Coronavírus: governo concede ‘carta de permanência’ a intercambistas sem visto

Coronavírus: governo concede ‘carta de permanência’ a intercambistas sem visto

Rubinho Vitti

1 mês atrás

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?

Os estudantes internacionais que chegaram recentemente à Irlanda em meio ao lockdown causado por conta da pandemia do novo coronavírus podem agora solicitar uma carta junto ao Departamento de Justiça comprovando que ele possui elegibilidade para o visto de estudante (Stamp 2).

Estudantes que não conseguiram tirar o IRP — documento que demonstra sua presença legal na Irlanda — poderão receber carta do governo enquanto escritório de registro não abre. Crédito: Rodrigobellizzi | Dreamstime.com

Com os escritórios fechados, o INIS (Irish Naturalisation & Immigration Service) está com novas solicitações de visto pausadas temporariamente, o que tem causado muitos problemas a quem acabou de chegar na ilha.

De acordo com o anúncio feito no site do INIS, qualquer pessoa aguardando seu primeiro registro de visto pode fazer uma solicitação ao Registration Office (escritório de registro) do governo, que enviará uma carta confirmando a permissão para permanecer no Estado.

Segundo o INIS, a medida temporária é uma forma de resolver as “dificuldades que algumas pessoas podem encontrar devido à falta de um cartão de IRP” — Irish Residence Permit — “à luz das incertezas causadas pela pandemia do COVID-19”.

Leia também: Covid-19: Irlanda anuncia novas medidas para ajudar estudantes de inglês

Estudantes devem estar matriculados em cursos de inglês

A nota reafirma que, “para estudantes internacionais de língua inglesa, a extensão significa que eles podem continuar trabalhando, se assim o desejarem, mas devem estar matriculados em um curso para seguir as condições de sua permissão”.

Ou seja, os intercambistas precisam estar cursando aulas de inglês, mesmo online. O INIS já havia anunciado que “os estudantes de inglês devem se inscrever em um novo curso assim que o curso anterior terminar”.

Eles reafirmam que não há possibilidade do intercambista “congelar o curso” até que o lockdown termine. “Eles devem se inscrever em um curso online”, afirma o órgão.

Como aplicar para a carta

O intercambista deve digitalizar cópias de toda a sua documentação e enviá-las para [email protected]. Se a inscrição for bem-sucedida, o estudante receberá uma carta confirmando dizendo que possui um visto Stamp 2.

Os detalhes com a lista de documentos podem ser acessados no site do INIS. Apesar da carta, o intercambista precisará se registrar no escritório da imigração quando eles reabrirem.

Lembrando que esta opção está disponível apenas para estudantes que precisam se registrar pela primeira vez.

Consulte o documento de perguntas frequentes do INIS para obter detalhes sobre os anúncios feitos pelo órgão durante a pandemia do Covid-19.

Foto de capa: Photo by ConvertKit/Unsplash

Veja também

Como preparar as malas para o Intercâmbio?

Rubinho Vitti
Rubinho Vitti, Jornalista de Piracicaba, SP, vive em Dublin desde outubro de 2017. Foi editor e repórter nas áreas de cultura e entretenimento. Também é músico, canceriano e apaixonado por arte e cultura pop.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar