Covid-19: Irlanda entra no nível mais restrito de lockdown

Covid-19: Irlanda entra no nível mais restrito de lockdown

Rubinho Vitti

1 mês atrás

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?

Os líderes da coalizão entre Fine Gael, Fianna Fáil e Green Party se reuniram com autoridades médicas nesta segunda-feira para decidir as mudanças no nível de lockdown do país, depois que foram registrados novos recordes de contaminação pela Covid-19, chegando a 50 mil infectados desde o início da pandemia.

O gabinete do governo decidiu por colocar o país no Nível 5, o mais restrito e que mais se assemelha com o primeiro lockdown, em março, mas com algumas mudanças. A medida começa valer à meia-noite de quarta-feira, 21 de outubro, para quinta-feira, 22 de outubro.

Primeiro-ministro Michèal Martin se reuniu com outras autoridades para definir a mudança de nível na Irlanda. Foto: Merrion Square

Entre as restrições estão a venda de comida pelos restaurantes apenas por takeaway e delivery, além do fechamento de lojas não essenciais, proibição de visitas em casas, entre outras restrições. No entanto, escolas e creches permanecerão abertas.

A Irlanda ficará sob esse novo nível, por enquanto, durante seis semanas, até o fim de novembro, com possíveis mudanças em quatro semanas.

Nível 5 do lockdown na Irlanda:

  • Não é permitido visitas em casa
  • Nenhuma reunião social ou familiar deve ocorrer em nenhum ambiente da casa
  • Casamentos e funerais podem ser feitos com até 25 convidados
  • Proibidos eventos internos e externos
  • Academias, centros de lazer e piscinas devem ser fechados
  • Exercícios individuais podem ser feitos em áreas externas com a companhia de apenas uma pessoa até 5km de suas casas
  • Eventos esportivos não podem acontecer, com exceção para esportes de elite e corrida de cavalos
  • Serviços religiosos serão realizados online
  • Locais de culto permanecem abertos para oração privada
  • Museus, galerias e outras atrações culturais são fechados
  • Bares, pubs, cafés e restaurantes podem vender comida para levar (takeaway) ou delivery
  • Boates, discotecas e casinos permanecerão fechados.
  • Hotéis e alojamento ficam abertos apenas para uso essencial, não podendo receber hóspedes com objetivos sociais ou turísticos.
  • Apenas lojas de varejo essenciais poderão abrir
  • Profissionais são orientados a trabalhar em casa quando possível
  • Viagens domésticas não devem ocorrer nem mesmo entre condados na Irlanda. A regra é: fique em casa
  • Escolas, creches e educação superior e de adultos podem abrir
  • A capacidade do transporte público ficará restrita a 25% para trabalhadores essenciais e finalidades essenciais apenas.
  • Pessoas com mais de 70 anos e pessoas vulneráveis devem julgar até que ponto se envolvem com atividades fora de casa
  • Visitas a lares de idosos são suspensas

Leia também: Auxílio emergencial volta a ser € 350 por semana na Irlanda

Segundo publicou a RTÉ, o objetivo é tentar garantir que os negócios voltem a funcionar antes do Natal e que o país volte ao Nível 3 no final de novembro e ao Nível 2 antes de 25 de dezembro.

Veja o pronunciamento do primeiro-ministro Micheál Martin sobre o Nível 5 do lockdown:

Rubinho Vitti
Rubinho Vitti, Jornalista de Piracicaba, SP, vive em Dublin desde outubro de 2017. Foi editor e repórter nas áreas de cultura e entretenimento. Também é músico, canceriano e apaixonado por arte e cultura pop.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar