Entregadores em Dublin discutem dificuldades em reunião virtual

Entregadores em Dublin discutem dificuldades em reunião virtual

Rubinho Vitti

2 semanas atrás

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?

Entregadores de aplicativos de delivery farão uma reunião virtual aberta neste sábado, 13 de fevereiro, às 15h (horário da Irlanda), para discutir as necessidades e dificuldades que eles encontram ao trabalhar em Dublin.

Entre os temas discutidos estão segurança, organização e bem-estar dos entregadores. O evento é gratuito e acontece na plataforma Zoom.

“O objetivo é reunir os trabalhadores, ‘riders’ do Deliveroo e de outros aplicativos, para que eles possam se organizar melhor”, afirmou uma das organizadoras do evento, Fernanda Otero.

“Existem muitas maneiras de se organizar na Irlanda e muitas vezes esse pessoal não conhece, não sabe, não tem informação dos direitos e das possibilidades que a gente tem aqui, as coisas que a gente pode fazer”, disse.

Segundo ela, é importante mostrar que não existe apenas a Garda (polícia irlandesa) para resolver os problemas enfrentados pelo grupo de entregadores. “Claro que a gente precisa de fiscalização, mas se eles estiverem organizados, puderem interagir mais entre eles, talvez tenha um efeito maior”, ressaltou.

Reunião discutirá animosidade entre entregadores e grupos de jovens irlandeses

Entregadores estão tendo dificuldade de trabalhar nas ruas de Dublin por conta da violência. Foto: Unsplash

A reunião acontece depois que um embate maior entre entregadores e grupos de jovens irlandeses tem crescido em Dublin, criando uma atmosfera de animosidade nas ruas.

Fernanda enfatiza ainda que pretende discutir uma mudança de atitude e tomada de consciência também por parte dos brasileiros, mostrando o ponto de vista dos adolescentes. Para ela, o problema pode ter uma questão mais educativa.

“Estamos lidando com a violência diariamente, a violência está aumentando, mas a nossa atitude pode fazer muita diferença. Falta bastante respeito da nossa parte, do brasileiro em geral. É uma coisa que precisamos tomar um pouco de consciência do nosso papel”, disse.

Fernanda é tradutora e intérprete, jornalista e professora de inglês e mora na Irlanda há cinco anos.

Congresso irlandês tem ouvido os entregadores

Fernanda destaca que durante a reunião deste sábado haverá a participação do deputado (TD) irlandês Gino Kenny, do partido Solidarity – People Before Profit. Ele estará como ouvinte. “Também vão participar membros que organizam os sindicatos daqui, pessoas que têm experiências com organização de trabalhadores.”

Ela também ressaltou que, recentemente, houve uma reunião entre representantes dos entregadores e das empresas de delivery com a senadora Mary Seery-Kearney, do Fine Gael, que prometeu levar as demandas ao primeiro-ministro irlandês, Michael Martin.

Segundo o jornal The Independent, a senadora procurou reunir os dois lados para discutir a violência nas ruas de Dublin com os entregadores. “É completamente inaceitável que entregadores ciclistas estão enfrentando um problema sério de segurança pessoal durante os seus trabalhos essenciais”, disse.

 

 

Rubinho Vitti
Rubinho Vitti, Jornalista de Piracicaba, SP, vive em Dublin desde outubro de 2017. Foi editor e repórter nas áreas de cultura e entretenimento. Também é músico, canceriano e apaixonado por arte e cultura pop.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar