Este site usa cookies para melhorar a experiência do usuário. Ao utilizar o nosso site você concorda com todos os cookies de acordo com nossa Política de cookies/privacidade. Concordo
Meu Intercâmbio

Como administrar seu dinheiro no Intercâmbio

Rubinho Vitti postou em 20 fev 2018

Chegar em Dublin com seus 3 mil euros obrigatórios na conta não é um mar de flores como aparenta ser. Conforme os dias vão passando, é perceptível que comprar muita coisa na capital irlandesa pode sair caro e cair no impulso de gastar mais que o necessário com preços atrativos e tantas novidades é bem comum.

Então, a palavra de ordem é: PRIORIDADES!!! No topo desta lista, está o aluguel, passando pelo transporte público, pela diversão e entretenimento, além das belezas infinitas e caríssimas desta ilha das perdições consumistas. Mas é possível sobreviver e com um emprego tudo fica mais fácil. Mas até lá, é preciso ter cautela para não ver seu dinheiro indo embora rapidinho.

Sem prudência, o valioso euro pode sumir de suas mãos de uma hora para outra. Foto: Tomnex/Dreamstime

Sem prudência, o valioso euro pode sumir de suas mãos de uma hora para outra. Foto: Tomnex/Dreamstime

Primeiro mês = mais gastos

Preciso confessar! A gente faz conta, mas no fundo é bem difícil se controlar. Eu, claro, como simples intercambista, gastei muito mais no meu primeiro mês em Dublin do que gasto hoje. Sem ainda saber alguns macetes, fui sendo levado pelo jeito mais fácil. Além do mais, existem vários gastos nas primeiras semanas: acomodação, compra de produtos para aguentar o frio, a chuva, além do deslumbre de encontrar em lojas tudo o que sempre sonhei em ter com um preço bem melhor que no Brasil. Aí fica difícil ser prudente com o orçamento. A dica é começar desde cedo a desapegar, afinal o tempo aqui é mais para ser, sentir e viver do que ter.

Prepare-se! 40% do orçamento vai para Moradia

Gastos com moradia não devem ultrapassar 40% do orçamento mensal no intercâmbio. Foto: Elena Lupanova

Gastos com moradia não devem ultrapassar 40% do orçamento mensal no intercâmbio. Foto: Elena Lupanova/Dreamstime

Já dissemos aqui que encontrar um lar em Dublin não anda fácil, mas, encontrando-o, é preciso contar com o gasto com aluguel e as contas mensais. A média é de 300 euros (em uma casa com 4 a 8 pessoas) mais contas que, dependendo do lugar, chegam a 30 ou 40 euros por mês (energia, gás e internet). Mesmo assim, sai bem mais barato que viver em casas de família ou moradias estudantis, que chegam a 200 euros semanais. A dica é saber o quanto você tem e encontrar um lugar ideal em que os gastos não superem 40% do seu orçamento mensal.

Transporte só se necessário

Em Dublin, “andar” é um verbo para ser usado diariamente. Quase tudo dá para se fazer a pé. No entanto, alguns bairros ficam bem distantes, mas o uso de ônibus ou trens deve ser feito só quando extremamente necessário, pois o preço das passagens avulsas é relativamente caro para o bolso do estudante.

Com o Student Leap Card, é possível pagar passagens mais baratas. A dica de ouro é esperar encontrar uma acomodação fixa e estudar os principais trajetos do dia a dia para comprar um pacote mensal de bilhetes, o que também garante um bom desconto. Outra solução econômica é utilizar o serviço Dublinbikes. O valor anual para utilizar o sistema é de apenas 25 euros, mas para quem estiver só de passagem rápida pela ilha, também existe a opção de pagar o valor de 5 euros para três dias de uso.

Cesta básica em conta

Com 15 euros é possível fazer a compra da semana .Foto: Cherriesjd/Dreamstime

Com 15 euros, é possível fazer a compra da semana. Foto: Cherriesjd/Dreamstime

Preparar a própria comida é o primeiro passo para uma economia maior nas contas do mês. Restaurantes costumam ser mais caros em Dublin, mas com um pouco de conhecimento no fogão é possível economizar dinheiro sem necessariamente passar o intercâmbio à base de macarrão instantâneo ou junk food.

Uma compra básica de produtos como pão, verduras, legumes, macarrão, frutas, ovos, carne, suco, leite, café, arroz, feijão, embutidos, queijo, entre outros, suficiente para uma semana de café da manhã, almoço e jantar, custa uma média de 20 euros. As bebidas alcoólicas também são bem mais baratas nos supermercados. Uma pint de Heineken custa, em média, 6 euros nos pubs. Já um latão de 500 ml no mercado sai por cerca de 2 euros. A dica é trocar uma noite de pub na semana para uma reuniãozinha básica com os flatmates ou amigos, com algumas geladas para acompanhar o papo.

Gasto com roupas é inevitável

As lojas de departamento na Irlanda oferecem bons preços para roupas básicas que a gente sempre precisa, principalmente para o frio. A famosa Penneys é prova disso. Lá você encontra desde camisetas lisas por 2,50 euros até calças jeans ou jumpers de 13 euros. Você provavelmente vai precisar de luvas, segunda pele, meias grossas, gorro, tudo que o clima típico irlandês pede, pois as roupas de frio que trazemos do Brasil nunca são suficientes.

Um casaco bem reforçado para usar no dia a dia também é necessário – e lá se vão uns 50/80 euros, dependendo do gosto e do modelo. Coloque na lista, ainda, um sapato impermeável (40 a 80 euros), crucial para os dias de chuva. A dica é sempre reservar uma graninha para se gastar com roupas e acessórios.

Economia sem chatice

Dublin é uma capital turística e viver nela é sinônimo de tentação. Com vários pubs espalhados pelas ruas, restaurantes com a culinária de todo o mundo, lojas com as principais marcas de roupas, sapatos, eletrônicos e afins, você pode querer gastar mais do que pode. Mas sendo restrito e seguindo a linha, é possível economizar e se divertir ao mesmo tempo, sem frustrações. Muito mais que justo para um intercambista.

Imagens via Dreamstime
Encontrou algum erro ou quer nos comunicar uma informação?
Envie uma mensagem para [email protected]

Sobre o Autor


Rubinho Vitti é jornalista de Piracicaba, SP. Vive em Dublin desde outubro de 2017. Foi editor e repórter nas áreas de cultura e entretenimento. Também é músico, canceriano e apaixonado por arte e cultura pop.

Veja todos meus outros Posts

Orçamento Fácil

Preencha um formulário e receba orçamento de escolas e agências

Comece agora

E-Dublin: Tudo sobre Intercâmbio


Recentes e populares

Destinos de Intercâmbio

Quanto custa viver em Malta?

2 semanas atrás, por Elizabeth Gonçalves
Pré-intercâmbio

Quanto custa viver na Irlanda?

1 mês atrás, por Júlia Paniz
Pré-intercâmbio

Dicas práticas na chegada à Irlanda

3 meses atrás, por Carol Braziel
Pré-intercâmbio

O custo de vida na Irlanda

3 meses atrás, por Carol Braziel
Economia

Dublin está mais cara que Londres, aponta ranking

3 meses atrás, por Elizabeth Gonçalves
Destinos de Intercâmbio

Quanto custa viver em Cork?

4 meses atrás, por Deby Pimentel
Economia

Ofertas da Black Friday 2017 na Irlanda

7 meses atrás, por Tarcisio Junior
Economia

Governo anuncia aumento do salário mínimo na Irlanda

11 meses atrás, por Elizabeth Gonçalves
Quanto custa

Quanto custa um preservativo na Irlanda?

1 ano atrás, por Elizabeth Gonçalves
Dicas de Viagem

Quanto custa uma noite de balada em Dublin?

1 ano atrás, por Elizabeth Gonçalves