Este site usa cookies para melhorar a experiência do usuário. Ao utilizar o nosso site você concorda com todos os cookies de acordo com nossa Política de cookies/privacidade. Concordo
Conte Sua Historia

Conte Sua História! Eu na Imigração

postou em 21 out 2009

Mais um texto da Cla, e mais um extraído do nosso fantástico grupo de discussão! Incrível como cada dia nasce, surge alguém querendo ajudar alguém! Isso com certeza é a parte mais gratificante do E-Dublin: ajudar e ver pessoas se ajudarem…

Está querendo saber como vai ser seu vôo? Leia o que a Cla tem pra dizer então… =o)

Era uma vez uma conversa no E-Dublin Groups…

Bê!
Então, acredita que acabei não tomando o açaí? Nos dias que eu tava na rua e tava mais acessível eu tava com frio, ou faltou a vontade. Mas fica tranquilo que no frio daqui a gente nem lembra de açaí… E se lembrar, tem suco na Zumo (lugar que vende só suco natural) – ou pelo menos tinha, na minha época… E me falaram que era açaí brasileiro!

Então, o trajeto é o seguinte, em detalhes:

BH – SP -> Em BH você pode despachar as malas direto pra Dublin, se quiser. Eu preferi despachar só até SP porque queria embalá-las naquele plástico que tem no aeroporto pra proteger (da outra vez uma das minhas malas chegou aqui quebrada), e não deu tempo em BH.

Lanchinho normal, pão com queijo, presunto ou coisa do tipo. Em SP você tem que fazer check-in de novo no guichê da KLM. Daí é só esperar e embarcar!

SP – Amsterdam -> Mil comidas a bordo, haha! Snack, jantar, sorvete no meio da noite, bebidas, café-da-manhã. Filmes e tal. Poltrona confortável, mas reclina pouco, então não dá pra descansar tãão bem.

Em Amsterdam foi super tranquilo, quando eu desembarquei tinha umas pessoas no caminho pro interior do aeroporto olhando os passaportes, ali mesmo de pé. Me perguntaram de onde eu era e pra onde eu estava indo, e até onde eu me lembro foi só isso. Talvez tenham perguntado o que eu ia fazer, mas acho que não. Lá você não precisa fazer check-in de novo, vc já sai de SP com o cartão de embarque pra esse trajeto também. Então é só checar nas tv´s ou nos pontos de informação (ou perguntar pra alguém) se o portão de embarque é o mesmo que tá no cartão, e pronto, vai pra lá no horário que estiver informado. No embarque você vai passar pelo raio-x, vão olhar seu passaporte, e é isso aí.

Dica: se você tiver que esperar um tempo em Amsterdam, no 2o andar tem uma parte com umas cadeiras mais confortáveis, dá pra tirar um cochilo bom ali. Não me lembro bem como chama esse espaço, talvez tenha alguma coisa a ver com lounge, mas eu sei que fica ao lado do spa.

Dica 2: se você tiver pensando em comprar algo no free-shop, especialmente bebida (aqui em Dublin não é caro), é bom perguntar pra alguém da companhia aérea se você vai poder embarcar carregando a garrafa. Em viagens internacionais você não pode carregar líquido na mala de mão, e eu vi a mocinha lá falando pras pessoas que não dava pra carregar nem garrafa d’água. Não sei se é assim pra compra do free-shop também, é possível que seja, então não custa se informar antes. E acho bom perguntar no aeroporto em Amsterdam mesmo, se você perguntar pro povo de SP, por exemplo, eles podem te dar informação errada.

Amsterdam – Dublin -> É feito pela Aer Lingus, a companhia aérea irlandesa. Não serviram nada, se eu quisesse algo pra comer ou beber eu teria que pagar – eles têm um menu com bebes, snacks, sanduíches, mas é tudo pra vender. Se vc tiver com fome vale mais comer no aeroporto antes de embarcar. A viagem dura umas 2hs, eu acho. Chegando aqui você vai com o fluxo, até chegar na imigração – aí é só dizer “good morning” (ou afternoon, ou night), mostrar seu passaporte e o que ele pedir (eu prefiro não entregar tudo de uma vez, fico com tudo na mão e vou mostrando o que ele pedir), torcer pra dar tudo certo, e pronto, welcome to Ireland! :)

Você já tem o endereço de onde vai ficar? É casa de família mesmo? Depois você me manda, posso tentar ver o melhor transporte pra você do aeroporto pra lá. Qualquer coisa, já falei, pode mandar um email de dúvidas que farei o possível pra ajudar!

Ou, e vocês acreditam que eu comprei uma lata de doce-de-leite Viçosa, mas não pude trazer porque não coube na mala?? haha, ridículo!!

Traz pão-de-queijo em pó, a gente faz o e-dublincontro minêro aqui!! :)

beijo!
Clarissa

Sobre o Autor


Fundador e CEO do E-Dublin, Edu chegou na Irlanda em 2008, no ano pré-crise, pegou a nevasca de 2010 e comeu cérebro de cabra em Marrakesh. O Edu também é baterista da banda Irlandesa Medz.

Veja todos meus outros Posts

Orçamento Fácil

Preencha um formulário e receba orçamento de escolas e agências

Comece agora

E-Dublin: Tudo sobre Intercâmbio


Recentes e populares

Meu Intercâmbio

Intercâmbio: o melhor ano da minha vida

2 meses atrás, por Colaborador E-Dublin
Moradia

Por que eu não voltaria para a Irlanda?

4 meses atrás, por Carol Braziel
E-Dublin TV

Como eu vim parar na Irlanda – Hevialand#15

11 meses atrás, por Tarcisio Junior
Meu Intercâmbio

O dia em que esbarrei com o presidente da Irlanda

12 meses atrás, por Colaborador E-Dublin
Vistos

Cuidado com a Deportação

1 ano atrás, por Ávany França