Entregadores planejam ‘greve geral’ na Irlanda

Entregadores planejam ‘greve geral’ na Irlanda

Rubinho Vitti

1 mês atrás

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?

Entregadores (deliveries) decidiram fazer uma greve geral na Irlanda como forma de chamar a atenção a vários pontos, mas principalmente por melhores condições de trabalho.

De acordo com texto divulgado pelos entregadores, a paralisação acontecerá na sexta-feira, 22 de janeiro, a partir das 18h.

Por causa do lockdown, ao invés de aglomerar em um protesto nas ruas, a ideia é movimentar as redes sociais através de fotos com as hashtags #DeliverooRidersStrike #dublin #deliveroo e marcar o @Deliveroo e @Deliveroo_ie nas postagens.

Entre os motivos da paralisação estão ainda mais segurança, melhor remuneração nas taxas de entrega e padrão no valor das entregas.

Reclamações acontecem desde 2019

Protestos em 2019 já pediam melhores condições de trabalho na Irlanda. Foto: Rubinho Vitti

O entregador brasileiro Filipe, de 28 anos, natural de Varginha, é entregador desde março de 2018, quase 3 anos. Ele disse que os valores dos pagamentos eram maiores, “com entrega mínima de 4,25 euros, independente da distância”.

“Hoje é de € 2,90 e também todas as entregas estão mais distantes e estamos ganhando mesmo menos. Durante os dois últimos anos, o Deliveroo vem reduzindo os valores”, disse.

Segundo ele, a média por entrega varia muito de acordo com a distância. “Tem entregadores que só fazem entregas curtas e outros somente longe, não há uma média exatamente. O salário também varia muito, eu por exemplo, a cada semana faço um valor diferente”, diz.

Segundo ele, o descontentamento dos entregadores acontece desde 2019, quando houveram os primeiros protestos. “Fizemos de tudo, falamos com Deliveroo, reuniões, etc… e nunca houve nenhum tipo de melhoria”, afirmou.

O E-Dublin tentou contato com a assessoria de imprensa do Deliveroo para esclarecer os pontos citados na matéria, mas até o fechamento desta edição não houve resposta.

Leia também: Como é o trabalho de entregador na Irlanda?

Rubinho Vitti
Rubinho Vitti, Jornalista de Piracicaba, SP, vive em Dublin desde outubro de 2017. Foi editor e repórter nas áreas de cultura e entretenimento. Também é músico, canceriano e apaixonado por arte e cultura pop.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar