Este site usa cookies para melhorar a experiência do usuário. Ao utilizar o nosso site você concorda com todos os cookies de acordo com nossa Política de cookies/privacidade. Concordo
Cultura

Como manter um pet na Irlanda

Elizabeth Gonçalves postou em 08 set 2014

Que os animais são incríveis e fazem um bem danado quase ninguém duvida. Se você é um pet lover e morre de vontade de ter um bichinho de estimação aqui na Irlanda, mas não tem a menor ideia de por onde começar e, principalmente, quais são os gastos envolvidos em ter um companheiro de quatro patas, hoje o E-Dublin vai esclarecer as suas dúvidas.

Adotar é tudo de bom!

Em vez de gastar os seus preciosos euros comprando um gato ou cão de raça por aqui, que tal fazer uma boa ação e adotar um animalzinho?

simmy

Foto: Simmy

Em Dublin é possível encontrar diversas ONGs que abrigam desde cães e gatos até coelhos, porquinhos da índia e, pasmem, cavalos! Uma delas é a Dublin Society for Prevention of Cruelty to Animals (DSPCA).

Para adotar um cachorrinho na DSPSA, por exemplo, você precisa, em primeiro lugar, visitar a ONG e preencher um formulário, só depois poderá escolher o cãozinho. Se você já tem outro animal de estimação, será promovido um encontro entre os dois para ver como eles se adaptam um ao outro. O próximo passo é uma visita de um dos funcionários da instituição em sua casa para checar se o ambiente tem condições de abrigar o animal. Se estiver tudo certo, basta pagar uma taxa de 135 euros e buscar o seu novo amigo.

O procedimento para a adoção de gatos é bem semelhante. Há uma diferença no valor da taxa aplicada que, neste caso, corresponde a 80 euros. Você pode encontrar mais detalhes sobre como funciona a adoção no site oficial da DSPCA.

Gastos

De acordo com a ONG Dogs Trust, manter um canino na Irlanda pode ser bem pesado para o bolso, com custos em torno de 1500 euros por ano. Além das despesas com comida, essa estimativa inclui gastos com veterinário, já que cada consulta custa, em média, 40 euros, além de vacinação que, no caso de filhotes, custa em torno de 40 euros por dose. Já cães na fase adulta, recebem apenas uma vacina por ano, cujo preço pode variar entre 45 e 75 euros.

Fonte: linwoodanimalclinic.com

Fonte: linwoodanimalclinic.com

O que nem todo mundo sabe é que para ter um cachorro na Irlanda é necessário solicitar uma licença. Ela é obrigatória e quem for flagrado sem o documento pode ser multado. O pedido pode ser feito em uma das agências dos correios e o valor da licença com validade de 1 ano é de 20 euros,  devendo ser renovada a cada 12 meses. Há também uma opção válida para toda a vida do seu animalzinho. No caso, o preço sobe para 140 euros.

Para se ter um gato em casa não há necessidade de uma licença especial. Entratanto, os gastos anuais giram em torno do mesmo valor. O preço para consultas no veterinário também são os mesmos. Já as vacinas têm valores um pouco mais baixos, em torno de 40 a 50 euros cada dose.

Levar para o Brasil

Como na hora de voltar para o Brasil não vale deixar seu bichinho para trás, vale ficar atento aos procedimentos para levá-lo com você e, sobretudo, vale fazer um planejamento com considerável antecedência, já que levá-lo para outro país pode ser bem burocrático.

Para a entrada de cães e gatos no Brasil é exigido um Certificado Zoossanitário Internacional, que deve ser preenchido e assinado por um veterinário oficial. Esse documento também deve ser expedido no máximo 10 dias antes da entrada do animal no nosso país. Confira aqui mais informações sobre o transporte de animais da Irlanda para o Brasil.

Transporte internacional de animais exige documentação específica Reprodução: Cia dos Animais

Transporte internacional de animais exige documentação específica. Reprodução: Cia dos Animais

Responsabilidade

Cachorros abandonados pelas ruas da Irlanda?

Levante a mão quem já viu isso por aqui!

Foto: Ávany França

Foto: Ávany França

É claro que, assim como qualquer outro lugar do mundo, o abandono de animais acontece. Mas em vez de serem deixados nas ruas, eles são levados para abrigos.

Inclusive, dados da Secretaria do Meio Ambiente no país mostram que em 2013 cerca de 15.480 cães foram levados para abrigos canis, muitas vezes pelos seus próprios donos. Horrível, não? Mas nem pense que eles estão salvos nesses abrigos, já que a maioria é abatida no próprio dia ou poucos dias após a chegada ao canil.

Segundo a lei irlandesa, quando um cão entra nas instalações como perdido, o canil tem obrigatoriamente que mantê-lo durante cinco dias. Mas quando o cão é entregue pelos donos, não há qualquer impedimento para que a eutanásia seja praticada no momento.

Portanto, ao adquirir um animal, lembre-se de que esse é um compromisso que dura boa parte da vida e não algo passageiro, como um intercâmbio, por exemplo. Só para lembrar, cães e gatos vivem em média 15 anos, às vezes até mais. Portanto, nada de abandonar o seu amiguinho por aí!

E se você tem duvidas sobre como trazer seu pet do Brasil para a Irlanda, se liga no video abaixo!!!

Este texto foi revisado por Camilla Gómez em Maio/2014.

Sobre o Autor


Elizabeth Gonçalves é jornalista viciada em cinema, música e literatura. Paulistana, se apaixonou por Dublin, onde mora há mais de um ano e sonha em fazer uma viagem de volta ao mundo.

Veja todos meus outros Posts

Orçamento Fácil

Preencha um formulário e receba orçamento de escolas e agências

Comece agora

E-Dublin: Tudo sobre Intercâmbio


Recentes e populares

Curiosidades

6 raças de cães originárias da Irlanda

2 meses atrás, por Tarcisio Junior

Posts recentes

Baladas e Pubs

Os melhores pubs para visitar na cidade de Belfast

3 horas atrás, por Colaborador E-Dublin
Trabalho

Taxa de desemprego na zona do Euro é a menor desde 2009

16 horas atrás, por Elizabeth Gonçalves
Galway

5 lugares para visitar em Galway

2 dias atrás, por Alessandra Karla Leite
Publicidade

Mude sua Vida em 2018

4 dias atrás, por Publicidade E-Dublin
Serviços

Air France começará a voar para Cork

5 dias atrás, por Tarcisio Junior
E-Dublin TV

Trabalho de arquitetura na Irlanda

6 dias atrás, por Edu Giansante