Como artistas correram atrás do inglês pela carreira internacional?

Como artistas correram atrás do inglês pela carreira internacional?

Rubinho Vitti

5 meses atrás

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?

Aprender inglês é uma tarefa que muitas pessoas deixam para depois, mas uma hora a necessidade bate à porta e é inevitável procurar aprender o mais rápido possível a falar, ler e ouvir o idioma. E se você é um artista de sucesso que está começando a ser reconhecido internacionalmente, a pressa pode ser ainda maior. Esse é o novo dilema da cantora Ludmilla, que está cada vez mais tendo sucesso fora das terras brasileiras e precisa aprender inglês. Mas outros também tiveram que lidar com o sucesso instantâneo e rapidamente aprenderam a língua.

Se aprender inglês é também a sua pressa, um intercâmbio pode ser a solução. Na próxima edição do E-Dublin XP, o maior evento sobre a Irlanda realizado no Brasil, haverá palestras exclusivas sobre como aprender inglês na Irlanda. O evento acontece no dia 14 de março, das 9h às 18h, no Centro de Convenções do Senac Santo Amaro, próximo à estação Jurubatuba da Linha 9 da CPTM, na zona sul de São Paulo. As inscrições para participar estão no último lote.

A cantora Ludmilla usou o Instagram para falar que está precisando urgente aprender inglês. Ela disse que as pessoas estavam “zoando” ela pelo fato de não falar o idioma e estar fazendo sucesso no exterior. “Cara, ter carreira internacional não estava nos meus planos, mas foi acontecendo.

Eu não tive tempo de me preparar, não tive uma infância tão favorecida, que eu estudasse inglês”, diz a cantora, que teve uma infância humilde em Duque de Caxias, no Rio de Janeiro. Agora, com uma carreira disparada e sucessos nas pistas de dança gringas, Ludmilla, que foi considerada a cantora favorita da rapper americana Cardie B, disse que é o momento. “Vou estudar inglês. Estou estudando e aprendendo. Eu quero e vou me dedicar”.

Leia também: Quarta edição do E-Dublin XP acontece em março

Outra cantora que “se jogou” no inglês para ter acesso ao show business internacional foi Anitta. Em 2016, a cantora fez seu intercâmbio nos Estados Unidos para aprender o idioma. Ou seja, além das aulas ela quis estar “in loco” para entender melhor o que as pessoas diziam, além dos diferentes sotaques e a convivência. Para a revista Women’s Health, Anitta disse que procura ir além dos estudos. “Todos os filmes que assisto vejo na língua original com a legenda em inglês, por exemplo. Espanhol com legenda em espanhol. Porque isso acaba te acostumando a lidar com o idioma e depois, com o tempo, ele se cria natural, fica na tua cabeça.”

Outro destaque internacional, Pabllo Vittar foi outro que precisou ralar para conseguir ter um bom inglês e poder falar tranquilamente com o público e a imprensa estrangeira. Com a agenda apertada, ele disse estudar de madrugada para poder chegar ao nível de fluência que deseja. Em entrevista ao jornal O Povo, disse: “Há alguns meses tenho estudado inglês e espanhol, praticamente todos os dias, para me lançar no mercado internacional”. Ele também aprendeu vivendo nos Estados Unidos, onde já produziu músicas e clipes ao lado de renomados DJs.

Viu só! Mesmo sem espaço na agenda e com tempo curto eles conseguiram se virar de alguma forma. Quer mais dicas de como aprender inglês no exterior? Não esqueça do E-Dublin XP. Acesse ao site oficial do evento e saiba como participar.

Rubinho Vitti
Rubinho Vitti, Jornalista de Piracicaba, SP, vive em Dublin desde outubro de 2017. Foi editor e repórter nas áreas de cultura e entretenimento. Também é músico, canceriano e apaixonado por arte e cultura pop.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar