Este site usa cookies para melhorar a experiência do usuário. Ao utilizar o nosso site você concorda com todos os cookies de acordo com nossa Política de cookies/privacidade. Concordo
Trabalho

Depoimentos – Arrumando emprego

postou em 16 fev 2009

Esse é um depoimento da Aline, leitora assídua e agora contribuinte do blog. Aqui ela vai contar um pouquinho de como foi pra arrumar emprego e sobre o valor das amizades. É com você Li :)

“Olá pessoal!!! Tudo bem????!!!

Saudades de escrever pra vcs!!!
Estou sumida porque estou com poucas oportunidades de acessar a internet e como o Leone comentou no grupo agora tenho dois empregos! rsss

No dia 23/11 completo dois meses na Irlanda. Comecei a procurar emprego quando ainda estava no Brasil atraves de sites de emprego e dois dias depois de aterrizar na cidade jah estava com o meu curriculo em maos de porta em porta! Recebi diversos NÃO!!!!

Consegui um emprego logo na segunda semana, quase deshumano! Eu passava horas no frio vendendo boletos de loteria (tipo raspadinha) e ganhava por comissão! Imaginem??? Em seguida eu tive uma perda familiar no Brasil, que abalou minha cabeca e saude aqui… não trabalhei bem por alguns dias e o meu chefe chegou a conclusão de que eu não precisaba do trabalho! Engano dele claro, porque a grana aqui vai embora facilmente!

Continuei minha jornada diaria de procurar emprego… gastei: muita sola de sapato, repertorio de palavras em ingles, muito tempo na internet e ganhei muito mais NÃO.
Fiz varias entrevistas com meu ingles intermediario! Algumas pessoas eu compreendia muito bem e para outros eu gritava socorro!!

Alguns deles me falavam: “Seu ingles eh pessimo”! Quando eu não precisava falar ingles eu conseguia me comunicar muito bem e percebi que o meu problema na verdade era a pressão de uma entrevista… o ingles não saia nesses momentos de jeito nenhum… bloqueio total! Panico!

Chorei, me desesperei, rezei e continuei… quando eu ja estava pensando na possibilidade de remarcar minha passagem de voltar, pois o meu orcamento ja estava completamente estourado eu recebi a ligação de uma amiga que me indicou para uma entrevista.

Isso mesmo! AMIGOS de verdade fazem isso pelos outros! A Tat Perecin fez uma entrevista mas achou que a vaga tinha a minha cara e falou isso para o cara, acreditam? Nem eu acreditei! rsss. No mesmo dia eu fui fazer a entrevista e fui contratada no outro dia como promotion staff.

Conhecem aquela teoria de que trabalho chama trabalho??? Fui radiante para casa nesse dia e eis que recebo uma ligação as 17h00 (noite aqui) sobre um trabalho em algum lugar perto da Malahide Road para comecar em apenas duas horas do mesmo dia!

Eu não sabia onde era, para o que era, quanto pagariam ou qualquer outra informação! Usei o meu ingles, pra tirar o maximo possivel de informacoes da pessoa que me ligou, peguei o telefone dele e o convenci a me esperar numa das principais rodovias perto do lugar!

Eu estava sem um centavo na carteira, precisava acessar a internet para achar o lugar e chegar la! Loucura total! O meu flatmate Bruno Munhoz tambem entrou para a lista de amigos para todas as horas… porque enquanto eu procurava o lugar ele foi no Banco pra mim… cheguei super atrasada claro, porque era longe! Mas demonstrei tanto interesse que o cara me adorou e pronto tenho meu segundo emprego como cleaner em uma escolinha infantil.

No segundo dia de trabalho eu ja era responsavel pelas chaves, alarme e supervisão do trabalho! Hj ja recebi convocação para trabalhar extra amanha e assim melhorar meu rendimento no final do mes!

FÁCIL????? Nem um pouco! Eu estudo de manha, trabalho a tarde e a noite, lavo, passo, cozinho e ainda quero continuar com minha vida social claro!

MAS EU TO MUITOOOOOOO FELIZ!!!!!

O emprego certo ou melhor… os empregos certos me esperavam e eu os achei! Continuo em busca de coisas melhores e porque não na minha propria area, mas tudo tem o seu tempo e depende de cada um se esforcar pra achar!

Vi muita gente desistir…. não acho errado não gostar daqui, mas não gosto quando as pessoas julgam a cidade ser isso ou aquilo somente porque elas não gostaram ou não se adaptaram! Cada um faz sua propria vida aqui e eu estou tentando construir a minha da melhor forma possivel!!!

Para quem realmente quer vir! Tenha isso em mente acima de tudo e corra atras!!!

beijos,
Li”

Sobre o Autor


Fundador e CEO do E-Dublin, Edu chegou na Irlanda em 2008, no ano pré-crise, pegou a nevasca de 2010 e comeu cérebro de cabra em Marrakesh. O Edu também é baterista da banda Irlandesa Medz.

Veja todos meus outros Posts

Orçamento Fácil

Preencha um formulário e receba orçamento de escolas e agências

Comece agora

E-Dublin: Tudo sobre Intercâmbio


Recentes e populares

Voluntariado

Voluntariado pelo mundo

1 mês atrás, por Andre Luis Cia
Trabalho

5 sites para procurar vagas de marketing na Irlanda

1 mês atrás, por Elizabeth Gonçalves