Como tirar a Cidadania Irlandesa?

Como tirar a Cidadania Irlandesa?

Tarcisio Junior

3 meses atrás

Siga o E-Dublin no Instagram

O passaporte irlandês está no topo da lista dos mais valorizados do mundo, garantindo a entrada sem a necessidade de visto em 170 países. Nesse parâmetro, até que o documento brasileiro não faz feio, nos possibilitando a entrada em 146 países e ocupando a 19ª posição no ranking mundial.

Nós já abordamos aqui como adquirir as cidadanias italianaespanhola e portuguesa. Portanto, dando continuidade à série, descubra hoje aqui quem tem direito a cidadania irlandesa.

Primeiramente é importante saber que existem três tipos de cidadania irlandesa, sendo por nascimento, pela descendência e também por naturalização. Veja como funciona cada uma delas:

Cidadania por nascimento

Quem pode solicitar a cidadania irlandesa° Foto: Cafebeanz Company | Dreamstime

Neste caso são reconhecidas automaticamente como irlandesas crianças nascidas no território irlandês. No caso de filhos de estrangeiros nascidos aqui, a regra é válida desde que o pai ou a mãe também tenham nascido na Irlanda.

Cidadania por descendência

Filhos de pais irlandeses nascidos no exterior automaticamente possuem direito à cidadania irlandesa. No caso de quem possuir avós irlandeses, também é possível reivindicar a cidadania irlandesa. Para quem se enquadra nessa situação, o ideal é procurar a Embaixada Irlandesa ou o Consulado Irlandês em seu país de origem para dar início ao processo.

Para quem possui bisavós irlandeses, é possível solicitar a cidadania desde que um de seus pais tenham reivindicado e obtido a cidadania irlandesa antes do seu nascimento.

Qualquer cidadão nascido em solo irlandês, em que ambos os pais sejam estrangeiros, adotará a nacionalidade dos pais e não terá direito a nacionalidade irlandesa, de acordo com a lei que vigora desde 1 de janeiro de 2005.

Cidadania por naturalização

Não se encaixou nas duas situações anteriores? Então só lhe resta a possibilidade de adquirir a cidadania irlandesa por naturalização. Mas, enfim, quem pode ter esperanças?

Cidadãos não europeus que possuem visto de residência permanente no país podem aplicar para a cidadania irlandesa. Antes da aplicação é necessário ter 1 ano contínuo de residência no país e durante os 8 anos que precederam essa data é essencial ter cumprido o total de 1460 dias de residência na Irlanda (4 anos). Ou seja, no total é necessário ter 5 anos de residência reconhecida na Irlanda dentro de um período de 9 anos. O portal do  INIS (Irish Naturalisation and Immigration Service) disponibiliza nesse link uma ferramenta com a qual é possível fazer o calculo exato do seu período de residência no país.

Também estão entre os requisitos para se obter a cidadania irlandesa por naturalização a necessidade de ser maior de 18 anos, não possuir registro criminal ou a intenção de deixar o país.

Lembramos, aqui, que também podem solicitar a naturalização estrangeiros casados com irlandeses por um período superior a 3 anos, e que antes da aplicação para a cidadania tenham vivido ininterruptamente no país por, no mínimo, um ano. Antes desse período de 12 meses é preciso ter morado na Irlanda por, no mínimo, mais 2 anos e que após a naturalização ser concedida, a pessoa pretenda continuar morando no país.

Aí vem outra dúvida: tenho visto de estudante e moro na Irlanda há mais de quatro anos. Posso aplicar para essa cidadania? A resposta é não. Infelizmente, como já dissemos acima, só se enquadram nessa situação os estrangeiros que possuem visto de residência permanente no país.

Custos e prazos

O processo para aplicação da cidadania irlandesa é bem demorado e pode levar até 18 meses para que se obtenha uma resposta. Se aprovada, é possível aplicar para um passaporte irlandês imediatamente.

Para aplicar é necessário o pagamento de uma taxa de 175 euros. Após a solicitação aprovada, é necessário o pagamento de uma nova taxa para a obtenção do documento. Nesse caso, o valor varia de 200 a 950 euros. Todas as tarifas podem ser consultadas nesse link.

Recentemente o governo irlandês anunciou uma regra mais restritiva com relação ao requerimento da cidadania. A resolução indica que para aplicar para a naturalização irlandesa, o requerente terá que permanecer no país continuamente, ou seja, sem sair nem mesmo um dia, pelos 365 dias anteriores ao dia da aplicação. A determinação gerou grande polêmica e está em análise para uma possível alteração.

Contatos importantes

INIS (Irish Naturalisation and Immigration Service)

Formulários para aplicação de cidadania

Department of Foreign Affairs

Citizens Information

Tarcisio Junior
Tarcisio Junior, Formado em Design Gráfico, já trabalhou com publicidade, web e até moda. Vidrado em tecnologia, respira música e tem como vício aprender novos idiomas e coisas novas! Foi picado recentemente pelo "bichinho das viagens", morou em Dublin por alguns meses e se apaixonou pela Europa.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar