Este site usa cookies para melhorar a experiência do usuário. Ao utilizar o nosso site você concorda com todos os cookies de acordo com nossa Política de cookies/privacidade. Concordo
Saúde

Como funciona um seguro de viagem?

Colaborador E-Dublin postou em 02 set 2016

Quando estamos viajando, a última coisa que passa pela nossa cabeça é passar por problemas. Porém, algumas coisas, por menores que sejam, como gripes ou um dente quebrado, até um problema familiar no Brasil e uma mala perdida, sempre podem acontecer. Nessas horas é muito importante estar prevenido.

É aí que entra o famoso seguro de viagem, item indispensável e que muita gente esquecendo na hora de se preparar para uma experiência no exterior.

Obrigatório ou não?

Foto: Freepik

Foto: Freepik

O Ministério das Relações Exteriores recomenda que o viajante consulte a embaixada ou consulado do país de destino, para verificar se há obrigatoriedade ou não da contratação do serviço para poder receber um visto.

Na maioria dos países europeus, incluindo a Irlanda, o seguro viagem é obrigatório, de acordo com as leis regulamentadas para estrangeiros – recomenda-se a cobertura mínima de 30 mil euros. Em muitos casos, é até mesmo necessário apresentar um comprovante na imigração do aeroporto, ao desembarcar. Portanto, tome muito cuidado se viajar sem um!

E o que um seguro garante?

Foto: Health Bridge

Foto: Health Bridge

Obrigatoriamente, um seguro saúde deve oferecer proteção para riscos de morte acidental ou invalidez permanente (total ou parcial). Porém, atualmente existem diversos tipos de coberturas oferecidas pelas operadoras de seguros, que podem incluir outras vantagens para quem viaja sozinho, em grupo, com a família ou para trabalhar.

É possível que o seguro cubra diversos tipos de problemas que o viajante possa ter – despesas com saúde, despesas com o extravio de bagagens, assistência emergencial, orientação no caso de perda de documentos e até mesmo cobrir uma passagem de ida e volta para o destino, se for necessária a presença de algum familiar em casos de urgência, por exemplo.

A quantidade de dias da sua viagem e o tipo de cobertura escolhida fazem os preços dos seguros variarem bastante. Ao escolher a seguradora, recomenda-se é analisar se o que é oferecido atende suas necessidades.

Quanto custa um seguro?

Foto: TravelF

Foto: TravelF

Apesar de ser um custo relativamente alto, é crucial não esquecer que esse serviço te ajudará em qualquer problema inesperado que possa surgir durante o período no exterior. Para reduzir seus gastos, é interessante que você pesquise entre as diversas opções e empresas disponíveis no mercado. É possível encontrar várias opções de seguros de viagem na internet. Faça uma comparação e opte por aquele que te ofereça mais benefícios a um custo dentro do seu orçamento.

Essa, aliás, é sempre a palavra chave ao planejar uma viagem: pesquisar! É isso que irá garantir uma boa viagem e um bom seguro, por um preço justo.

Encontrou algum erro ou quer nos comunicar uma informação?
Envie uma mensagem para [email protected]

Sobre o Autor


Este conteúdo - assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios - é de responsabilidade do colaborador do E-Dublin e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Quer ver sua matéria no E-Dublin ou ficou interessado em colaborar? Envie sua matéria por aqui!

Veja todos meus outros Posts

Orçamento Fácil

Preencha um formulário e receba orçamento de escolas e agências

Comece agora

E-Dublin: Tudo sobre Intercâmbio

Recentes e populares

Trabalho

É possível trabalhar com enfermagem na Irlanda?

13 horas atrás, por Elizabeth Gonçalves
Clima

5 dicas para encarar o inverno irlandês

1 semana atrás, por Deby Pimentel
Saúde

E se você engravidar durante o intercâmbio na Irlanda?

2 semanas atrás, por Colaborador E-Dublin
Saúde

Conheça o Seguro Governamental da Irlanda

2 meses atrás, por Colaborador E-Dublin
Trabalho

5 sites para procurar emprego na área de saúde

2 meses atrás, por Elizabeth Gonçalves