Em apuros com o inverno europeu? Se ligue nessas dicas

Em apuros com o inverno europeu? Se ligue nessas dicas

Elizabeth Gonçalves

2 anos atrás

Siga o E-Dublin no Instagram

Chuva, frio e ventanias são constantes no inverno irlandês e fazem com que essa estação seja bem diferente daquele inverno que estamos habituados.

Mesmo assim, com algumas atitudes é possível passar por essa temporada sem grandes traumas. Confira algumas dicas!

Foto: Shutterstock

Foto: Shutterstock

Aproveitar a luz do dia

Somados às baixas temperaturas, os dias curtos, cinzentos e chuvosos do inverno irlandês são os principais desafios para os brasileiros na Ilha Esmeralda, já que estamos acostumados a dias claros e ensolarados durante grande parte do ano.

Entre os meses de dezembro e fevereiro, a Irlanda tem, em média, 7 horas e meia de claridade, sendo que por volta das 16 horas já está tudo escuro. Segundo especialistas, a ausência de luz natural pode contribuir para que desenvolvamos a chamada depressão sazonal. Por isso, durante essa época é interessante organizar as suas atividades de forma a aproveitar ao máximo a luz do dia, e, com sorte, apreciar um pouquinho do sol quando ele aparecer.

Conta de energia

shutterstock_562181419

Fonte: Shuttertock

Economizar energia elétrica no inverno é um desafio daqueles, mas com algumas mudanças de hábito torna-se possível fazer com que a chegada da conta não se transforme num pesadelo para a sua vida financeira.

Usar a capacidade máxima da sua máquina de lavar e também programá-la para lavar suas roupas em água fria, por exemplo, são maneiras de economizar na conta. E se utilizar a secadora for imprescindível, seque peças pesadas separadamente das mais leves. Também desligue a secadora assim que suas roupas estiverem secas, já que ir dormir e deixá-la funcionando a noite inteira não é uma boa ideia.

Outro item doméstico que consome bastante energia é o forno, por isso as companhias de eletricidade recomendam que ele seja utilizado de forma mais eficiente. Uma das dicas é assar mais de uma coisa ao mesmo tempo.

Também evite deixar sua TV no modo standby, pois dessa maneira ela consome praticamente a mesma quantidade de energia quando ligada.

Por fim, vamos falar dos aquecedores, os grandes vilões da conta no inverno. É claro que não precisamos congelar dentro de casa, mas esteja certo de que seu bolso agradece se ele for utilizado racionalmente. Um exemplo é fazer uso da função timer, presente em alguns aparelhos, pois assim ninguém corre o risco de esquecê-lo ligado sem necessidade durante toda a noite ou quando a casa estiver vazia.

Sapatos

Chuva é algo bem constante na Irlanda. No inverno, então, ela não dá trégua e aparece por aqui praticamente todos os dias. Portanto, guarde aquele seu tênis ou aquelas sapatilhas favoritas para a chegada da primavera e adquira um par de sapatos que seja impermeável e com solado antiderrapante, pois eles manterão seus pés aquecidos e secos, além de serem mais seguros, caso a neve apareça algum dia por aqui.

Roupas

Foto: Shutterstock

Foto: Shutterstock

Como na Irlanda o vento é um grande inimigo nessa estação, reforçamos aqui que, além do casaco, você não deve se esquecer de vestir sua touca antes de sair de casa para proteger os ouvidos, além, é claro, de usar um cachecol a fim de evitar uma desagradável dor de garganta.

Pele e saúde

Com o frio, acabamos bebendo menos água durante o inverno, mas é importante rever esse hábito, já que ela é essencial para nos mantermos hidratados – e isso inclui a nossa pele, que pode sofrer danos.

Também manere nos banhos ultra quentes, pois eles tiram a hidratação natural da pele. Outra consequência da água escaldante é o aparecimento das indesejáveis caspas. Lembre-se de ter um hidratante sempre em mãos e de aplicá-lo, principalmente, logo após sair do chuveiro.

Mesmo com níveis muito baixos, praticamente nulos, os raios ultravioletas podem ser nocivos, portanto, jamais abra mão do seu protetor solar!

Lábios rachados estragam a aparência de qualquer um, além de serem mega doloridos na hora de se alimentar. Para evitar esse transtorno, carregue sempre um protetor labial, como manteiga de cacau, por exemplo, e reaplique várias vezes durante o dia.

Revisado por Tarcísio Junior
Imagens via Shutterstock
Encontrou algum erro ou quer nos comunicar uma informação?
Envie uma mensagem para [email protected]

Elizabeth Gonçalves
Elizabeth Gonçalves, Jornalista viciada em cinema, música e literatura. Paulistana, se apaixonou por Dublin, onde mora há cinco anos e sonha em fazer uma viagem de volta ao mundo.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar