Dublin Airport inicia testes da Covid-19 na quinta-feira

Dublin Airport inicia testes da Covid-19 na quinta-feira

Rubinho Vitti

1 semana atrás

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?

Duas empresas iniciarão testes em passageiros do Dublin Airport na quinta-feira, 19 de novembro. Randox e RocDoc vão oferecer uma espécie de “drive-through test” ou “walk-in test”, com preços que variam de 99 a 149 euros.

Os testes serão uma forma do passageiro que viajar para a Irlanda de um país classificado com as cores laranja e vermelho (a partir de 29/11) não precisarem fazer 14 dias de quarentena ao aterrissar no país se o resultado der negativo.

Os passageiros precisam fazer a pré-reserva com antecedência para fazer o teste. A capacidade das empresas ultrapassa os 12 mil testes por dia e, segundo o site do aeroporto de Dublin, vai ultrapassar 15 mil em breve.

Os aeroportos de Shannon e Cork já iniciaram, na semana passada, os testes em passageiros.

Preços dependem do tempo de espera para os resultados

Testes de Covid-19 serão feitos no Aeroporto de Dublin a partir de 19 de novembro. Foto: Mufid Majnun/Unsplash

Os testes da Covid-19 tem preços variados, dependendo da forma (PCR ou LAMP) e do tempo de espera para os resultados.

A empresa Randox, que uliliza o sistema walk-through e faz o teste PCR, irá cobrar 99 euros por teste realizado, com resultado em até 24 horas. Os testes serão feitos em um prédio existente próximo ao estacionamento do Terminal 2 e terá pontos de entrada e saída separados para os clientes.

Leia também: Governo irlandês pretende mover o país para o Nível 3 do lockdown em 1º de dezembro

Já a RocDoc (serviço drive-through) terá disponível o teste PCR (de 24 a 48 horas para o resultado) por 129 euros. Os testes LAMP da empresa terão resultados em 12 horas (149 euros) e expresso, em até 5 horas, por 159 euros, e serão feitos no estacionamento Express Green, que é acessado pela R132 (Old Airport Road).

Os preços são definidos pelas empresas em questão.

Todos os passageiros que precisam fazer um teste para viajar para outro país devem se familiarizar com os requisitos do país em questão em relação aos testes. Cada país define suas próprias regras em relação aos testes que reconhece.

Foto de capa: Mufid Majnun/Unsplash

 

Rubinho Vitti
Rubinho Vitti, Jornalista de Piracicaba, SP, vive em Dublin desde outubro de 2017. Foi editor e repórter nas áreas de cultura e entretenimento. Também é músico, canceriano e apaixonado por arte e cultura pop.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar