Coletivo brasileiro de arte lança exposição em Dublin

Coletivo brasileiro de arte lança exposição em Dublin

Rubinho Vitti

4 dias atrás

Na semana em que museus, galerias, cafés e outros locais estão reabrindo na Irlanda após a terceira fase de flexibilização do lockdown, um coletivo formado essencialmente por artistas brasileiros abre uma exposição de fotografias justamente com o tema “quarentena”.

A mostra “Red – photography of feelings during and after lockdown”, organizada pelo ArtMulti Brazil, é composta por fotografias de Renato Mors com curadoria de Chiara Rucks e está exposta no restaurante Fabi’s Grill, na área central da capital irlandesa.

De acordo com Chiara, a exposição busca dar forma às sensações e sentimentos experimentados durante o período do lockdown, assim como procura levar ao público a reflexão sobre o que isso significou na vida de cada um.

Exposição fotográfica tem a cor vermelha como protagonista das fotografias. Foto: Renato Mors

“Quero que as pessoas vejam e sintam-se acolhidas porque as angústias que vivemos foram fortes, reais e comum a todos”, explicou. Ela ainda diz que a mostra deve servir como “elemento que nos leve à reflexão, ao renascer e ao viver daqui para frente, de forma diferente, valorizando pequenas coisas que pareciam tão óbvias”.

Leia também: Artistas brasileiros abrem exposição conjunta em Dublin

Chiara, que é museóloga e fez a curadoria da exposição, disse que o processo de escolha das obras tem uma ligação com seus próprios sentimentos e experiências, que se refletem no público. “Nessa troca, a arte cura e fortalece a todos que são tocados por ela. E é isso que eu desejo que as minhas exposições façam pelas pessoas.”

Coletivo reúne mais de 50 artistas brasileiros em Dublin

Chiara Rucks é museóloga e teve a iniciativa de criar o Coletivo ArtMulti Brazil quando chegou em Dublin, há dois anos. Foto: acervo pessoal

O coletivo ArtMulti Brazil foi criado há dois anos por Chiara. O grupo tem começado a desenvolver projetos no cenário cultural da Irlanda, realizando exposições de arte. O primeiro projeto ocorreu em janeiro e levou mais 100 pessoas em um evento de duas horas em um restaurante brasileiro da cidade.

“Quando cheguei aqui há dois, esperava encontrar um grupo bem estruturado já de artistas brasileiros como a gente já tem em outros segmentos. E o que encontrei foram pessoas independentes que, assim como eu, queriam fazer as coisas acontecerem, mas sem grande força”, explica a museóloga.

Leia também: Artista de Recife abre exposição em Dublin

Foi assim que surgiu a ideia de montar um grupo de arte para artistas brasileiros se ajudarem. “O grupo tem crescido e agora temos em torno de 50 artistas e profissionais de cultura contando com fotógrafos, designers, videomakers, produtores culturais, atores, diretores, gente de marketing, publicitários e dançarinos”, afirma, ressaltando que as portas estão sendo abertas também para artistas não brasileiros.

Para participar do grupo é só entrar em contato por meio do Instagram do Coletivo e preencher um formulário.

Serviço
Exposição: Red – photography of feelings during and after lockdown, do fotógrafo pernambucano Renato Mors
Organização: ArtMulti Brazil
Curadoria: Chiara Rucks
Local: Fabi’s Grill (The Parnell Centre, Parnell St, Rotunda, Dublin 1)
Entrada gratuita
Informações: https://artmultibrazil.wordpress.com

Rubinho Vitti
Rubinho Vitti, Jornalista de Piracicaba, SP, vive em Dublin desde outubro de 2017. Foi editor e repórter nas áreas de cultura e entretenimento. Também é músico, canceriano e apaixonado por arte e cultura pop.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar