Escola de Samba em Dublin faz sucesso há mais de 20 anos

Escola de Samba em Dublin faz sucesso há mais de 20 anos

Rubinho Vitti

4 meses atrás

Os brasileiros que moram na Irlanda fazem com que o dia a dia da ilha seja tomado pela cultura verde-amarela. Mas o que muitos não sabem é que a paixão pelo Brasil também mora no coração de grande parte dos irlandeses. Exemplo disso é o MaSamba — The Sounds of Brazil, um grupo de irlandeses que resolveu montar sua própria escola de samba, literalmente.

Além de apresentações com batuque, passistas e muita animação, o MaSamba também dá aulas do ritmo para quem quiser aprender o gingado brasileiro.

Mais de 20 anos de existência

Foto: Divulgação/MaSamba

Irlandeses formaram escola de samba em Dublin há mais de 20 anos. Foto: Divulgação/MaSamba

MaSamba Samba School nasceu em 1994, durante o Big Bang Festival, que ocorreu no City Arts Centre, em Dublin. “Somos apaixonados pela cultura brasileira e trabalhamos arduamente para nos tornarmos o melhor grupo de samba da Irlanda”, afirmou Simeon Smith, fundador do grupo, em entrevista para o E-Dublin.

Formação conta com 20 instrumentistas e dançarinos

Foto: Divulgação/MaSamba

Além dos irlandeses, o grupo MaSamba conta com a participação de brasileiros. Foto: Divulgação/MaSamba

A bateria do MaSamba é formada por 20 percussionistas experientes, além de dançarinos. Alguns também são brasileiros, que resolveram se unir a essa paixão. O guarda-roupas do grupo tem fantasias para Sapucaí nenhuma botar defeito. Ou seja, um desfile de Carnaval completo.

A escola não se prende apenas ao Carnaval e mistura muitos ritmos além do tradicional. O grupo também apresenta reggae, funk, maracatu, ijexá, coco, hip-hop, samba-rock e aposta no experimentalismo. Até a música irlandesa é misturada ao ritmo brasileiro sem nenhum impedimento ou pudor.

Leia também: Gringos reagindo ao carnaval

Apresentações memoráveis

O grupo já se apresentou em diversas ocasiões. Entre elas, no desfile do St. Patrick’s Festival. O patrono do grupo é, inclusive, Michel D. Higgins, presidente da Irlanda.

O MaSamba também já tocou nos principais pubs de Dublin, em outras cidades da Irlanda e da Irlanda do Norte, como a capital Belfast, no Reino Unido, Alemanha, Estados Unidos, México e, claro, no Brasil. O grupo apresenta uma agenda de shows que pode ser acessada aqui.

O grupo também já foi destaque na imprensa irlandesa como Irish Times.

Como participar do grupo?

Foto: Divulgação/MaSamba

Percussionistas irlandeses do MaSamba realizam workshops em Dublin. Foto: Divulgação/MaSamba

O grupo ensaia todas as quartas-feiras, quando existe a possibilidade da entrada de novos integrantes. Os instrumentistas não precisam ter experiência, apenas chegar e participar, pagando uma taxa.

Os interessados em fazer aulas também podem procurar a escola, que tem instrumentos e profissionais para o ensino. E pasme: todos são irlandeses. Outros workshops são oferecidos semanalmente.

Leia também: 5 destinos para curtir o carnaval pela Europa

Parcerias auxiliam atividades do grupo

Foto: Divulgação/MaSamba

Grupo já se apresentou em diversos lugares na Irlanda e em outros países, até no Brasil. Foto: Divulgação/MaSamba

O grupo também trabalha em parceria com universidades, escolas, clubes e empresas, além de ser parceiro da Contemporânea Instrumentos, de São Paulo, que forneceu bateria ao Masamba.

Esse é um ótimo exemplo de uma parceria positiva entre o Brasil e a Irlanda. Segundo o site do MaSamba, são cerca de 180 workshops por ano e 3.800 aprendizes.

Rubinho Vitti
Rubinho Vitti, Jornalista de Piracicaba, SP, vive em Dublin desde outubro de 2017. Foi editor e repórter nas áreas de cultura e entretenimento. Também é músico, canceriano e apaixonado por arte e cultura pop.

Encontrou algum erro ou quer nos comunicar uma informação?
Envie uma mensagem para [email protected]

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar