Como aproveitar seu tempo durante o lockdown na Irlanda

Como aproveitar seu tempo durante o lockdown na Irlanda

Colaborador E-Dublin

2 meses atrás

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?

À medida que vamos nos adaptando a esse momento de quarentena e isolamento durante o novo lockdown na Irlanda, somos constantemente apresentados a diversas possibilidades de engajamento — formas de usar esse tempo supostamente ocioso de maneira efetiva a fim de trazer resultados, desenvolver nossas habilidades ou, pelo menos, manter-nos entretidos.

Mas com esse leque enorme de ofertas e sugestões, podemos ficar ainda mais à mercê da temida ansiedade. Será que essa não seria a oportunidade perfeita para dar um tempo, repensar nossas escolhas ou simplesmente colocar nossas inquietações de lado, nem que seja um dia após o outro, sem precisarmos investir cada minuto a uma nova empreitada?

Separamos quatro simples ações que podem trazer um pouco de tranquilidade para o seu dia a dia e que, além de promover conforto e satisfação, também têm o potencial de retribuição.

Ouça: Lockdown na Irlanda – E-Dublincast (Ep. 92)

1. Lockdown na Irlanda: hora de cuidar da mente

Aproveite o tempo isolado durante o lockdown na Irlanda para cuidar do seu emocional. Foto: Megaflopp | Dreamstime.com

Viver em um país diferente do nosso já pode trazer diversos desafios no melhor dos dias. Mas, convenhamos, estar isolado durante o lockdown na Irlanda, a milhares de quilômetros de distância de casa, muito provavelmente intensifica inúmeras das angústias ligadas à experiência de morar no exterior.

Por isso, é tão importante o acesso a um acompanhamento psicológico gratuito que possa dar suporte à nossa saúde mental em meio a essa situação tão cheia de demanda emocional na qual nos encontramos.

O site A Chave da Questão reuniu diversos psicólogos voluntários para oferecer conteúdo confiável e de qualidade, atendendo a uma demanda enorme por meio de videoaulas e interações ao vivo em suas redes sociais.

A ABPI (Associação dos Psicólogos Brasileiros na Irlanda) promove campanha para auxiliar os brasileiros que estão passando pelo lockdown no país.

Leia também: 10 dias depois do lockdown, cai para metade número de novos casos na Irlanda

2. Colabore com os empreendedores brasileiros na Irlanda

Lockdown na Irlanda: como consumir produtos e serviços brasileiros no país. © Paulo Vilela | Dreamstime.com

Nessas horas carregadas de incertezas e inquietações, nada melhor do que um lanchinho que traga de volta àqueles dias familiares e cheios de aconchego antes do mundo ter virado de cabeça para baixo. E em Dublin, restaurantes e lanchonetes cheios de quitutes brasileiros é o que não falta!

O melhor de tudo é que, além de satisfazer seus desejos gastronômicos afetivos, você vai apoiar pequenos empreendedores que, mais do que nunca, precisam da nossa contribuição para manterem portas abertas depois dessa crise passar.

Aqui vai uma lista repleta de lugares maravilhosos que entregam aquela coxinha, pão de queijo, esfirra ou pizza com que você tanto sonhava, direto na porta da sua casa (verifique atualizações dos serviços em cada página):

  • Padoca Dublin
    Deu saudades daquele pão na chapa tostadinho ou ficou a fim de experimentar a melhor tapioca recheada de Dublin? A Padoca está oferecendo serviço de entrega acima de €7 e aceita apenas pagamento em dinheiro. Confira o perfil no Instagram para acessar o menu completo e faça seu pedido pelo WhatsApp.
  • Sampa Food
    Vai um combo de esfirras de todos os sabores imagináveis com direito a sobremesa e guaraná? Pedidos pelo aplicativo ou pelo site.
  • Paulista Pizzaria
    Chega de passar vontade! Paulista Pizzaria serve pizzas tradicionais como Baiana, Portuguesa e Palmito, além de hambúrgueres e esfirras. Peça por WhatsApp (+353 83 391 0846) ou pelo aplicativo de entrega.
  • Mineiro Cheese Bread
    Não existe salgado mais amado do que o famoso pão de queijo, ainda mais o original de Minas Gerais! O Mineiro oferece uma variedade de recheios, de calabresa a doce de leite, além de produzir opções veganas e fit. Disponível para coleta e entrega. Verifique cronograma na página do Instagram.
  • By Brazil Pizza & Grill
    Deu vontade daquele espetinho, pastel ou cachorro-quente com purê? Seu lugar é aqui.
    Peça pelo aplicativo ou pelo site.

Acesse nosso artigo para descobrir onde encontrar mais produtos brasileiros em Dublin.

3. Adotar um pet é uma boa escolha durante o lockdown na Irlanda

Quer melhor companhia do que um animalzinho? Estar em casa e com tempo disponível pode tornar você o anfitrião perfeito para aquele cachorro ou gato abandonado que tanto precisa de cuidado e atenção. E imagine o amor e carinho que voltarão em dobro!

Existem diversas organizações voluntárias em Dublin que trabalham o ano todo tirando animais da rua e encontrando novos lares para cada um deles. Agora, durante o lockdown na Irlanda, mais do que nunca, eles precisam de auxílio.

Mesmo que não seja possível adotar um pet de maneira permanente, essas instituições estão sempre à procura de lares temporários que sejam um ambiente seguro para que o animal se torne mais confiante e se fortaleça antes de ser finalmente adotado por sua nova família.

Siga os links abaixo para mais informações:

4. Trabalho voluntário: como ajudar o outro durante o lockdown na Irlanda?

Caso você se encontre em uma posição segura e esteja fora dos grupos de risco, pode levar em consideração se tornar um voluntário. Assim, aquele sentimento de impotência tem chance de diminuir, e você ainda consegue fazer uma grande diferença na vida de alguém.

Existem diversas maneiras de ajudar, desde se registrar no site do Serviço de Saúde Irlandês (HSE) ou se inscrever na base de dados nacional de voluntários, até simplesmente entrar em contato com instituições de caridade locais para verificar se estão precisando de alguma assistência.

Siga os links abaixo para mais informações:

Querendo ou não, estamos passando por muitas mudanças e todo mundo merece descanso. Não vale a pena se culpar por não estar sendo tão produtivo quanto gostaria. Permita-se uma pausa e aproveite esse tempo para cuidar de você e daqueles ao seu redor.

Podemos estar isolados, mas não estamos sozinhos!

Ana Levisky,

Entusiasta do documentário e sempre disposta a explorar novos lugares, a Paulista se mudou para a Irlanda em 2015. De Galway à Dublin, passou por um Mestrado em Processo Criativo e nas horas vagas fotografa em 35mm aquelas aparentes banalidades do dia a dia que nos trazem alegria.

Imagens via Dreamstime
Encontrou algum erro ou quer nos comunicar uma informação?
Envie uma mensagem para [email protected]

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar