E Luluzinhas: O que levar ou não na mala

E Luluzinhas: O que levar ou não na mala

Elaine Wzorek

1 ano atrás

Quanto custa um intercâmbio?

Não vendemos pacotes e nem somos agência,
mas podemos te colocar em contato com elas.

Que atire a primeira pedra a mulher que nunca desejou ter nascido homem na hora de fazer as malas! Imagina então arrumar a mala para um período de intercâmbio?

© Narstudio | Dreamstime.com

O que levar nas malas para um intercâmbio?© Narstudio | Dreamstime.com

Calma garotas! A equipe feminina do E-dublin sabe exatamente o tamanho do desespero que toma conta de vocês na hora de decidir o que vai para a Irlanda e o que fica no Brasil. Por isso resolvemos condensar as centenas de posts do E-Luluzinhas  nesta lista, que pode ajudar você na hora de praticar o desapego:

Compre em Dublin sem medo

Roupas de inverno:
No Brasil, mesmo nos estados do sul, não temos roupas adequadas ao frio daqui. Por isso deixe para comprar quando chegar. Para quem aterrissa entre os meses de outubro e fevereiro, basta um bom agasalho para deixar o aeroporto.

Meia-calça:

 © Adrian Lewart | Dreamstime.com

A meia calça será um daqueles itens que você vai se apaixonar na Irlanda.© Adrian Lewart | Dreamstime.com

Mesmo se você não gosta, acredite, em Dublin você vai usar! É um artigo muito barato na Irlanda, de R$19,50 (4,50 euros). A variedade de cores, modelos, tamanhos e estampas é apaixonante!

Roupa de cama: (essa vale para os homens também)
É possível encontrar edredom (aqui é chamado duvet) a partir de R$ 30,00 (12 euros). Um cobertor de microfibra de casal sai por R$38,00 (16 euros). E ainda tem os cobertores elétricos, que podem ajudar muito nos dias mais frios e custam a partir de 50 reais (20 euros). Lençóis por R$15,00 (6 euros) e fronhas a partir de R$ 5,00 (2 euros).

Uma dica de outro é apostar nos charities shops para comprar coisas de casa. Levando em consideração que você permanecerá no país apenas por 8 meses inicialmente, e que quase sempre ao voltar para casa terá que se desfazer de volume extra, comprar nas second hand shops, representa uma economia importante, principalmente para quem chega com orçamento apertado.

Depilação:
Muitas brasileiras fazem depilação ao nosso estilo aqui em Dublin e cobram em torno de R$ 50,00 a virilha (20 euros). Se quiser se virar por conta própria, relaxa. Tem tudo aqui. Desde as folhas prontas até o refil de cera roll-on.

Secador de cabelo e chapinha:
Dá para comprar aqui sim. Os produtos são baratos e de qualidade. Se você trouxer do Brasil, vai ocupar um bom espaço na mala e ainda vai precisar de adaptador. A voltagem na Irlanda é 220.

Mala
Muita gente vêm com uma mala e volta com duas. Dá para comprar malas de qualidade e com bom preço em Dublin. Lojas como Pennys geralmente apresnetam bons preços.

TRAGA, PELO AMOR DE DEUS:

© Colicaranica | Dreamstime.com

A calcinha é algo ímpar e as brasileiras sempre reclamam das opções da Irlanda.© Colicaranica | Dreamstime.com

Calcinhas:

Sim. Traga muitas calcinhas do Brasil. Todas que puder! Esse é o conselho de 9 em cada 10 luluzetes. A maioria sentiu na pele o dilema de procurar a calcinha ideal nas lojas de Dublin. Ou elas são fio dental, ou elas são estilo caleçon, aquelas maiores que parecem um mini-shorts.

Medicamentos
Se você toma algum tipo de remédio controlado, traga receita médica em inglês e pesquise se o seu remédio está a venda na Irlanda. Caso contrário, traga para o ano todo, acompanhando a receita. Remédios para gripe e dor de cabeça dá para comprar na Irlanda sem receita. Anti-inflamatório e antibiótico só com receita.

Calça jeans
Muitas luluzet
es têm dificuldade para comprar jeans na Irlanda. Alguns modelos não favorecem o corpo das brasileiras, que na média tem o quadril mais largo.

Tem na Irlanda, mas pode trazer do Brasil

© Hans Slegers | Dreamstime.com

Calçados é um item super barato, mas de qualidade duvidosa.© Hans Slegers | Dreamstime.com

Calçados
Se chegar no frio, traga as botas que você tiver (de preferência sem salto). Calçados baratos encontramos aos montes aqui, mas nem todos são bons (por bons, entenda-se duráveis). Vale a pena trazer alguns pares diversos para os primeiros meses.

Unhas – esmaltes
Pode trazer alguns. Você pode se assustar ao encontrar vidrinhos por R$97,50 (22,52 euros). Muita calma nessa hora! Tem sim os mais baratos, que custam em média R$10,85 (2,5 euros). Acetona você compra aqui sem problemas.

Toalha de banho:
É um item bem baratinho aqui, R$12,00 (5 euros), mas… você vai querer tomar um banho assim que chegar, seja no hostel, na host family ou na acomodação estudantil. Vale a pena trazer uma toalha de banho na bagagem.

Higiene e beleza:
Tem uma variedade incrível de produtos de higiene e beleza em Dublin, desde os mais baratinhos até os mais caros. Mesmo assim, vale a pena trazer shampoo, condicionador, sabonete, desodorante e um creminho para os primeiros dias.  Coloração para cabelos você encontra de R$39 a R$56,00 (9 a 13 euros).

Maquiagem:

© Jakub Gojda | Dreamstime.com

As maquiagens são bem mais baratas na Irlanda.© Jakub Gojda | Dreamstime.com

Simples comparações respondem esse tópico: uma base Mat’ Morphose da Loreal custa no Brasil R$78,80. A mesma base em Dublin sai por R$60,00 (14 euros). Um blush da Bourjois no Brasil sai por R$ 76,00 e em Dublin por R$47,00 (11 euros). Traga só o que você já tem.

Anticoncepcional:
Na Irlanda só vende com receita médica. Nós aconselhamos trazer um pequeno estoque, suficiente para passar o ano (é difícil abrirem sua mala despachada, mas se acontecer podem pedir a receita, por isso venha prevenida).

Morrendo de vontade de saber mais sobre os preços, produtos e opções que encontramos aqui na Ilha? Se delicie com os sites de algumas das principais lojas que você vai visitar em Dublin:

Argos; Penneys; New Look; Boots; Dunnes; Arnotts; Easons

Também vale visitar as Charities Shop quando chegar. A economia pode ser incrível!

Você tem outras dúvidas sobre o que colocar na mala e o que abandonar no Brasil? Escreva nos comentários! Se você já está em Dublin, dê suas sugestões! Você concorda com a nossa lista? Conte aqui o que você trouxe e se arrependeu, ou o que você sente falta todos os dias!

*Valores aproximados, com base na cotação do euro comercial em 01/04/2019 (R$ 4,34).

Veja também

Quanto custa e como pagar por um intercâmbio

Elaine Wzorek
Elaine Wzorek, Co-fundadora do portal Reinventa Jornalista, brasileira, formada pela Universidade Tuiuti do Paraná, ex-repórter do E-Dublin TV. Em 2011, deixou o Brasil para aperfeiçoar o inglês e realizar mais um sonho: conhecer a Europa. O intercâmbio, em Dublin, deveria durar 6 meses, mas se estendeu por dois anos e mudou sua forma de ver a vida e a profissão.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar