Cresce número de brasileiros com visto de trabalho na Irlanda

Cresce número de brasileiros com visto de trabalho na Irlanda

Elizabeth Gonçalves

3 semanas atrás

Siga o E-Dublin no Instagram

O Departamento de Business Enterprise and Innovation (DBEI) publicou recentemente dados estatísticos sobre a emissão de vistos de trabalho para cidadãos não-europeus residentes na Irlanda em 2019. O órgão é responsável por promover empregabilidade e melhores padrões de vida em todas as regiões do país.

Entre janeiro e agosto, 917 brasileiros receberam visto de trabalho na Irlanda. Foto: Dreamstime

Segundo o levantamento, entre janeiro e agosto de 2019, foram emitidos um total de 9649 novos vistos de trabalho, o work permit. Nesse período, 1520 vistos foram renovados, 852 recusados e 628 tiveram o processo de aplicação cancelado antes mesmo do veredito final.

A boa notícia é que, mais uma vez, os brasileiros estão no topo da lista de nacionalidades que se beneficiaram com o work permit. Os dados do DBEI mostram que 917 brasileiros foram contemplados com o visto até o mês de agosto, enquanto durante todo o ano de 2018 um total de 818 vistos de trabalho foram emitidos para cidadãos brasileiros na Irlanda.

Assim, o Brasil fica atrás apenas da Índia, com 3287 vistos emitidos, na lista de nacionalidades que mais receberam work permit na Irlanda durante este ano. Também integram o top 5 os Estados Unidos, com 640 vistos, Paquistão, com 484 vistos e Filipinas, com 480 work permits emitidos até agosto de 2019.

O setor que lidera a emissão de vistos de trabalho na Irlanda é o de Serviços, seguido pelo de Saúde e Indústria.

Empresas que lideram o ranking

Como você já deve imaginar, muitas empresas de tecnologia sediadas na Irlanda lideram a lista de companhias que mais empregam cidadãos estrangeiros.

Multinacionais como o Google estão entre as empresas que mais contrataram estrangeiros. Foto: Pxhere

Entre as gigantes multinacionais estão Google, Amazon, Accenture, Facebook, Huawei, IBM, Microsoft, entre outras. Hospitais e empresas do setor farmacêutico, como a Ernst & Young, por exemplo, também figuram entre as principais empresas que emitiram work permit este ano.

Como a maioria dessas grandes empresas estão localizadas em Dublin, um total de 6320 profissionais estrangeiros residentes na capital irlandesa foram beneficiados com o work permit. Cork ocupa a segunda posição, com 821 vistos emitidos no condado, seguido por Limerick, com 406 vistos.

Mercado de trabalho

A alta demanda de profissionais qualificados para atuarem em diversos setores do mercado irlandês se deve ao aquecimento da economia irlandesa, além do grande número de multinacionais estrangeiras sediadas no país.

Consequentemente, o país importa talentos da área de TI para suprir a demanda do seu mercado de trabalho. Entretanto, as vagas não se restringem apenas ao setor tecnológico, expandindo-se para a área de saúde, finanças, gastronomia, contabilidade, entre outras.

Precisando de orçamento para o seu intercâmbio? Comece por aqui!

Elizabeth Gonçalves
Elizabeth Gonçalves, Jornalista viciada em cinema, música e literatura. Paulistana, se apaixonou por Dublin, onde mora há cinco anos e sonha em fazer uma viagem de volta ao mundo.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar