DJs brasileiros que tocam na cena irlandesa: DJ Dellucht

DJs brasileiros que tocam na cena irlandesa: DJ Dellucht

Colaborador E-Dublin

4 semanas atrás

Você já parou pra pensar quem são os DJs que tocam na maioria da festas brasileiras aqui em Dublin? Aliás, muitos deles, na real, tocam em várias festas com público irlandês também. A nossa colunista de música eletrônica, Julia Moreno, que também compartilha muita coisa bacana no Vibez, bateu um papo com 5 DJs brasileiros que fazem parte do cenário musical irlandês: Marc V, Dellucht, Rocco, Kalish e Reverbate.

Hoje, quem conta um pouco dessa trajetória é o DJ Dellucht.

Foto: Divulgação

Quando você começou a tocar e o que lhe inspirou pra que você escolhesse essa carreira?

Comecei a tocar no início de 2017, quando já residia na Irlanda. Sempre fui apaixonado por música eletrônica. Por conta disso, estava constantemente nos eventos que rolavam na minha cidade, no Rio de Janeiro. Eu gostava tanto da vibe e da alegria que precisava, de alguma forma, participar mais ativamente. Então, consegui minha primeira oportunidade para trabalhar como promoter de eventos.

Qual estilo você toca e quem são os DJs em que você mais se inspira? Conte-nos um pouco do processo criativo na montagem do seu set.

No início da minha carreira, comecei pelo estilo Brazilian Bass, um som com mais vocais e uma pegada mais brasileira. Aos poucos, fui me encontrando, conhecendo novos estilos até chegar ao Tech House/Techno. Uma pegada mais rápida, envolvente e que certamente não deixa ninguém parado. Para criar meus sets, uso bastante meu feeling e sempre me coloco no lugar do público. Busco estar sempre me atualizando e buscando novidade para trazer novos mixes.

Há quanto tempo você mora na Irlanda e por que escolheu aqui? Você acha que a Irlanda tem uma cena forte para música eletrônica? Por quê?

Vivo na Irlanda há 2 anos e meio. Escolhi viver aqui para aprender uma língua e viver novas experiências. A Irlanda apresenta uma boa cena eletrônica, assim como outras cidades próximas: Berlin, Ibiza, Londres etc.

Hoje você é DJ em tempo integral ou concilia a carreira com outros trabalhos? Como faz para conciliar essa jornada dupla?

Atualmente, trabalho em um coffee shop e sou DJ. Durante a semana, trabalho no coffee e, normalmente, aos finais de semana estou trabalhando em algum evento.

Quais são as suas baladas/clubes favoritos aqui na Irlanda? Existe algum DJ irlandês que chame a sua atenção?

Meus clubs favoritos sem dúvida são District 8, Opium, Button Factory. Uma DJ irlandsa que me chama muito a atenção é a Sarah Mooney, um som de alta qualidade e um carisma fora do comum. Ela certamente encanta.

Existe alguma dica que você dê pra galera que ainda está começando a tocar, ou pra quem é DJ e ainda está no Brasil com planos de vir pra Irlanda?

Seja focado, persista e não desista! Você é o responsável por onde você quer estar. Então, faça isso acontecer da melhor forma. Se esse é seu sonho, vá em frente… E o mais importante: esteja SEMPRE preparado, pois uma grande chance por vir quando se menos espera. Faça por amor, curta, dance, faça amigos e aproveite cada momento.

Se o pessoal quiser te achar online, quais os seus canais?

Rafael Dellucht (Facebook)

@delluchtdj (Instagram)

Delluchtdj (SoundCLoud)

Set

Julia Moreno,

Formada em fotografia e marketing, é apaixonada por música eletrônica, festas e festivais e está sempre em busca das melhores vibez que acontecem no mundo!

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar