Em crise, RTÉ anuncia cortes e diminuição de estrutura na Irlanda

Em crise, RTÉ anuncia cortes e diminuição de estrutura na Irlanda

Rubinho Vitti

2 semanas atrás

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?

A RTÉ, maior rede de rádio e televisão da Irlanda, anunciou que vai entrar em uma reformulação financeira, cortando cerca de 200 empregos, diminuindo salários, fechando estúdios e revendo sua estrutura. A implementação de todas essas decisões acontece durante os próximos três anos, e a ideia é uma economia de 60 milhões de euros, necessária para a crise que a emissora está enfrentando.

A diretora geral da RTÉ, Dee Forbes, fez as declarações para um programa de rádio da própria emissora sobre os cortes e a reestruturação econômica da RTÉ. Foto: Divulgação

A RTÉ — Raidió Teilifís Éireann — é uma empresa pública de comunicação na Irlanda e existe desde 1926 como rádio e desde 1961 como televisão. A diretora geral da RTÉ, Dee Forbes, abordou a situação no programa Morning Ireland RTÉ Radio One, na manhã desta quinta-feira, 8 de novembro. Entre as ações planejadas para o remanejamento, está o fechamento de um estúdio em Limerick, fechamento de estações de rádio digital, além do serviço Aertel.

Na próxima semana, os funcionários vão receber o plano sobre o corte salarial de 15% para apresentadores que estão no topo do escalão e um congelamento de salários para todos os funcionários. A alta gerência verá seu salário reduzido em 10%, inclusive de Forbes.

Leia também: Programas da TV irlandesa e outras mídias para ajudar no seu inglês

Segundo afirmou Forbes, “o governo precisa agir para garantir que haja um futuro para a mídia de serviço público na Irlanda”. “Está claro sobre o papel que a RTÉ deve desempenhar na vida irlandesa, mas também estou ciente de que não podemos fazer isso a menos que o governo conserte o sistema de licenças de TV”, disse.

Ela seguiu criticando a forma como o governo da Irlanda está tratando o assunto. “Continuamos em discussões com o governo. Estamos fazendo todo o possível para retornar a RTÉ a uma posição financeira estável, mas não poderemos reinventar a mídia pública para as gerações futuras, nem cumprir nossa missão, sem a reforma imediata do sistema de licenças de TV. ”

Leia também: Reagindo a comerciais de TV irlandeses

Em comunicado, a RTÉ afirmou que a evasão de taxas de licença na Irlanda estão entre as mais altas da Europa e estão “custando empregos”. A emissora afirma que “mais de 50 milhões de euros são perdidos na transmissão pública todos os anos”.

O governo respondeu dizendo que está estudando a reforma da taxa de licença sem afirmar exatamente o que será feito. Mas também lembrou que a emissora apresenta salários altos e que é preciso cortar gastos.

Rubinho Vitti
Rubinho Vitti, Jornalista de Piracicaba, SP, vive em Dublin desde outubro de 2017. Foi editor e repórter nas áreas de cultura e entretenimento. Também é músico, canceriano e apaixonado por arte e cultura pop.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar