Este site usa cookies para melhorar a experiência do usuário. Ao utilizar o nosso site você concorda com todos os cookies de acordo com nossa Política de cookies/privacidade. Concordo
Economia

Dinheiro: Quanto se ganha e se gasta na Irlanda?

Júlia Paniz postou em 22 fev 2016

Chegou a hora de falar o que poucos tem coragem: dá para viver bem na Irlanda como um mero intercambista, com um trampo de 20 horas semanais? Afinal, quanto se ganha? Quanto vai sobrar ao final do mês?

Mostramos aqui a visão de alguns intercambistas que conseguem pagar suas contas com o salário mínimo de estudante. Mas no texto de hoje, vamos além e fazer uma comparação sobre o que mudou nesses últimos 8 anos, tempo de vida do E-Dublin.

Foto: Shutterstock

Foto: Shutterstock

O tão sonhado primeiro emprego

Para quem chegou ainda em 2008, o primeiro bico surgia já nos primeiros 20 dias. Lá por 2013, entrevistamos um intercambista que demorou 46 dias para encontrar o primeiro trabalho. Já o nosso entrevistado de 2016, demorou três meses para conseguir o primeiro salário em euros.

Para as três situações, o período avaliado foi de sete meses. Confira o resultado abaixo:

– Nas três situações o trabalho era ou é de garçom/ garçonete;
– O primeiro entrevistado de 2008 conseguiu dois bicos além dos dois trabalhos fixos que possui, já o intercambista de 2013 ficou apenas com um emprego nestes sete meses. O entrevistado de 2016 consegue, algumas vezes, realizar eventos esporádicos além do trabalho fixo;
– Nos dois primeiros casos os intercambistas procuraram também por trabalho na área; O terceiro chegou a conseguir entrevistas na área de contábeis, mas em todas elas esbarrou na questão da falta de um visto que lhe permitisse trabalhar full-time (40h). Lembrando que o Stamp 2, visto concedido para estudantes, limita o tempo de trabalho a 20 horas semanais, e apenas no verão e final do ano é possível trabalhar 40h/semana.

Foto: Shutterstock

Foto: Shutterstock

A verdade é que está, sim, muito mais difícil de conseguir emprego. Alguns brasileiros têm conseguido trabalho na área, mas sabemos que para isso é preciso muito mais do que força de vontade, é preciso dedicação integral para achar aquilo que quer. Além do mais, a sorte precisa estar ao seu lado, porque muita gente tem competência mas não consegue o aval da empresa para o visto de trabalho.

Os “subempregos” ficaram escassos no país após a crise e a Irlanda está lentamente voltando a respirar melhor neste sentido. Porém, a demanda continua grande. Além de que, as mudanças da regulamentação para estudantes estrangeiros no país também impõem restrições para quem contrata e aquele jeitinho do passado está bem difícil de acontecer, já que os estabelecimentos comerciais podem ser punidos, caso contratem estudantes sem respeitar as normas do visto.

Mas nem tudo é ruim! De 2008 para cá, o salário mínimo, que chegou a ser reduzido e que nos últimos anos era de €8,65/hora, passou para €9,15/hora.

Quanto trazer?

Foto: Shutterstock

Foto: Shutterstock

Em 2008, vir para a Irlanda com €2500 era um valor razoável, tendo em vista que a imigração exigia €1.500 para comprovação do visto. Atualmente, esse valor subiu para €3 mil. No entanto, enquanto se providencia a documentação para o visto, outros gastos são inevitáveis, como o depósito para o aluguel da nova casa, o consumo dos primeiros dias… e é necessário chegar com um dindim extra, já que até a imigração carimbar o passaporte com o Stamp 2 você não poderá usar os 3 mil euros.

No geral, os intercambistas dizem que uma verba extra de €500 a €1000 é o ideal para não passar perrengue na chegada.

Compras no Cartão de Crédito

Alguns intercambistas ainda deixam contas abertas no Brasil e não se desfazem de tudo que possuem. Alguns anos atrás, a prática de pagar contas aqui com cartão do Brasil ainda era comum, o que hoje se tornou inviável, já que o dólar, o IOF e outras taxas implementadas pelo governo brasileiro aumentaram muito.

Quanto se gasta mensalmente? (em média)

2008

Aluguel: €325/mês
Contas (luz + internet): €45/mês
Compras do mês (passando bem): €150/mês
Extras (ônibus, táxi, comer eventualmente na rua, sem bebida alcoólica): €100

Total: €620

2013

Aluguel: €260/mês
Contas (luz + internet): €40/mês
Compras do mês: €80/mês
Extras (ônibus, táxi, comer eventualmente na rua, sair de vez em quando): €120

Total: €500

2016

Aluguel: €340/mês
Contas (luz + internet): €35/mês
Compras do mês: €100/mês
Transporte: €80

Total: €555 apenas de contas fixas. Ficam fora deste valor as saídas, comer fora de casa, viagens, etc.

*Lembrando que os custos podem variar também de acordo com o padrão de vida que você escolherá ter. Dividir quarto e ter regras na casa para economizar nas contas, sempre acabam reduzindo o valor das contas.

O que deu para fazer?

Foto: Shutterstock

Foto: Shutterstock

2008

5 viagens, incluindo 2 shows, normalmente dois dias cada viagem, com gasto de cerca de €150 a €200, sem contar as passagens pagas com antecedência.

2013

O mochilão ficou para o final do intercâmbio do nosso entrevistado, que passou a viajar pelo interior da Irlanda além de voltar para a Inglaterra duas vezes.

2016

Com muito aperto, o nosso entrevistado conseguiu viajar para 3 países, economizando cada centavo durante todos os meses.

Renda Mensal

2008

O intercambista fez um balanço de quanto havia ganho na Irlanda em 7 meses, o que deu uma média de €700/mês

2013

Naquela época, ganhando um pouco melhor (€9/hora) e podendo trabalhar mais horas por semana, foi possível juntar uma média de €1400 por mês (contando com as gorjetas)

2016

O salário mínimo em 2016 passa a ser em torno de €700 por mês. Para o nosso entrevistado, que trabalha de garçom, a renda aumenta um pouco também devido às “caixinhas”, que podem chegar a €400 por mês, totalizando €1100 mensais. Porém, nem todos os subempregos na Irlanda possuem essa vantagem da gorjeta.

Saldo Final

2008

Dinheiro que trouxe do Brasil + cartão de crédito: €2950
Dinheiro que ganhou em 7 meses de Irlanda: (7 x €700) = €4900

Total de dinheiro disponível pelos 7 meses: €7850

Total de gastos: (7 x €620 = €4340) + (€325 de depósito) + (€450 do cartão) + (€1000 das viagens) + (€50 de presentes) = €6195

2013

Dinheiro que trouxe do Brasil (€3000) + euros que comprou durante o período: €4000

Dinheiro que ganhou em 7 meses de Irlanda: €9800

Total de dinheiro disponível pelos 7 meses: €13.800

Total de gastos: (7x €500 = €3500) + (€ 280 de depósito) + (€1000 euros extra comprados) + (€1500 viagens) = €6280

2016

Dinheiro que trouxe do Brasil: € 4800

Dinheiro que ganhou durante 7 meses de Irlanda (salário + gorjetas): (7 x €1100) = €7700

Total de dinheiro disponível pelos 7 meses: €12.500

Total de gastos: (7 x €555 = €3885) + (€400 de depósito) + (€700 das viagens)= €4985

Conclusão

• Considerando que agora o primeiro emprego está demorando um pouco mais para se tornar realidade, trazer os 3000 euros e mais um extra te dará uma folga para começar o intercâmbio mais tranquilo.

• Com €700/mês dá para viver. Viajar, sair todos os finais de semana, hmmm…. nem tanto! Mas, uma viagem a cada dois meses, reservando a passagem com antecedência, economizando em gastos supérfluos é possível.

• É fácil ganhar mais do que €700? Depende do trabalho. Para quem trabalha em restaurantes e pubs esse valor fica sempre acima da média exatamente por conta das gorjetas. Tudo vai depender também se você for atrás de algum extra que possa render uma grana a mais no final do mês.

Atualize-se com os valores e faixas salariais da atualidade.

Revisado por Tarcisio Junior
Imagens via Shutterstock
Encontrou algum erro ou quer nos comunicar uma informação?
Envie uma mensagem para [email protected]

Sobre o Autor


Repórter e colaboradora do E-Dublin, tem 24 anos e é formada em Jornalismo desde 2012. Trabalhou com assessoria de imprensa, mídias sociais e telejornalismo. Saiu de Blumenau, Santa Catarina, para estudar inglês em Dublin, na Irlanda, mas descobriu que aprenderia muito mais que apenas um novo idioma. É apaixonada por fotografia, livros, viagens e novas culturas.

Veja todos meus outros Posts

Orçamento Fácil

Preencha um formulário e receba orçamento de escolas e agências

Comece agora

E-Dublin: Tudo sobre Intercâmbio

Recentes e populares

Cultura

Você já ouviu falar no Workaway?

6 horas atrás, por Elizabeth Gonçalves
E-Dublin TV

Engenharia Civil na Irlanda

6 dias atrás, por Edu Giansante
Trabalho

À procura de emprego na Irlanda?

6 dias atrás, por Colaborador E-Dublin
Dicas de Viagem

Saiba como viajar barato para os Estados Unidos

1 semana atrás, por Elizabeth Gonçalves
Publicidade

Mude sua Vida em 2018

2 semanas atrás, por Publicidade E-Dublin
E-Dublin TV

Arquitetura de Software na Irlanda

2 semanas atrás, por Edu Giansante
Eventos e Festivais

5 mercados de Natal imperdíveis na Irlanda

2 semanas atrás, por Elizabeth Gonçalves
Agenda Cultural

16 atividades para você curtir em dezembro na Irlanda

2 semanas atrás, por Elizabeth Gonçalves
E-Dublin TV

8 coisas que não te contam sobre a Irlanda

3 semanas atrás, por Tarcisio Junior
Galway

É possível juntar dinheiro durante o Intercâmbio?

3 semanas atrás, por Alessandra Karla Leite
Cultura

Conheça a famosa Casa Georgiana Nº29 em Dublin

3 semanas atrás, por Colaborador E-Dublin
Economia

Saiba como aproveitar a Black Friday na Irlanda

4 semanas atrás, por Elizabeth Gonçalves
Trabalho

É possível trabalhar com enfermagem na Irlanda?

4 semanas atrás, por Elizabeth Gonçalves
E-Dublin TV

Engenharia Elétrica na Irlanda

1 mês atrás, por Edu Giansante