Covid-19: após recorde de contaminações, Irlanda entra em ‘full lockdown’ à meia-noite

Covid-19: após recorde de contaminações, Irlanda entra em ‘full lockdown’ à meia-noite

Rubinho Vitti

4 semanas atrás

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?

As comemorações de Ano-Novo na Irlanda deverão ser reduzidas drasticamente depois que uma “terceira onda” de contaminações começar a crescer no país.

Após bater um novo recorde no número de novos casos da Covid-19 no país, a Irlanda decidiu voltar ao lockdown completo a partir do primeiro minuto desta quinta-feira, 31 de dezembro. Desde a semana passada, a República havia voltado ao Nível 5, o mais restritivo, mas com algumas flexibilizações, como lojas permanecendo abertas e a possibilidade de viajar pelo condado.

Agora, o plano é seguir com o Nível 5 original, onde apenas comércio essencial pode abrir, além das pessoas serem restringidas a permanecer até 5 km de suas casas. Veja as principais regras abaixo.

Segundo o jornal Irish Times, as restrições devem ocorrer também por conta do número de hospitalizações, que é o maior desde maio. Segundo um ministro, entrevistado pelo periódico, “esse é talvez o momento mais perigoso para o país desde o início da Covid-19”.

O lockdown completo também tem como objetivo reduzir as comemorações de Ano-Novo para evitar novas contaminações. Para integrantes do governo, se isso não ocorrer, é possível que a Irlanda registre 2.000 novos casos em 24 horas até o dia 1 de janeiro.

Nesta quarta-feira, 30 de dezembro, a Irlanda quebrou mais recorde pelo segundo dia seguido, com 1.718 novos casos e 13 mortes decorrentes da Covid-19.

As novas regras devem valer, no mínimo, durante um mês. Ou seja, até fevereiro de 2021.

Nível 5 do lockdown na Irlanda – a partir das 0h de 31 de dezembro de 2020

  • Visitas em casa – Nenhum visitante é permitido, exceto por motivos familiares essenciais
  • Viagens – “Fique em casa” é o recado do governo. Viagens são permitidas apenas para fins de trabalho, educação ou outros motivos essenciais. As pessoas que se afastaram do seu local de residência em 31 de dezembro podem regressar ao seu local de residência. É permitido sair de sua casa até 5km para fazer exercícios
  • Varejo – apenas lojas essenciais serão permitidas após o fechamento do dia 31 de dezembro
  • Escolas – escolas primárias e secundárias reabrem em 11 de janeiro
  • Educação – superior, complementar e de adultos (incluindo escolas de inglês) devem permanecer online
  • Trabalho – “Trabalhe em casa, a menos que seja um serviço essencial de saúde, assistência social ou outro serviço essencial que não possa ser feito em casa”
  • Transporte– “caminhe ou pedale sempre que possível”. Transporte público restrito a 25% da capacidade, exclusivo para trabalhadores essenciais e finalidades essenciais apenas. Uso de máscara obrigatório.
  • Casamentos – máximo de 25 convidados até 2 de janeiro; máximo de 6 convidados a partir de 3 de janeiro
  • Funerais – máximo 10 pessoas
  • Reuniões internas organizadas – não devem ocorrer reuniões internas organizadas.
  • Encontros organizados ao ar livre – nenhuma reunião organizada ao ar livre deve ocorrer
  • Exercícios e eventos esportivos – não devem ser realizadas atividades em grupo de exercícios internos ou externos, incluindo aquelas envolvendo crianças. Golfe e tênis ao ar livre não são permitidos.
  • Exercícios em grupo – nenhum exercício ou aulas de dança deve acontecer.
  • Exercícios em ambientes fechados – não será possível exercícios internos ou externos envolvendo “treinamento individual”, exceto para esportes profissionais e de elite. Academias, centros de lazer e piscinas devem encerrar no dia 31 de dezembro.
  • Esportes profissionais – elite, corrida de cavalos, corrida de galgos e eventos equestres aprovados só podem continuar a portas fechadas.
  • Serviços religiosos – serão realizados online. Os locais de culto permanecem abertos para oração privada.
  • Arte – museus, galerias e outras atrações culturais permanecem fechados
  • Bares, cafés e restaurantes (incluindo restaurantes e bares de hotéis) – apenas entrega ou delivery
  • Pubs – fechados
  • Boates, discotecas e cassinos – permanecerão fechados
  • Hotéis e alojamento – abertos apenas para fins essenciais não sociais e não turísticos. (Qualquer pessoa hospedada em um hotel no dia 30 de dezembro pode completar sua estadia)
  • Serviços (por exemplo: cabeleireiros, esteticistas, barbeiros) – permanecem fechados.
  • Playgrounds ao ar livre, áreas de recreação e parques – abrem com medidas de proteção

Informações completas no site do governo.

Rubinho Vitti
Rubinho Vitti, Jornalista de Piracicaba, SP, vive em Dublin desde outubro de 2017. Foi editor e repórter nas áreas de cultura e entretenimento. Também é músico, canceriano e apaixonado por arte e cultura pop.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar