Estágio não remunerado na Irlanda

Estágio não remunerado na Irlanda

Colaborador E-Dublin

2 anos atrás

Siga o E-Dublin no Instagram

Inglês x Subemprego – será que essa é a única fórmula possível durante um intercâmbio? É possivel pensar outside the box como dizem por aí?

É claro que sim! Nos últimos tempos, isso tem ficado ainda mais evidente entre a turma de brasileiros aqui na Irlanda. Tem gente abrindo empresa, outros conquistando um lugar ao sol no mercado de trabalho e ainda aqueles se aventurando nos segmentos artísticos em solo verde.

Dentre estas e outras formas de levar a vida profissional na Irlanda, uma delas é o Work Experience, que nada mais é que um estágio não remunerado, que pode lhe ajudar a entender o mercado de trabalho na sua área e ainda florear o seu currículo na volta ao Brasil. Se você tem um tempinho livre e valoriza as oportunidades que um trabalho não remunerado podem te trazer no futuro, bem vindo ao Work Experience!

Quais as funções do Work Experience?

shutterstock_526483000

Foto: Shutterstock

Há coisas que não mudam nunca, em nenhum lugar do mundo. Estagiário vai tirar xerox, ficar digitalizando documentos, comprar mais durex, dentre outras funções administrativas relacionadas à logística interna do escritório. Entretanto, além de executarem essas tarefas essenciais, eles também participam de reuniões de briefing, reuniões com clientes, apresentações e até mesmo reuniões de Work in Progress (WIP ou Status). Com essa rotina, eles começam a entender e aprender um pouco mais do ambiente de escritório, dentro da área na qual optaram por trabalhar.

É comum nas empresas se receber emails em grupo dizendo: “Olá a todos, a partir de amanhã teremos a Fulana de Tal, que vai fazer um work experience com duração de um mês aqui. Mantenham-na copiada em todos os e-mails que achem necessários, deleguem tarefas e convidem-a para reuniões, mesmo internas”. E por aí começa.

O estágio serve como uma introdução, literalmente, porque geralmente o Work Experience é feito logo que se acaba a faculdade, no período de férias. Depois alguns ainda vão viajar, outros vão começar a preparar um portfólio (de projetos da faculdade, etc) para começarem a procurar emprego.

Outro detalhe importante e explícito é que não existe vínculo empregatício do estagiário com a empresa. Isso fica claro tanto para o estagiário, que sabe que depois de um mês vai embora sem chances de ser efetivado (até por que a maneira com que eles são treinados não é para terem oportunidade de continuar ali, mas para conhecerem o ambiente de trabalho, ver como uma empresa funciona e botar na prática as teorias que aprendeu na faculdade.

E aí, surgiu a vontade de tentar um Work Experience? Que tal aproveitar o intercâmbio na Irlanda para aprender inglês e fazer um estágio não remunerado na sua área? Não custa tentar. Garanto que será um diferencial no seu currículo.

Conheça alguns canais de Work Experience na Irlanda acessando os links: Jobs.ie/ Gradireland /Equipeople

Revisado por Tarcísio Junior
Imagens via Shutterstock
Encontrou algum erro ou quer nos comunicar uma informação?
Envie uma mensagem para [email protected]

Colaborador E-Dublin
Colaborador E-Dublin, Este conteúdo - assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios - é de responsabilidade do colaborador do E-Dublin e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Quer ver sua matéria no E-Dublin ou ficou interessado em colaborar? Envie sua matéria por aqui!

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar