Este site usa cookies para melhorar a experiência do usuário. Ao utilizar o nosso site você concorda com todos os cookies de acordo com nossa Política de cookies/privacidade. Concordo
Economia

Custa caro fumar na Irlanda?

Elizabeth Gonçalves postou em 14 mar 2017

Fumar é um vício caro na irlanda. Foto: Shutterstock

Fumar é um vício caro na Irlanda. Foto: Shutterstock

Além de nem um pouco saudável, fumar é um vício bem caro na Irlanda. Para se ter uma ideia, um maço de cigarros Marlboro, por exemplo, custa, em média, 11 euros – ou seja, aproximadamente R$ 35.

Assim, tendo como base uma pessoa que fuma 20 cigarros (um maço) por dia, ao final de um ano, a quantia gasta com cigarros será de 4015 euros. Assustador, não? É por esse motivo que muitos fumantes acabam buscando alternativas mais em econômica, como comprar o tabaco e fazer o próprio cigarro, ou até mesmo abandonar o vício.

Na Irlanda, é possível encontrar o tabaco em diversas lojas e supermercados, sendo que o pacote com 12,5 gramas custa, em média, 6,80 euros. Para fazer o próprio cigarro, também é preciso adquirir o filtro e o papel apropriado, que juntos podem custar pouco mais de 1,50 euros, o que acaba sendo uma opção mais em conta do que comprar um maço.

Considerando os altos custos, o lado positivo é que essa pode ser uma boa maneira de incentivar as pessoas a pararem de fumar, ou pelo menos reduzirem o consumo do cigarro. Esse foi o caso da estudante Luciana Aflitos. Ela conta que não se surpreendeu com o preço do cigarro, pois já havia pesquisado antes de vir, e por esse motivo parou de fumar uns meses antes de embarcar para a Irlanda – mas acabou voltando após alguns meses aqui.

Luciana reduziu o consumo de cigarros. Foto: Arquivo pessoal

Luciana reduziu o consumo de cigarros. Foto: Arquivo pessoal

“Uma alternativa que encontrei foi fumar tabaco. É um preço mais acessível, sendo que com um maço de 6,80 euros é possível fazer, em média, 20 ou mais cigarros, ao invés de gastar 11,00 euros no maço do Marlboro. Para mim, um maço de tabaco Amber Leaf dura, em média, uns 5 dias. E para as pessoas, como eu, que tem dificuldade em fazer o cigarro, existe a opção de comprar a máquina de enrolar na loja de 2 euros. Porém, o que eu sugiro mesmo para as pessoas que estão vindo agora é tentarem parar de fumar, pois isso é uma vantagem tanto para a saúde em geral quanto financeira”, comenta.

Cigarros eletrônicos

Apesar de controversos, os cigarros eletrônicos e os vaporizadores estão se tornando um fenômeno na Irlanda, já que é cada vez maior o número de pessoas que têm aderido a eles.

A ideia é que o usuário fume através do aparelho para satisfazer sua necessidade de nicotina, inalando apenas o químico, sem a presença de substâncias cancerígenas, como o alcatrão e mais 4 mil subprodutos das folhas de tabaco. Com isso, estima-se que após seis meses as pessoas tenham menos toxinas no corpo do que os fumantes dos tradicionais cigarros.

Vaporizadores são opção mais econômica aos tradicionais cigarros. Foto: Shutterstock

Vaporizadores são opção mais econômica aos tradicionais cigarros na Irlanda. Foto: Shutterstock

Os kits de vaporizadores ou cigarros eletrônicos custam a partir de 20 euros, o que inclui bateria recarregável e 10 ml do líquido de nicotina.

Por que tão caro?

Mesmo com o preço elevado do tabaco no país, a taxa de fumantes na Irlanda gira em torno de 19.5%. Apesar do número ainda ser bem elevado, é uma vitória considerando que em 2003 cerca de 29% da população irlandesa era fumante.

De acordo com a Irish Cancer Society, uma a cada quatro mortes por câncer no país são causadas pelo cigarro. Assim, prega-se que aumentar os impostos sobre o tabaco é uma das maneiras mais eficientes de se reduzir o número de fumantes. O governo irlandês também trabalha com um projeto que visa diminuir ainda mais a taxa de fumantes até o ano de 2025. Portanto, fumantes, preparem-se, já que o preço dos cigarros deve subir ainda mais!

Revisado por Tarcísio Junior
Imagens via Shutterstock
Encontrou algum erro ou quer nos comunicar uma informação?
Envie uma mensagem para [email protected]

Sobre o Autor


Elizabeth Gonçalves é jornalista viciada em cinema, música e literatura. Paulistana, se apaixonou por Dublin, onde mora há mais de um ano e sonha em fazer uma viagem de volta ao mundo.

Veja todos meus outros Posts

Orçamento Fácil

Preencha um formulário e receba orçamento de escolas e agências

Comece agora

E-Dublin: Tudo sobre Intercâmbio

Recentes e populares

Dicas de Viagem

O que não levar na bagagem

12 meses atrás, por Caroline Rodrigues

Posts recentes

Dicas de Viagem

4 dicas de compras para gastar pouco na Irlanda  

20 horas atrás, por Colaborador E-Dublin
Conte Sua Historia

Meu primeiro emprego na vida foi na Irlanda

2 dias atrás, por Colaborador E-Dublin
Crônicas

Só vai dar certo se você tentar

3 dias atrás, por Colaborador E-Dublin
E-Dublin TV

Saindo da Zona de Conforto – PCVV#149

3 dias atrás, por Edu Giansante