Edu Giansante inicia lives sobre carreira no exterior

Edu Giansante inicia lives sobre carreira no exterior

Rubinho Vitti

1 mês atrás

A Websérie: Minha Carreira no Exterior começa uma série de lives realizadas entre Edu Giansante, CEO do E-Dublin, e os três selecionados para as mentorias gratuitas sobre vários fatores importantes para quem quer trabalhar fora do Brasil.

A primeira live começa nesta segunda-feira, 25 de maio, às 19h (horário do Brasil), via Youtube do E-Dublin. Nela, os brasileiros selecionados Ludmilla, Clara e Carlos vão conversar com o Edu sobre autoconhecimento e fundamentos.

A ideia, segundo Edu, é mostrar alguns princípios para os futuros candidatos a empregos no exterior, mostrando seus pontos fortes e objetivos.

As lives continuam nesta semana. Na terça-feira, 26 de maio, o tema é Seu CV e LinkedIn: transformando seu conhecimento em uma história contada e impactante.

Na quarta-feira, Edu fala sobre Buscar emprego e ser encontrado: criando relevância para recrutadores, hiring managers e encontrando oportunidades de emprego.

Para ser notificado sobre todas as lives basta fazer sua inscrição online.

Edu leva experiência no exterior em mentorias gratuitas

Edu Giansante tem uma bagagem de conhecimento invejável quando se fala sobre carreira no exterior. Sua trajetória, que começou há 12 anos como intercambista na ilha, mostra como é possível ser protagonista da própria história e conseguir um alto patamar em relação a trabalho, mesmo em um país completamente diferente.

Ele conta que chegou na Irlanda sem inglês, sem cidadania e fora da área de TI, a mais reconhecida por oferecer uma grande oportunidade de visto de trabalho. “Consegui um emprego de 20h semanais em uma agência de publicidade na minha primeira semana na Irlanda. Eu cheguei a ganhar 420 euros por mês, por conta da crise de 2008”, disse.

Leia também: E-Dublin XP Online: carreira e trabalho no exterior

No primeiro visto de trabalho, Edu montou uma equipe e cresceu, ganhando um cargo global. “Fui chamado para outra multinacional, o Dropbox, em 2014. Consegui um segundo visto de trabalho. Construí todos os programas de comunidade do Dropbox do zero. Eu era a única pessoa do Dropbox inteiro na minha função, reportando diretamente para a matriz em São Francisco”, afirma.⠀

Edu resolveu mudar de vida drasticamente em 2018 para focar em novos projetos, como oferecer mentorias para startups e profissionais no exterior. Todo esse conhecimento agora ele também leva aos brasileiros com a websérie Minha Carreira no Exterior.

Leia também: Como se preparar para conseguir emprego no meio da crise do COVID-19

Veja também

Como contratar um intercâmbio na Europa

Rubinho Vitti
Rubinho Vitti, Jornalista de Piracicaba, SP, vive em Dublin desde outubro de 2017. Foi editor e repórter nas áreas de cultura e entretenimento. Também é músico, canceriano e apaixonado por arte e cultura pop.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar