da...

    Deby Pimentel

    1 dia atrás

    Pesquisa elege os 6 melhores países para morar

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar