Este site usa cookies para melhorar a experiência do usuário. Ao utilizar o nosso site você concorda com todos os cookies de acordo com nossa Política de cookies/privacidade. Concordo
E-Luluzinha

E-Luluzinhas – O que saber antes de namorar um Irlandês

postou em 29 ago 2018

Como é namorar um irlandês?

Como é namorar um Irlandês? Crédito: dreamstimes

Como é namorar um Irlandês? Crédito: Dreamstime

Se tem um assunto que gera altas histórias nas rodas de Luluzetes, é a interação com os gringos. E já que estamos entre eles, que tal descobrir como anda a relação com os locais? Será que anda rolando uns pegas com os irlandeses?

Como será ter um rolo, um namoro ou qualquer que seja o vucovuco com um homenzinho rosado? Os meninos que me desculpem, não estamos nem um pouco interessadas nas Irlandesas: isso é coisa para o Edu e o Homero. O papo aqui é entre Luluzinhas!!!!

Para ser justa, recorri à ajuda do E-Luluzinhas Groups. Reuni quatro irlandesas, muita história de bastidores e um irlandês rodado e experiente (achei que ele iria se defender, mas ele só piorou as coisas). O resultado? Confira abaixo.

Eles são lerdos, devagar ou qualquer outro adjetivo relacionado a timing. Chega a ser sacanagem comparar com os brazucas. Ok… Comecei pesado. Mas, para quem já tentou, sabe bem o que isso significa.

São feras em dar bolo, esquecer ou fingir que esqueceram. E são artistas na hora de pedir desculpas e acabam convencendo pela insistência. Sabe a Dory do filme “Procurando Nemo”? Não consigo encontrar melhor definição para os seres rosados!

A probabilidade de ele estar bêbado depois das 23h é de 95%. Então, ou você o encontra antes disso, ou fica bêbada com ele, ou vai passar o resto de seus dias brigando com o projeto de prova de testes da Guinness.

Beijo de língua! Bom, segundo as meninas do E-Luluzinhas, esse não é lá o forte dos garotos. Eles se contentam com selinho, principalmente quando estão em público.

Eles são amáveis e gentis, mas isso não significa andar abraçadinho ou trocando carícias por aí. A maioria ainda não aprendeu que namorados andam de mãos dadas. Teve gente que ficou indignada com essa parte. Mas as próprias irlandesas afirmaram que esses chamegos não são comuns por aqui. Lembrando: sempre há exceções.

O que diz o Jerry, as irlandesas e as E-Luluzinhas?

Jerry: Sim, estamos sempre bêbados, mas mesmo bêbados nunca admitimos e, mesmo em coma alcoólico, vamos pegar o seu número e ligar. Mas não estranhe… Às vezes demoramos meses até criar coragem.

Irlandesas: SIMMMMMMMMM… mas como nós quase sempre também estamos, tudo bem.

E-LuluzinhasJá tive que sair arrastando meu bofe várias vezes… E quando digo arrastando, falo sério.

Os irlandeses são realmente lentos ou isso é uma questão cultural?

Preparem-se. O ritmo dos irlandeses pode ser bem diferente do ritmo dos brasileiros. Credito: Dreamstime

Preparem-se. O ritmo dos irlandeses pode ser bem diferente do ritmo dos brasileiros. Crédito: Dreamstime

E-Luluzinha: SIIMMMMM, eles são muito devagar. A gente tem quase que agarrar o bofe para ele agir. Saí com um cara por várias vezes, e ele só me beijou depois do 3° encontro. Sexo?? Só depois de dois meses!

Irlandesas: Eles são confusos, inseguros e procuram a figura da mãe nas namoradas. Talvez por isso demorem tanto para tomar uma atitude e assumir um relacionamento. (Oi??)

Jerry: Levando em consideração as brasileiras, a questão cultural conta muito e, como nós já somos meio atrapalhados para lidar com a mulherada (mesmo as que conhecemos bem), a situação piora. Talvez por essa razão passemos a impressão de lentidão. Mas uma coisa posso afirmar com certeza: somos inseguros.

Eles são frios ou tímidos?

Bom, a julgar por essa galera, a questão cultural aqui conta ponto. SIM, europeu em geral é mais reservado, “frio”, como dizemos. Beijos são escassos até em casa.

Mãos unidas? Para quê? Deem uma olhada nos pubs. Fica difícil saber quem é casal ou não. Até o xaveco na baladinha é xoxo.

Eles realmente bebem para criar coragem e, quando falo coragem, isso significa apenas chegar até você.

A noite pode rolar solta, muita conversa e nada de beijos. Às vezes, um na despedida ou, talvez, no próximo encontro. Isso é bem comum.

Ok! Ok! Ok! Você também pode encontrar uns mais saidinhos, que acreditam toda brasileira ser uma passista de escola de samba.

Passei por tudo isso, estou saindo com um irlandês, mas ainda não sei se é namoro

Voltemos à questão do timing. Com os brasileiros, a coisa é mais simples: ou eles querem algo ou não. A gente logo descobre pela falta de ligações, mensagens, etc.

Já com os irlandeses… Bom, eles são péssimos nesse ponto. Você conhece um deles, sai uma, duas, três, quatro, cinco vezes e, ainda assim, não ficará claro o que ele realmente quer.

Ele pode estar apaixonadíssimo hoje e demorar duas semanas para ligar. Isso é sério.

O que acontece, na maioria das vezes, é que as meninas desistem por achar que o bofe só está curtindo com elas. Meninas, volta tudo. Acreditem, eles são realmente slow!

Quer um exemplo? A Luisha é irlandesa e me contou que, quando conheceu o Gerald, seu esposo, ele disse: “Vou te ligar para um jantar”. Do convite à realização do encontro foram exatos cinco meses! Ok! Ok! Ok! Parece horrível, mas o jantar aconteceu, e eles estão juntos há sete anos.

O Jerry contou uma coisa curiosa sobre esse aspecto. Para ele, a maioria dos irlandeses demora a se decidir sobre uma garota, justamente por medo da reação da família, em especial da mãe.

Outra coisa é o fato de o irlandês ser muito regionalista, ou seja, na hora de levar alguém a sério, quase sempre será alguém da região, da mesma cidade, do mesmo convívio. Como eles mesmo costumam dizer, “irish people is so cautious”.

Qual o ponto fraco dos irlandeses?

Intimidade em público não é o forte dos irlandeses. Crédito: dreamstime

Intimidade em público não é o forte dos irlandeses. Crédito: Dreamstime

Dou-lhe uma, duas, três… Alguma aposta???? Alcohol!!! Sim, meninas, respirem sossegadas: os irlandeses não costumam ser mulherengos e, mesmo bêbados (quase sempre), eles não olham “tanto” para os lados. Mas a concorrência com os pubs é fortíssima. Então, prepare-se.

Se você for uma daquelas que adora pegar no pé por conta das saidinhas do bofe, caia fora. Porque é mais fácil um irlandês largar você por conta de uma birita que por uma mulher!

Então, respire fundo e bem-vinda ao universo das AAA (apaixonadas por alcoólatras anônimos). Claro que no sentido divertido da história!!!

Sobre o Autor


Uma vida sem desafios não foi desenhada para essa baiana de Salvador. Jornalista por profissão, já passou por editorias de moda, gastronomia, história e turismo. Amante das viagens, coleciona mais de 80 destinos no passaporte. Quer saber mais? Corre porque até você terminar de ler esse perfil já terei alguma novidade.

Veja todos meus outros Posts

Orçamento Fácil

Preencha um formulário e receba orçamento de escolas e agências

Comece agora

E-Dublin: Tudo sobre Intercâmbio


Recentes e populares

Crônicas

Amor no intercâmbio

4 meses atrás, por Colaborador E-Dublin
Crônicas da Ilha

A Namorada

4 meses atrás, por Leandro Mota
Conte Sua Historia

A caça ao gringo perfeito no intercâmbio?

4 meses atrás, por Colaborador E-Dublin
Divã E-Dublin

Relacionamentos à Distância

4 meses atrás, por Juliana Polydoro
Irlanda

4 aplicativos de paquera que bombam na Irlanda

1 ano atrás, por Elizabeth Gonçalves
E-Dublin TV

PCVV Especial Dia dos Namorados

2 anos atrás, por Tarcisio Junior
Crônicas da Ilha

Três casais e um oceano no meio

3 anos atrás, por Leandro Mota