Este site usa cookies para melhorar a experiência do usuário. Ao utilizar o nosso site você concorda com todos os cookies de acordo com nossa Política de cookies/privacidade. Concordo
Conte Sua Historia

Em oito meses na Irlanda trabalhei em 5 empregos diferentes

Colaborador E-Dublin postou em 10 jan 2019

Hoje vamos fugir um pouco da regra e contar não apenas sobre um subemprego, mas vários. Aliás o post de hoje também serve para ilustrar que nem sempre as coisas saem como o planejado e ter num plano B na manga, durante o seu intercâmbio na Irlanda, além de muita disposição para o aprendizado são fatores que com certeza te ajudarão a segurar as pontas.

E a nossa vítima é paulistana, tem 30 e se chama Bianca Lisboa.

Prepare-se para se aventurar em diferentes empregos durante o ntercâmbio. © Lexandr Lexandrovich | Dreamstime.com

Prepare-se para se aventurar em diferentes empregos durante o ntercâmbio. © Lexandr Lexandrovich | Dreamstime

A Bia passou oito meses em Dublin e nesse período descobriu que para encarar um intercâmbio você precisa antes de mais nada senso de aventura, coragem e muita predisposição para mudanças.

Cheguei achando que encontraria uma vaga de lanchonete, primeiro engano. O mais perto que cheguei de uma cozinha foi como a cortadora de legumes fraquinha (como o cretino do cozinheiro me chamada), mas garçonete que é bom, nadinha.

Eu também cheguei repleta de planos. Achei que ia dar aquele mega plus no meu currículo, fazer curso disso e daquilo, embarcar num mestrado e sair daqui com três páginas extras no currículo com um monte de siglas de instituições irlandesas estampadas. Hahahahha. Engano número dois. Com dois meses percebi que era melhor engavetar esses projetos e me jogar numa experiência incrível e muito mais maluca que eu poderia um dia imaginar. Mas que não tinha nada a ver com meu projeto INTERCÂMBIO PERFEITO.

Foi ai que eu entendi que antes de mais nada eu tinha mesmo era que trabalhar para pagar minhas contas e seja no que fosse. Fiz meu currículo FAKE. Faça você vai precisar de um! E de preferência cheio de experiências (se é que você me entende).

Na Irlanda você vai precisar de um CV para funções diferentes. © 9dreamstudio | Dreamstime.com

Na Irlanda você vai precisar de um CV para funções diferentes. © 9dreamstudio | Dreamstime

Meu primeiro emprego foi por indicação. Foram apenas três dias como housekeeper – Quase morri.

Emprego número dois. Indicação novamente. Só que esse era um pouquinho pior. Íamos em duas faxinar em casas que tinham acabado de ser construídas ou reformadas. Aff. Quase morri parte 2.

Emprego número três. Que me desculpem as meninas que amam ser nanny. Ou foi muita falta de sorte, ou essa foi a pior das piores famílias. Fui parar numa casa com duas crianças psicopatas e agressivas, uma mãe louca que separava até a quantidade de uvas que cada criança comeria no lanche e que tinha uma relação de amor com pimentão. Já que o cardápio era pimentão dia e noite.

Como veem. Isso tudo não foi lá um bom começo. Mas conversa daqui e dali, acabei embarcando numa de trabalhar por agência. Lembram do CV fake? Foi com ele debaixo do braço que lá fui eu tentar ser a mais nova agenciada de Dublin.

Você deve estar se perguntando. Nossa muita falta de sorte. Pode ter sido, mas eu confesso que hoje, olhando de fora da situação vejo que essa experiência foi muito bacana. Serviu, por exemplo, para eu descobrir que sou uma menina muito mais forte que eu imaginava.

Foi na Irlanda que eu acabei tendo contato com gente de lugares que nem conseguia localizar no mapa, pessoas essas que me mostraram um novo sentido para a vida. Gente que passa dois anos em cada país, se virando nos 30 e que carregam uma bagagem muito mais rica que qualquer CV que você produz em apenas duas folhas de papel sulfite.

Aprendi também, que muitas vezes é necessário engavetar alguns dos seus projetos e se deixar levar por um mundo imprevisível. Então, você ai que esta fazendo as malas, venha ciente que o intercâmbio perfeito muitas vezes só existe nos folders das agências de intercâmbio, mas que mesmo com todas as surpresas que você possa encontrar em outro país, ter mente aberta e disposição para o novo, fará da sua experiência memorável!

Imagens via Dreamstime
Encontrou algum erro ou quer nos comunicar uma informação?
Envie uma mensagem para [email protected]

Sobre o Autor


Este conteúdo - assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios - é de responsabilidade do colaborador do E-Dublin e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Quer ver sua matéria no E-Dublin ou ficou interessado em colaborar? Envie sua matéria por aqui!

Veja todos meus outros Posts

Orçamento Fácil

Preencha um formulário e receba orçamento de escolas e agências

Comece agora

E-Dublin: Tudo sobre Intercâmbio


Recentes e populares

E-Luluzinha

4 aplicativos de paquera que bombam na Irlanda

1 semana atrás, por Elizabeth Gonçalves
Cultura

Você sabia? Velório irlandês

2 semanas atrás, por Ávany França
Cultura

Cinco coisas para sentir saudades da Irlanda

2 semanas atrás, por Elizabeth Gonçalves
Agenda Cultural

Como surgiu a Dança Irlandesa?

2 semanas atrás, por Ávany França
Agenda Cultural

10 eventos imperdíveis em Dublin em fevereiro

3 semanas atrás, por Elizabeth Gonçalves
Baladas e Pubs

5 pubs com lareira pra você se esquentar nesse inverno

3 semanas atrás, por Elizabeth Gonçalves
Alimentação

Excentridades irlandesas

3 semanas atrás, por Ávany França
Cursos de Inglês

Como é estudar inglês na Irlanda

4 semanas atrás, por Colaborador E-Dublin