Entenda como funciona o ‘lockdown’ na Irlanda

Entenda como funciona o ‘lockdown’ na Irlanda

Rubinho Vitti

2 meses atrás

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?

Oficialmente em “lockdown” — termo utilizado para o bloqueio social durante o surto do Covid-19 — a Irlanda determinou, na noite de sexta-feira, 27 de março, que as pessoas saiam de casa apenas para o necessário. Em pronunciamento, primeiro-ministro irlandês Leo Varadkar disse que as ações são uma forma de tentar barrar a disseminação do novo coronavírus.

As principais medidas são mais rígidas e impõem uma série de restrições. Listamos o que pode e o que não pode ser feito durante o ‘lockdown’ e quais podem ser as consequências para quem desobedecer as regras.

‘Lockdown’ permite que moradores da Irlanda saiam de casa apenas para o essencial. Foto: Jose Fontano/Unsplash

O que não pode:

  • Sair de casa. As pessoas não devem sair de casa em nenhuma circunstância. Apenas para casos essenciais (veja abaixo) e absolutamente sozinhas.
  • Utilizar transporte público. Ônibus, Luas ou Dart devem ser utilizados apenas para uso de transporte para o local de trabalho.
  • Utilizar carro. Viagens devem ser feitas apenas por motivos essenciais (ver abaixo).
  • Reuniões públicas. As pessoas não podem sair acompanhadas às ruas, mesmo com um integrante da mesma família ou morador da mesma casa.
  • Receber visitas. As pessoas estão proibidas de receber visitas em casa, sejam elas amigos ou familiares.
  • Consultas não urgentes. Todas as cirurgias não essenciais e procedimentos de saúde foram adiados.

O que pode:

  • Sair de casa apenas para trabalho ou assistência social ou outro serviço essencial que não pode ser feito em casa.
  • Comprar alimentos essenciais e utensílios domésticos (pode ser mais de 2km de casa, caso seja necessário). Um site auxilia você a saber até onde pode caminhar a partir da sua casa.
  • Comparecer a consultas médicas de urgência.
  • Coletar medicamentos em farmácias.
  • Visitar familiares se for vital, como cuidar de crianças, idosos ou pessoas vulneráveis, mas excluindo as visitas familiares sociais.
  • Fazer um breve exercício físico a 2 km da sua própria casa.

Serviços essenciais que seguem em operação:

  • Comércio varejista e atacadista de alimentos, bebidas e jornais.
  • Comércio varejista de produtos de consumo doméstico necessários para manter a segurança e o saneamento de residências e empresas.
  • Farmácias / varejistas e prestadores de serviços farmacêuticos ou de distribuição.
  • Comércio varejista de artigos médicos e ortopédicos em lojas especializadas.
  • Estações de combustível e fornecedores de combustível para aquecimento.
  • Venda a varejo de itens essenciais para a saúde e bem-estar dos animais, incluindo ração e medicamentos, alimentos para animais e suprimentos de animais, incluindo roupas de cama.
  • Lavanderias e tinturarias.
  • Bancos, correios e cooperativas de crédito.
  • Venda a varejo de lojas de suprimentos de segurança (roupas de trabalho, equipamentos de proteção individual, por exemplo).
  • Dublin Airport segue aberto para repatriação de irlandeses e para viagens consideradas essenciais. Para saber informações sobre voos, é preciso entrar em contato com as empresas de aviação.

O que segue fechado:

O que os empregadores devem fazer

Serviços como supermercados e varejões permanecem abertos durante o ‘lockdown’. Foto: Pxhere

Os empregadores devem seguir a orientação do governo e analisar se sua organização está fornecendo um serviço essencial. Se fornecer um serviço essencial, o empregador deve identificar os funcionários (incluindo subcontratados e assim por diante) que são essenciais para a prestação desse serviço e notificá-los. As orientações mais recentes sobre saúde pública devem ser seguidas o tempo todo caso o estabelecimento permaneça aberto.

O que os funcionários devem fazer

Se o empregador notificar que você é um funcionário essencial ou que pertence a uma categoria de funcionários essenciais, você poderá viajar de e para o trabalho. Ao viajar para e do trabalho, você deve sempre trazer consigo uma identificação do trabalho ou uma carta do seu empregador indicando que você é um funcionário essencial, bem como outra forma de identificação.

Se você é um voluntário que trabalha como parte da resposta da comunidade nacional, tem permissão para viajar para esse fim, por exemplo, se estiver entregando comida, suprimentos ou remédios a uma pessoa que está vulnerável.

Redução do transporte público

Como já explicado acima, o transporte público deve ser utilizado apenas para quem precisa ir a trabalho para serviços essenciais. Por isso, a Irlanda diminuiu o fluxo de ônibus e trens. Os serviços operarão com horários reduzidos, variando de 45% a 80% da capacidade normal, a partir da próxima semana.

Quais são as punições para quem quebrar as regras

Garda está fazendo uma força tarefa para controlar se população está seguindo as medidas. Foto: Divulgação

A Gardai (polícia irlandesa) lançou uma grande operação de policiamento para garantir que o público cumpra as medidas de bloqueio. Haverá patrulhamento pelos membros da Garda em todo o país durante o fim de semana, o que envolverá milhares de Gardai a pé, de bicicleta e patrulhas móveis.

A Gardai disse que intervirá onde os locais e estabelecimentos não estão em conformidade ou onde grupos de pessoas não estão aderindo às medidas recomendadas. Até o momento, não houve anúncio de multas ou outras punições que a Garda possa aplicar durante as intervenções, mas os policiais contam com o auxílio e entendimento da população quando forem abordadas. Caso contrário, podem ser acusadas de crime contra o Estado.

Veja também

Como cuidar da saúde durante uma viagem no exterior?

Rubinho Vitti
Rubinho Vitti, Jornalista de Piracicaba, SP, vive em Dublin desde outubro de 2017. Foi editor e repórter nas áreas de cultura e entretenimento. Também é músico, canceriano e apaixonado por arte e cultura pop.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar